Extraordinário, R. J. Palacio {Resenha}


Oi meninas! Que a paz e o amor do Senhor sejam com vocês durante toda esta semana! Semana passada terminei de ler Extraordinário, um livro que ganhei de presente de aniversário e que se quer sabia do que a história se tratava. Mas como ganhei de uma das minhas melhores amigas e como sempre ela acerta em cheio nas histórias que escolhe pra mim, sabia que iria me apaixonar pela história, só não imaginava que seria tanto assim. 

Extraordinário é um daqueles livros simples e doces que são recheados de lições para levar para vida inteira. É aquele tipo de livro que você não larga, lê no ônibus, lê antes de dormir, lê durante o intervalo do curso.. rsrs


Título: Extraordinário 

Título Original: Wonder 

Autor: R. J. Palacio 
Páginas: 320 
Ano: 2013 
Editora: Intrínseca 


August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso ele nunca frequentou uma escola de verdade... até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente: convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.



Extraordinário conta a história de August Pullman, o Auggie - para os mais íntimos. Auggie nasceu com uma terrível síndrome genética, que fez com que sofresse uma deformidade facial, passando ao longo da sua vida por várias cirurgias e complicações médicas. Ao longo dos seus 10 anos, Auggie conviveu com uma família extremamente amorosa e protetora, que fez do lar o lugar mais confortável no mundo para o nosso pequeno sobrevivente.

Como qualquer ida ao parquinho ou uma voltinha na rua causavam um certo espanto nas pessoas, Auggie sempre preferia ficar em casa, privando-se até mesmo de frequentar uma escola de verdade. Auggie foi educado pela mãe até o momento que a mesma notou que seria necessário mandar o filho para a escola para que aprendesse mais e vivesse novos momentos.

Ao ouvir a proposta da mãe pela primeira vez, Auggie ficou assustado e desejou não ir, por que afinal o quão difícil será ser aluno novo e ainda por cima ser tão diferente? Faz parte da raça humana olhar e logo julgar pelo o que vê, imagina uma criança passar por tantos julgamentos assim? Seria como um pesadelo tornando-se realidade...

Com um imenso esforço Auggie compreende que deve sim ir para a escola e sabe ser forte para ouvir os cochichos e as olhadas que os coleguinhas direcionam para ele, o que ele não sabia é que sua vida iria mudar tanto.

A história de Auggie é narrada em primeira pessoa, por ele e por outros personagens importantes da trama, assim podemos não apenas ter a visão dele, mas de tantas outras pessoas que convivem com o garotinho e passam por momentos bons e ruins ao lado dele.

Extraordinário nos faz viajar entre os valores e a realidade da sociedade. Quantas vezes julgamos pessoas antes mesmo de conhecê-las? Quantas vezes escolhemos o egoísmo a gentileza? Quantas vezes escolhemos ser uma pessoa superior a ser nós mesmos? 



Auggie consegue ser um garoto de 10 anos completamente extraordinário, consegue se amar apesar do que as outras pessoas pensam a seu respeito, consegue fazer amigos de verdade, consegue aprender e repassar os princípios que aprende ao longa da sua jornada aqui na terra, consegue ser o tipo de personagem que vai ter um destaque especial na sua estante e no seu coração.         



Quotes:

"Quando tiver que escolher entre estar certo e ser gentil, escolha ser gentil."

"Deveríamos ser lembrados pelas coisas que fazemos. Elas importam mais que tudo. Mais do que aquilo que dizemos ou do que nossa aparência. As coisas que fazemos sobrevivem a nós."

"Acho que deveria haver uma regra que determinasse que todas as pessoas do mundo tinham que ser aplaudidas de pé pelo menos uma vez na vida." 



Além de amar a história, amei o livro em si, ele foi planejado com muito carinho e podemos ver isso em cada detalhe. Como disse acima a história é contada por vários personagens, assim temos essas divisões de páginas super fofas que vem trazendo uma citação mais linda que a outra que define um pouquinho cada personagem. 

Uma das coisas que mais gostei no livro, foi esse jogo que a autora fez com as citações, ficou tudo muito perfeito! 




Extraordinário é o primeiro livro de Palacio, o que não dá pra acreditar, porque a mulher arrebenta! Portanto, pode ir escrevendo mais Palacio, porque assim como acontece com John Green, leio até as suas listas de compras ><

Já leu Extraordinário e gostou? Não leu ainda? Me conta sua opinião, é sempre um prazer sabê-la! 

Abraços de panda *-*
E mais gentileza no mundo!
Beijos ;*










2 comentários:

  1. Adorei a dica do livro.
    Entrando na minha lista de desejos (que não é pequena) =)
    Gostei muito do post
    Beijos Nath
    http://blogdacantini.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse vale a pena entrar na lista e dar um jeitinho de alcançar mais rápido, Nath rsrs
      Fico muito feliz por ter gostado!
      Obrigada pela visita.
      Deus te abençoe ><

      Excluir

 
Princesas adoradoras © Todos os direitos reservados :: voltar ao topo