Pão Diário - Quem é o grande Rei?

terça-feira, maio 07, 2013


Olá meninas *-*
Os comentários dos capítulos 10, 11 & 12 de I Samuel seguem abaixo. Espero que vocês estejam acompanhando a leitura e Deus esteja falando com vocês. Sejam imensuravelmente abençoadas! >.<

Thaís Oliveira.

Capítulo 10


# Saul é Ungido Rei

Saul foi ungido a rei por Samuel, após a unção Samuel manda Saul para casa e anuncia vários sinais de Deus perante a jornada do rei para casa. Você consegue imaginar um grande servo de Deus falando coisas lindas e surpreendentes que irão acontecer com você e depois as vê acontecendo? Cada um dos sinais que Samuel entregou chegaram até Saul, o que mais me tocou foi Saul ter recebido o Espírito de Deus, a minha bíblia fala que Saul foi apossado por Ele e começou a profetizar.
Saul foi visto entre os profetas e as pessoas ao redor começaram um ditado que dizia: “Saul também está entre os profetas?”. Você pode imaginar isso? Você uma simples garota sendo reconhecida como uma profeta? Como uma serva de Deus? É o maior elogio que podemos receber *-*
Depois de algum tempo Samuel convoca o povo de Israel em Mispa para apresentar o novo rei. Saul toma uma atitude bem inadequada, ele se esconde em meio as bagagens do povo, para mim não parece ser uma atitude de rei, mas o povo o tirou de lá e rompeu em gritos dizendo: “Viva o Rei!”. Após este acontecimento todo o povo voltou para suas casas, inclusive Saul, a maioria do povo estava feliz pelo rei, mas houve uma parte que o desprezou, como sempre o homem não está satisfeito, e novamente não concorda com a vontade do Senhor.

Capítulo 11

# Saul Liberta a Cidade de Jabes & Saul Confirmado como Rei


Os Amonitas invadem uma das cidades de Israel e ameaça o povo, dizendo que só faria um tratado com eles, se depois arrancasse o olho direito de cada um deles e assim humilhasse os israelitas... Acho que esses Amonitas não sabiam com quem estava lidando, esqueceram que havia um Deus sobre Israel, um Deus de mão boa, mas que detesta o sangue derramado de inocentes.
Saul ficou sabendo de tal covardia e o poder e  a fúria do Espírito de Deus o invadiu, o rei convocou seu povo e foi a luta. Derrotaram os Amonitas durante a noite, e pouquíssimos deles sobreviveram, os que conseguiram esta proeza não conseguiram encontrar seu povo.
O povo não perdeu tem e aclamou Saul, eles amaram a atitude corajosa do rei, mas Samuel os alertou dizendo que Israel só não foi abalada e derrotada porque Deus estava com eles, eles não podiam esquecer do seu verdadeiro Salvador.
Durante este capítulo podemos observar que Deus não suporta ver seus filhos sendo injustiçados, a mão Dele pesará sobre aqueles que ousarem nos machucar, portanto princesa não tenha medo e queira desistir, aqueles que pisam em você, fazem covardia sobre a sua pagarão o preço, sem que uma gota de sangue caía de você. 

Capítulo 12

# A Palavras de Despedida de Samuel

Samuel abre mão de seu cargo como líder de Israel, agora o povo tinha um rei, uma autoridade e como Samuel já estava velho, o servo do Senhor decidiu que estava na hora de resignar.
Antes de abrir mão de seu cargo, Samuel perguntou ao povo se ele cometeu algum erro, se ele pecou contra alguém, se roubou algo ou aceitou suborno e perante ao Senhor todo o povo disse não. Samuel nos ensina a importância de sermos juntos e fiéis, de não apenas viver o chamado que Deus tem para nós, mas termos uma conduta de servos de Deus. Que as pessoas nos conheçam por nossa bondade, por nosso doce sorriso, pelo amor que carregamos e pelas belas atitudes, que sejamos chamadas para falar do amor de Deus, que sejamos convocadas para sermos conselheiras e sejamos sábias, que o nosso legado não seja material, mas recheado de boas atitudes, que sejamos lembradas como grandes princesas do Senhor.
Neste mesmo capítulo, Samuel mostra ao povo o erro de terem aberto mão da presença de Deus como o rei deles, como o Guardião, Deus fez tanto por eles, a cada novo desafio trouxe um servo Seu para os ajudarem, e mesmo assim eles continuaram dando as costas para o Senhor.
O povo reconheceu os seus erros e pediram perdão, dizendo que seriam fiéis.
Deus mandou dizer que era necessário que eles fossem fiéis a partir de agora e principalmente o rei deles, se não consequências viriam.
Escolhas são cruciais, quando escolhemos o bem, colheremos bons frutos, mas Deus não garante o que acontecerá se escolhermos o mal. Ele nos ensina, cabe a nós aprendermos.





You Might Also Like

0 Comments

Popular Posts


Compre o nosso livro!