A culpa é das estrelas {Resenha}

Melina Souza

No próximo dia 5, estreia um dos filmes mais esperados do ano. E embora esteja atrasada resolvi fazer a resenha de A Culpa é das Estrelas mesmo assim, porque se por acaso você ainda não leu o livro e está deixando só pra ver o filme, tenha a consciência que todo livro é muito melhor que o filme. Ganhei esta obra do John Green de presente de aniversário da minha amiga ano passado, e embora não soubesse nadinha da história fui correndo ler porque ela me fez uma propaganda imensa, falando que era seu livro favorito e coisa e tal. Ontem terminei de reler a história e não poderia deixar de contá-las pra vocês. Ou seja, mais uma vez me apaixonei por ela.

Título: A Culpa é das Estrelas
Título Original: The fault in our stars  
Autor: John Green 
Páginas: 286
Ano: 2012 

Editora: Intrínseca 

A Culpa é das Estrelas narra o romance de dois adolescentes que se conhecem (e se apaixonam) em um Grupo de Apoio para Crianças com Câncer: Hazel, uma jovem de dezesseis anos que sobrevive graças a uma droga revolucionária que detém a metástase em seus pulmões, e Augustus Waters, de dezessete, ex-jogador de basquete que perdeu a perna para o osteossarcoma. Como Hazel, Gus é inteligente, tem ótimo senso de humor e gosta de brincar com os clichês do mundo do câncer -  a principal arma dos dois para enfrentar a doença que lentamente drena a vida das pessoas. Inspirador, corajoso, irreverente e brutal, A Culpa é das Estrelas é a obra mais ambiciosa e emocionante de John Green, sobre a alegria e a tragédia que é viver e amar. (Via Skoob)

 Eu tinha me esquecido do quanto esse livro é bom e do quanto ele é merecedor de estar na lista de preferidos de muitos leitores. Não sei se sou só eu, mas não há como não amar o romance de Hazel e Gus.

Melina Souza

A história é narrada por Hazel Grace, uma garota de dezesseis anos que sofre com o carinoma diferenciado de tireoide, uma pessoa que tem a certeza absoluta que a morte chegará para todos, mas que para pessoas como ela chegará muito antes do previsto. Por viver agarrada a livros e seriados, e não ter mais vontade alguma de sair de casa, a mãe de Hazel conclui que a filha está passando por um período de depressão e que está mais que na hora de viver mais, de ser uma pessoa além do câncer que a condenou a morte.

E é indo para as sessões do Grupo de Apoio que Hazel conhece o Gus, um cara que não tinha nada a ver com ela. Gus é um ex-jogador de basquete bonitão, que não tem nada a ver com a Hazel despenteada e com carinha enxada, o que ambos não sabiam era que juntos poderiam mudar o curso de suas vidas.

Enquanto Hazel andava mergulha em sua solidão, onde seus melhores amigos eram seus pais e um autor que se quer sabia que ela existia, Gus era o cara boa pinta que havia perdido a perna para o câncer, mas que estava sempre com um sorriso torto dos lábios e um cigarro apagado - os fortes entenderão rsrs. Os dois iniciam uma amizade singela, que de repente vira amor, e diferente de muitos filmes e seriados por aí, eles não se apaixonam pelo físico um do outro ou pelo cara ser perfeito e a garota toda atrapalhada, mas pelas pessoas que eles são, pelas escolhas que fazem.

instagram/maisondadi

E embora ambos saibam que o amor que eles podem viver pode acabar em lágrimas, eles escolhem correr o imenso risco de se amar.

Se você é dessas que se apaixona pelo protagonista dos livros de romance, se prepare para se apaixonar pelo Augustus. Ele é aquele cara que flerta através do 'o.k' e que troca livros com você. Caso tenha uma desses livros que te deixou inconformada com o fim, ele pode até tentar encontrar uma maneira de te levar até o autor e exigir que o cara dê um fim decente para os personagens. Se prepare para os lencinhos também, como Markus Zusak diz: "Você vai rir, vai chorar e ainda vai querer mais."

Os motivos pelos quais abandonei todos os livros que estava lendo para ler e reler A culpa é das estrelas:

1º Eles vão a casa da Anne Frank.
2º O Augustus é totalmente apaixonante.
3º O livro lembra um pouco o jeito da Meg Cabot, mas é bem mais profundo.
4º Vai ser lançado um filme sobre o livro. (Atividade que posso fazer ao lado dos meus amigos *-*)
5º Depois de ler o livro você vai querer ler até a lista de compras do John Green.

 PS: A listinha foi redigida pela minha melhor amiga, quando me deu o livro ><

A culpa é das estrelas não é um livro sobre câncer, sobre dor ou sofrimento, mas sobre a vida de duas pessoas que convivem com isso tudo, mas conseguem sorrir e escolher aproveitar o melhor da vida hoje. É uma história sobre amor verdadeiro que não tem nada a ver com idade, com status nas redes sociais ou com piedade. É uma história que merecia ser lida por todos e tocar a todos os corações.

Se você ainda não leu, leia antes de ver o filme, se apaixone pelo Gus, se comova com a Hazel, e torça pelos dois. E se você já leu, me conta o que achou e como anda os nervos para o dia 5 de junho?! Assim que for ver o filme no cinema trago a minha crítica para cá também.

Abraços de panda *-*
Paz!

   


2 comentários:

  1. Também gosto muito de uma boa leitura.
    Boa dica de livro,vou colocar na minha listinha =)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Se você gosta, então vai amar A culpa é das estrelas *-*
      Faça ele sair da sua listinha e tenha o livro em mãos rsrs

      Excluir

 
Princesas adoradoras © Todos os direitos reservados :: voltar ao topo