Imperfeitas princesas que escolheram lutar

By Olivia Paige.


Oi meninas! Como vocês estão? Espero que bem. Todo mundo já deve ter reparado que o nosso cantinho está de cara nova, a verdade é que amo mudar e como agosto é mês de muitas mudanças, resolvi mudar por aqui também. O post de hoje é uma mensagem/estudo de incentivo e força, antes de compartilhá-lo com vocês, é na verdade uma mensagem pro meu próprio coração. É uma reflexão que fiz sobre um dos períodos da história de Ester e espero que fale tanto a vocês quanto falou comigo.

Após Ester conquistar a coroa e se tornar esposa de Xerxes, Mardoqueu - primo que criou a moça como filha - acabou descobrindo que dois oficiais do rei estavam indignados e conspiravam para assassinar o rei. Como um homem bom e justo, Mardoqueu foi até Ester e contou-lhe sobre o que ouvira, Ester por sua vez informou ao rei em nome de Mardoqueu. Após a informação ser investigada e dada como verdadeira, os dois oficiais foram enforcados.

Após esses acontecimentos, o rei promoveu Hamã dando-lhe uma posição mais elevada do que a todos os demais nobres, honrado todos os oficiais do palácio curvavam-se e prostavam-se diante de sua presença, exceto Mardoqueu. Hamã não gostava nem um pouco da atitude de Mardoqueu e sabendo que ele era judeu, decidiu criar um plano de execução que exterminaria todos os judeus do império de Xerxes. O plano foi aceito por Xerxes e colocado em andamento.

Da mesma forma que Hamã se enfureceu com a pessoa que Mardoqueu era, com sua fidelidade para com Deus e sua bondade, satanás vive enfurecido conosco e tenta de todas formas nos paralisar. Ele quer nos fazer prostrar diante dos prazeres do mundo nos afastando de Deus e dos planos Dele para nós.

Em meio as dificuldades da vida, ela ainda parece ser muito simples para os adolescentes ou jovens, nossas únicas preocupações deveriam ser a escola, a faculdade que vamos escolher e a busca pelo primeiro emprego, fazer amizades, aproveitar a melhor fase da vida e outras coisas simples assim... Mas quem decidi viver uma vida espiritual de verdade, sabe que o mundo vai muito além do que os nossos olhos são capazes de ver e que há um inimigo mais importante do que aquelas garotas na escola que não gostam da gente.

Nós não podemos ficar "boiando na maionese", temos que cuidar da nossa coroa se não satanás as arranca de nós. Todas as mulheres da Bíblia tiveram relacionamentos sérios e profundos com Deus, cada uma delas enfrentou sua própria tempestade e venceu porque confiavam inteiramente no Senhor.

Quando Mardoqueu viu o que aconteceria com o seu povo, ele surtou, na verdade todos os judeus surtara, as cidades viraram uma loucura e o povo começou a jejuar, chorar e se lamentar. Ester inicialmente não sabia de nada disso, ela estava no palácio longe da realidade de seu povo e só descobriu a verdade porque pediu que um de seus ajudantes descobrisse o que estava deixando Mardoqueu tão louco.

Mardoqueu pediu que Ester fosse até o rei interceder por seu povo, mas naquela época uma pessoa só podia se aproximar de Xerxes se fosse chamada por ele, e Ester não era chamada a sua presença há mais de 30 dias. Imagine-se na posição de Ester. Imagine o povo que você tanto ama sendo condenado a morto e você não poder fazer nada? Você é rainha, deveria todo poder para proteger as pessoas, mas está de mãos atadas porque não pode se aproximar do rei...

Acontece que Mardoqueu era persistente demais para deixar essa história de lado e ele não concordou com a ideia de Ester de não se aproximar do rei. Ele disse a ela que só porque ela era rainha agora, talvez sua vida fosse poupada, mas a dor de ter perdido a oportunidade de ajudar seu povo jamais deixaria seu coração. Ainda lhe disse que talvez foi para aquele momento que Deus lhe deu a posição de rainha.

Como você ficaria numa situação dessa? Como você reagiria se soubesse que a única forma de você realizar o chamado de Deus para sua vida era a forma também como você poderia acabar morrendo? A história de Ester é parecida com os relatos que ouvimos de pessoas que foram evangelizar na Ásia e acabaram sendo aprisionadas ou mortas, só que Ester teve seu reinado provado ali, ela poderia ter escolhido o conforto e se esconder atrás de sua coroa, mas ela preferiu reagir, assim como uma princesa do Senhor deve fazer.

Ester então respondeu a Mardoqueu: "Vá reunir todos os judeus que estão em Susã, e jejuem em meu favor. Não comam nem bebam durante três dias e três noites. Eu e minhas criadas jejuaremos como vocês. Depois disso irei ao rei, ainda que seja contra a lei. Se eu tiver que morrer, morrerei." (Ester 4:16)

Sozinha Ester não teria conseguido se aproximar do rei, mas ela sabia que com a benção de Deus tudo seria diferente. Todas nós sabemos que a oração é uma das maiores armas do cristão, mas na hora da guerra nós acabamos não nos lembrando dela. Às vezes nós estamos tão ocupados em lamentar, em nos desesperar, em julgar a Deus e Sua vontade, que esquecemos que é na prova que amadurecemos e que Deus não nos livra da prova, mas sim na prova.

Precisamos ser corajosas como Ester, precisamos nos fortalecer no Senhor e ir enfrentar nossos inimigos. Por que ficar no comodismo? Você quer ser mais um jovem simples ou quer viver as maravilhas que Deus tem pra você?

Talvez essa prova que você tem enfrentado seja o motivo da sua vida, não que você tenha que sofrer e perder, mas sim vencer, viver as vitórias que Deus tem preparado e ser testemunho do poder Dele. Não fique ai parada achando que as bençãos vão cair do céu, corra atrás dos sonhos, dos planos do Senhor, não fique com os olhos presos a tempestade que tem tumultuado a sua vida. Seja como as princesas da Bíblia, tenha histórias para contar!

{Para conhecer mais os detalhes deste período de Ester, leia Ester 2 à 4.}

Espero que vocês tenham gostado e que Deus tenha falado com vocês!
Tem dicas de estudo? O que mais quer ver no blog?
Deposite sua opinião nos comentários, vou recebê-la
com muito carinho! *-*
Paz.
Beijos :*

2 comentários:

  1. Que lindo, Thais! Falou muito comigo, com certeza! Obrigada por ser essa preciosidade do Pai!

    http://amada-do-rei.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém *--*
      Fico feliz demais por ter alcançado seu coração, Babi! Que Deus te abençoe e que sejamos sempre princesas guerreiras ♥

      Excluir

 
Princesas adoradoras © Todos os direitos reservados :: voltar ao topo