Essa área sentimental - Só Jesus na causa


Às vezes nossa área sentimental esta uma bagunça. De quem realmente gostamos namora outro, e mesmo com o outro, já te confessou que se não estivesse com ele estaria com você. Mas tudo fica como está, a pessoa não tem coragem de terminar o namoro "chochu" e se assumir com você - o real amor da vida dela. (Pelo menos é assim que você acha) - OH MY GOD, que loucura! 

Em outros casos você ate tem pessoas gostando de você, mas a verdade mesmo é que não se sente atraído por nenhuma dessas que lhes juram os sentimentos. É triste, seria fácil dizer sim e acabar com a procura. Mas dizer um sim a quem não se ama é o mesmo que pular de um avião sem paraquedas. 

E ainda tem aqueles casos que você se declara para garota, e ela fica tão emocionada - mas tão emocionada - que não corresponde. Ela diz que você é incrível, que se sente honrada, por vezes ate diz que não te merece, fica sem palavras, suspira, mas... Diz tudo e não diz nada, fica na mesma. Tenho para mim, que quem gosta mesmo corresponde.

Do nada, seu ex surge só para jogar na sua cara, que quando estava com você era um chato de galocha mas, agora,  casado com outra está feliz. E você a romanticazinha de todas as épocas ficando para titia. 

Já teve aquele caso em que você conheceu a garota justo na época em que ela deu um tempo ao namorado, ou terminou com ele por traição - ou - ainda por estar em dúvidas se de fato era a pessoa de Deus para ela. Papo vai papo vem, você percebe que esta rolando um clima, se declara depois de um tempo e ela diz que talvez volte com o EX, porque está confusa e mesmo você sendo maravilhoso decide te dar um toco. 



Faz mais ou menos três meses que o namoro dela acabou. Você apareceu na vida dela, e vocês perceberam o quanto são parecidos. Surge aquela exclamação na sua mente: - pode dar certo! - Do nada, ela começa passar mal com tudo que vai comer, e de repente, o balão estoura. Ela está grávida do EX! É meu amigo, a vida não é fácil.  

Tem aquelas que mesmo com namorado ficam te procurando. Não estão plenamente felizes com os atuais, então ficam tentando plantar em outro terreno para se garantir no futuro, caso o atual vá pelo ralo. Existem homens atiradores e mulheres atiradoras. A balança pesa dos dois lados. São pessoas legais, mas porque fazer isso? É uma defraudação dupla. 

Tem aquela guria que você casaria sem pensar duas vezes. Mas ela é de outro Estado. Como construir um relacionamento à distância, sendo que o convívio é que vai te dar chão para pisar de verdade neste terreno chamado casamento. Toda regra tem a sua exceção, mas em todo caso, é bem difícil esse tipo de relacionamento.

Aí você decide arriscar. Tem aquele rapaz que você acha ele lindo, mas não tem coragem nem de chegar para bater um papo. O “não” você já tem, mas a vergonha te amarra a essa palavrinha "não consegue".
Ainda tem seus amigos que ficam levantando sua bola dizendo que você é demais, que logo você vai encontrar, que você é pra casar e coisa e tal e tal e coisa, ficam arrumando pessoas para você conhecer, - até parece que você está desesperada - (Na verdade está, mas não pode transparecer). 

Ahhh, tem aquele que se apaixona pela guria que é 10 anos mais nova que ele, mas aí desiste sem nem tentar porque se acha velho para ela. Meses depois ela aparece namorando um cara 20 anos mais velho que ela. Que situação! Vem aquele sentimento de "Porque eu não tentei!” 

Você esta na igreja solteira, bonita, se guardando para seu príncipe. Então um rapaz se aproxima, você começa a olhar para ele diferente, um sentimento nasce e você descobre que ele já foi casado e tem dois filhos pequenos. E aí se você entrar nessa vai ter que dividi-lo com a EX e com os filhos que sempre vão ser a prioridade dele. Na verdade nada contra quem aceita esse tipo de situação. Mas é tenso, para quem esta se guardando construir uma vida do zero com alguém e pegar um bonde andando. 

Ahhh, já ia me esquecendo. Você carente, solteira já há um tempo conhece aquele cara, que mesmo não sendo da Igreja te trata melhor que o seu antigo namorado cristão. (Pelo menos no início até te conquistar). Aí você decide dar uma chance até. Depois de um tempo de relacionamento ele investe tentando te levar para cama - algo que realmente você não cogita até se casar, e quando você diz: " - não ", ele então te maltrata e você fica com aquele sentimento de uso.

Você gosta de quem não deve, ama quem não pode, recebe amor de quem não quer, sente saudade de quem não tem volta. Como que faz produção?

Pare tudo!

Salomão diz algo em provérbios que vale a pena grifar.

Sobre tudo o que se deve guardar, guarda o teu coração, porque dele procedem as fontes da vida.
Provérbios 4:23

São várias situações que no fundo só vão lhe causar dor. Guarde seu coração. Começar errado, terminará errado. Você acha que Deus vai te abençoar a partir de situações confusas e incertas? Deus não brinca com sua área sentimental. Quando de verdade entregamos nosso coração ao Senhor e deixamos ele governar nossa área sentimental, paramos então de achar pelo em ovo, ou ainda, amor em olhos estranhos. Já postei aqui na coluna, três textos que falam em como saber se um menino é de Deus para você, vou deixar o link no final do texto para você ver. As vezes, na nossa vontade de ter alguém, de não ficar sozinha ou ainda de ver todos os seus amigos namorando e construindo família, a gente fica carente e acaba enxergando ou forçando situações para que de alguma forma supramos esse vazio. Mas cuidado! Guarde o que você tem de mais precioso. Seu coração. Existem pessoas que de tantas feridas no coração não conseguem mais enxergar amor em lugar nenhum, e se você ainda enxerga, é porque há pureza dentro de você. E você precisa lutar para conservar isso para entregar apenas para a pessoa certa. Já conheceu mulheres amargas que desprezam tudo que fazem por elas? Ou homens tão galinhas que por causa de uma decepção tratam toda mulher que se aproxima deles como um número, uma medalha, um troféu? 

Nessa situação, corra para os braços do Pai. Deixe o amor de Jesus preencher os vazios. Somente o amor dele pode te dar segurança, certeza e paz para tomar as decisões certas. Você acredita que Deus fala? Eu acredito que sim. Se você de fato andar com Deus, ele vai te dizer quando a pessoa certa chegar. Deus jamais deixará você enganado.

Link dos textos: Como saber se um menino é de Deus para você (1),(2),(3).

http://www.princesasadoradoras.com.br/2014/12/como-saber-se-um-menino-e-de-deus-pra.html

http://www.princesasadoradoras.com.br/2015/01/como-saber-se-um-menino-e-de-deus-pra.html

http://www.princesasadoradoras.com.br/2015/01/como-saber-se-um-menino-e-de-deus-pra_13.html


Me sigam nas redes sociais.
Twitter: @Andy_Verissimo
Instagram: andyverissimo_


[642 Coisas] Foi aí que ele deixou de acreditar...


Via We Heart It
























642 Coisas sobre as quais escrever

Foi aí que ele deixou de acreditar que algum dia uma garota qualquer fosse gostar dele do jeito que ele era... 

Ele estava no auge dos seus 17 anos quando seu coração foi esmagado pela primeira vez de verdade. O rapaz já havia levado uns tocos, se apaixonado por garotas que não davam a mínima para ele, o que o fez ficar tão dramático ao ponto de assistir "Um amor para Recordar" por livre e espontânea vontade.

Só que desta vez era diferente, o alvo do seu coração não era qualquer garota. Ele não estava encantado pela garota mais bonita da sala ao lado ou pela irmã de um amigo, a moça que não saía da sua cabeça era a mesma que ele vira descabelada todos os sábados nos últimos 6 anos, enquanto ele passava para dar um oi e implicava com ela por finalmente vê-la fazendo alguma coisa. Aquela moça era a garota que vivia dizendo que ele perdia um tempo precioso construindo casas no Minecraft enquanto podia estar estudando para o vestibular, que havia ouvido ele contar todas as suas aventuras com outras garotas e que sempre que podia tentava dar um conselho útil.

Sem saber definir o que estava sentindo, tudo o que sabia era que não tinha mais forças para sentar ao lado dela enquanto jogavam baralho com os outros amigos, porque sua vontade era segurar a mão dela e sair dali correndo! Estar ao lado dela e fingir que nada estava acontecendo doía...

Benjamin só podia estar doente ou maluco, nunca antes havia pensado, ou melhor, construído a ideia de um futuro com alguém. Até aquele momento o máximo que havia planejado sobre uma garota era um encontro ou dois, mas por Lara já tinha até um discurso pronto para pedir a sua mão em namoro, sem se preocupar com a cara de monstro e o jeito bronco do pai dela. 

Depois de muitas noites indo dormir depois das 3 da manhã, ele decidiu contar a ela o que sentia. Sentados em um dos velhos bancos de madeira na praça do bairro onde cresceram, mesmo com a garganta seca e estalando os dedos sem parar, contou. Ele esperava qualquer reação, que ela dissesse sim, não, talvez, exceto a que ela teve.

Lara levou a mão à boca e gargalhou. Gargalhou até perder o ar e lágrimas escaparem dos seus olhos castanhos. 

Você está brincando, né Benj? — suas palavras foram mais afiadas do que os facões que o bisavô usava no interior. 

Foi a partir daquela noite que ele decidiu não ter o coração tão sensível e ingênuo, não se apaixonaria de novo, iria curtir a vida, ter história para contar. Benjamin ainda gostava dela e isso só piorava, porque eles não deixaram de ser melhores amigos, continuavam se vendo constantemente ao se reunirem com a turma de amigos, o que aliás era o motivo dela para dizer não a ele.  

Ele ficou com várias garotas, leu livros sobre o assunto — acredite, existem mesmo! —, se muniu para ser um legítimo cafajeste, achando que assim a esqueceria ou que seria mais homem quando tentasse de novo com ela...

O que Benjamin e Lara não sabem é que seus caminhos não podem se cruzar no campo amoroso, porque há duas outras pessoas intercedendo por eles. Há um rapaz que toda noite, ao dobrar os seus joelhos lembra da sua futura amada. Ele ora por ela, mesmo sem saber seu nome, e pede aos anjos que cuidem dela, que não deixem que nada a desvie do caminho que Deus preparou para ela, ciente de que no futuro o Senhor irá cruzar esses caminhos visando cumprir Seus propósitos.

Também há uma moça orando pelo Benj, não apenas pedindo que ele seja guardado, mas que Deus o transforme em um homem segundo o seu coração. Esta moça está se preparando para o futuro, deixando que o Senhor a molde de acordo com Sua vontade e propósito, e anseia para que Deus faça o mesmo ao homem da sua vida.

As escolhas de Benjamin o estão levando para distante de Deus, porém o Senhor o tem visto e sondado. Ele tem permitido as escolhas de Benj e deixará que o rapaz arque com cada uma das consequências geradas por elas, porque no futuro o homem que ele se tornará poderá impactar outros jovens com o que Deus fará por ele.   

Em breve, quando ele menos esperar o amor se tornará uma esperança doce e motivadora para o nosso Benj.




[Dica de Princesa] O que você tem refletido?



A partir do momento que uma pessoa descobre que sou cristã, deixo de ser uma pessoa qualquer e me torno um espelho que deve estar refletindo  Cristo e a Sua Palavra a todo momento. Não que eu não devesse fazer isso antes, mas é que as pessoas começam a nos olhar diferente, algumas avaliam nosso comportamento motivados pela curiosidade, outras para nos julgar mesmo. 

Isso me faz lembrar do meu primeiro dia de aula n faculdade. Nós estávamos em um círculo, tanto os calouros quanto os veteranos, fazendo uma dinâmica de apresentação. Quando chegou a minha vez de falar nem precisei de dizer que era cristã, uma veterana que já havia me conhecido e visitado o blog, anunciou que eu era evangélica e  falou do meu trabalho virtual. Desde o primeiro dia meus colegas de classe respeitaram minha posição de fé assim como a de outros alunos, mas também fiquei ciente de que deveria ser um testemunho cristão dentro daquele espaço acadêmico: as pessoas veriam Cristo em mim?

Espaços acadêmicos e escolares são verdadeiros testes de fé, principalmente quando ainda não desenvolvemos um relacionamento íntimo com Deus e não temos convicções de fé fundamentadas na Palavra. Tudo o que nos é oferecido parece natural, "é da idade", "todo mundo faz".

Qual é o problema de ir naquela festinha? De experimentar um copo de bebida alcoólica e tragar o primeiro cigarro? Aliada as novas ideologias e liberdades que a faculdade traz a fé começa  ficar de lado "fácim, fácim!". Mas e o nosso testemunho, onde fica? Quando você está lá beijando aquele garoto da escola no escurinho, e toda  sua turma sabe no dia seguinte, você tenta disfarçar postando um versículo no Facebook durante os domingos. Que tipo de cristãos temos sido?

Estava lendo Mateus 23 pela manhã e fui impactada pelas palavras do Mestre Jesus. Durante este capítulo, Jesus chama a atenção dos mestres da lei e dos fariseus de seu tempo, dizendo que embora fossem conhecedores da Palavra e dedicassem suas vidas a exortar e ensinar sobre o Senhor, eles eram homens em quem só poderíamos imitar as palavras e não suas ações, do tipo: "faça o que eu falo, não o que faço". Eles amavam a fama, as honras e a posição "superior" que tinham através dos cargos religiosos, não eram movidos pelo amor ou pela fé. Talvez você esteja se perguntando o que esse sermão de Jesus tem a ver com tudo isso...

Bem, foi exatamente uma fala de Jesus que me inspirou a escrever este post:

"Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas! Vocês fecham o Reino dos céus diante dos homens! Vocês mesmos não entram, nem deixam entrar aqueles que gostariam de fazê-lo." (Mateus 23:13)

As atitudes dos fariseus e dos mestres não condiziam com o que eles pregavam. É a mesma coisa que eu vir aqui e falar para vocês esperarem em Deus pelo príncipe, apontar bases bíblicas pra isso, pregar sobre o assunto, escrever livros sobre, e ao deixar o computador ir ficar com um garoto em algum canto escuro da minha rua. Em algum momento, mesmo pregando maravilhosamente bem, sendo conhecido por todos como a "princesa de Jesus", minha conduta desprezível não apenas me impedirá de ir para  o céu, mas fechará os portões celestiais para outras pessoas também!

A menina que me vê ensinando a esperar em Deus e que também me viu ficando com qualquer um, vai perder o interesse no Senhor e deixará de ouvir  Sua Palavra, seja através de mim ou de outros, ao cogitar a ideia de ir a uma igreja sempre se lembrará daquela crente que estava em cima do muro, "um pé na igreja e outro no mundo". "Afinal, que Deus é esse que não traz mudança?", ela pode se perguntar. Um rapaz na faculdade que está começando a ter o coração quebrantado jamais vai conseguir apoio naquele que se diz cristãos, mas que anda enrolando uns cigarros de maconh.a

Como espelhos o nosso comportamento influência diretamente na visão de Deus que as pessoas a nossa volta estão desenvolvendo. Nós podemos ajudar pessoas a se achegarem ou a se afastarem completamente de Deus. Você pode estar quebrando um plano traçado por Deus: Ele pode ter aberto aquela vaga na faculdade ou na escola com o propósito de alcançar um filho perdido. Além de estar se afastando do Pai e do chamado que Ele tem para você, está sendo um ajudante do lado negro da força, ao manter prisioneira a ovelha perdida. 

Revise seu comportamento, será que você tem sido um imitador de Cristo? Peça ajuda ao Espírito Santo para avaliar seus hábitos, há sempre um pecado de estimação precisando ser abandonado! Que o amor de Deus nos envolva e nos inspire a uma nova vida! Onde há conselhos para esta vida? Na Palavra Sagrada. 
 

Tão pequena...



Algumas pessoas acham que sou corajosa, minha mãe principalmente, mas seu amor por mim pode deixá-la um pouco confusa, coitada. Na verdade, sou bem medrosa, porém não deixo que isso me paralise ao ponto de frustrar um sonho querido, embora isso acabe acontecendo às vezes... Talvez minha mãe e algumas outras pessoas digam que sou corajosa por ter mudado para o Rio de Janeiro aos 18 anos para estudar, ou por viajar sozinha para os lançamentos do livro, mas a verdade é que o medo cresce de vez em quando, me deixando ansiosa ao ponto de precisar tomar chá de camomila (muitas xícaras!). 

Sabe Deus por que alguns medos surgem de forma tão avassaladora que volto a ter 5 anos de novo e preciso que alguém segure minha mão para atravessar a rua.

Em abril, minha agenda ficou marcada por três viagens: Salvador, Brasília e Belo Horizonte. Viagens que desejei e ansiei como nunca, e que são presentes de Deus para o ministério "Princesas Adoradoras", contudo na semana em que ia embarcar para Salvador fui tomada pelo medo e ansiedade. Por que? A viagem em si não era o problema, era só um medo diante do novo mesmo, uma ansiedade perante as pessoas que conheceria e pelos obstáculos que surgiriam. E o fato de ter crescido em um lar simples, onde nós estávamos mais em casa do que viajando conta muito para gerar insegurança e timidez. 

A Thaís estava se sentindo com 5 anos de novo, lembra? E adivinha quem segurou  minha mão?! Meu eterno Pai celestial, claro!

Enquanto o avião passava pelos icebergs de algodão (expressão roubada da linda Helena Tannure), meus olhos acompanhavam os contornos das nuvens e se perdiam na imensidão azul. O medo que me fez sentir tão pequena durante toda a semana não era nada diante da grandeza do céu, o que me fez lembrar do quão infinito é Aquele que o projetou!

Nossos problemas e as situações que nos afligem podem parecer tsunamis enormes, daqueles que devastam cidades e ganham destaque internacional, mas diante da imensidão celestial eles serão sempre pequenos, e insignificantes perante o poder de Deus. Nós não paramos para observar ou pode ser que sejamos incapazes disso, mas Deus dá ordens aos Teus anjos para que eles nos protejam, para que zelem e nos guiem constantemente, portanto nunca estamos só e ao confidenciarmos à Deus o quão pequena e medrosa somos, Ele nos enche da coragem necessária. 

Digo e repito: não sou corajosa, mas Deus me dá a força e a coragem que preciso! De mãos dadas com Deus rompemos barreiras e limitações. Deixando que a vontade dEle seja feita em nossa vida e tendo apenas a coragem fundamental par o primeiro passo, nós somos surpreendidas com o quão longe os planos de Deus vão. Tudo o que você precisa para vencer os medos - sejam eles por coisas boas ou ruins - é ter um pouco de fé e confiar no Senhor, o resto acontece!

As minhas duas primeiras viagens foram perfeitas! Deus fez tudo acontecer da melhor maneira possível, alguns imprevistos aqui e ali, algumas mudanças, mas que no fim deram certo e que só me ensinaram a confiar ainda mais no Pai e aprender a deixar o medo e a ansiedade da carne de lado. Deus trabalha até nos pequenos imprevistos e está sempre nos ensinando lições diferentes. Esteja atenta aos detalhes, eles te ensinarão a alcançar as nuvens! 

 *** 


"Lá uma vez ou outra o medo chega bem pertinho da moça. Ele bagunça seus pensamentos e deixa seu coração aflito. Ela sente frio na barriga e as pernas tremem um pouco. Ao invés de enxergar possibilidades, os obstáculos no caminho são expandidos e ficam muito mais visíveis do que as soluções para eles. A moça começa a pensar em desistir de certos sonhos e passos grandes que precisam ser dados. Mas ela só pensa, porque no fundo sabe que não está sozinha. Ela tem medo sim, contudo o medo dela não é maior do que o Pai que ela tem. Toda vez que essa menina sente medo ela é lembrada do quanto é pequenina, é como uma flor, sensível e que em breve será levada, mas o Jardineiro permanece o mesmo e é o único capaz de cuidar dela. A moça pode temer, mas toda vez que o faz, entrega seu medo nas mãos do Jardineiro e confia nEle, porque sabe que com Ele nada pode impedi-la.

Toda vez que ela entrega seu medo nas mãos do Jardineiro, recebe em troca uma dose de paz e outra de coragem. Quando ela menos espera um passo enorme é dado e toda honra vai para o seu Pai, para o magnífico Jardineiro." (Thaís Oliveira)


Um dos lados bons do medo? Renderam dois textos né... Beijos, meninas! Paz!


 
Princesas adoradoras © Todos os direitos reservados :: voltar ao topo