O Conto da Princesa - Quem Eu Sou?

segunda-feira, setembro 09, 2013



Capítulo II

A Rua Himmel não era exatamente uma rua, no primeiro minuto que Elise passou olhando para o lugar sua boca formou um grande O e os olhos se quer piscaram. Poderia mais ser descrito como um pequeno reino, pode até parecer loucura, e Elise até cogitou se estava mesmo lúcida, depois do O, piscou os olhos repetidas vezes, mas em todas as vezes que os reabrira vira o mesmo exuberante reino.
-Será que eu morri? - Elise se perguntou.
Escondida entre a densa floresta, a garota observou a vida daquele estranho lugar. Ela notou que o sol já estava longe, já era no meio da tarde, então ele não mais ocupava o meio do céu, não estava sobre a pequena cidade, porém ela brilhava demasiadamente, até as pessoas que ocupavam a rua principal brilhavam a sua maneira, era como se tudo ali fosse luz, como se cada pessoa fizesse parte de um quebra-cabeça, todos eram extremamente necessários para a beleza do local ficar completa.
Na rua principal, pequenas lojas abertas contemplavam a entrada e saída de seus clientes, outras pessoas andavam de bicicletas nas ruas, moças carregavam flores em suas cestinhas, e um senhor varria sorridente a rua, pessoas trabalhavam, conversavam, comiam, sorriam, levavam uma vida que despertou um sentimento há muito guardado em Elise a inveja.
Por que todas as pessoas estavam tão felizes? Por que seus olhos brilhavam tanto e seus lábios sorriam cada vez mais? Indignada com tamanha alegria, Elise observou que todas aquelas pessoas estavam muito bem vestidas, o homem que vira varrendo a rua estava de terno, as moças sentadas em frente a pequena doceria tomavam seu chá vestidas em trajes reais, as senhoras que caminhavam com sacolas de compras possuíam lindos chapéis e grandes vestidos. Será que todos são ricos aqui? Pensou Elise.
A curiosidade de Elise ganhou vida mais uma vez despertando na garota a vontade de ir até aquela rua, de ver o brilho daquelas pessoas de perto, de questioná-las para saber o porque de todas sorrirem tanto, porém enquanto olhava para si viu o quanto estava suja, passara tanto tempo andando que nem percebera o quanto havia sujado as roupas que estava usando, não podeira chegar naquele lindo lugar daquele jeito nem podia voltar para casa para trocar de roupa. Enquanto tentava pensar em algo para fazer, Elise ouviu algo remexer os arbustos próximo onde ela estava. Rapidamente a menina se escondeu um pouco mais na escuridão da floresta e ficou atenta olhando para o lugar de onde viera o barulho.
Do arbusto preenchido de flores lilás, saiu um cachorrinho branquinho que latia e tentava encontrar alguma coisa, logo após a chegada do pequeno animal, Elise pode ouvir uma risada juvenil e passos se aproximando. Após um piscar de olhos, Elise viu uma menina surgir, ela deveria ter a mesma idade dela, mas estava muito bem vestida. Com um vestido azul claro, daqueles rodados e bordados, um verdadeiro vestido de princesa, pensou Elise, uma garota ruiva de sardinhas na bochecha, que sorria para o pequeno cão.
- Quem usa um vestido desses para correr numa floresta? - Perguntou-se baixinho Elise.
De repente o cachorrinho correu na direção de Elise e a menina de vestido exuberante veio junto. Se havia uma coisa que ela sabia sobre cachorros era que eles sempre corriam atrás de você, então era melhor ficar ali.
O cachorrinho fofinho latiu ainda mais quando encontrou os tênis de Elise, brincando, ele começou a pular em suas pernas, alguns segundos depois uma garota ofegante muito bem vestida apareceu em sua frente.
- Oi. - Disse a desconhecida quase cantarolando.
- Ei. - Elise disse toda sem jeito, abaixando-se para acariciar o cachorro.
- Acho que eu nunca te vi por aqui. - Ela sorriu. - Eu sou a Claire. - Ela estendeu a mão.
Elise esfregou rapidamente a mão nas calças e segurou firmemente a de Claire.
- Elise. Por que que você usa esse vestido para correr? - Elise perguntou só se dando conta do que saíra dos seus lábios depois.
- Por que você está tão suja? - Claire perguntou sorrindo.
Elise sorriu de volta e apontou para a floresta.
- Então eu estou certa em nunca ter te visto aqui.
- Sim, você está. - Elise disse assentindo.
Enquanto Claire abaixava para pegar o pequeno cachorro, Elise observou que seus olhos caramelados também brilhavam, não era algo assustador nem nada, mas também não era normal, não era algo que ela já tivesse visto, não podia ser um efeito idiota de maquiagem também, era algo dela que parecia surgir de sua alma.
- Parece que você caminhou bastante. - Claire disse gentilmente.
- Mais do que eu esperava. - Elise levou a mão até os cabelos e os coçou.
- Que tal vir comigo e tomar um sorvete? - Claire se virou e começou a andar em direção ao pequeno reino.
- Eu não sei se deveria... - Elise foi interrompida quando Claire se voltou para ela e segurou em suas mãos e decidiu arrastá-la até a civilização.
- Você tem cara de aventureira, que tal entrar nessa? - Claire apontou para o reino.


You Might Also Like

4 Comments

  1. Estou amando o conto Thaís. Parabéns! ><

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito, muito, muito feliz, My *--*
      Deus te abençoe ♥

      Excluir
  2. Olá, linda a história!! ameei o blog, a fanpage no face, o começo do seu canal no Youtube! Tudo isso é muito edificante para nós! obrigada princesa :)

    ResponderExcluir

Popular Posts


Compre o nosso livro!