Você não nasceu para mendigar o amor



Lembro que os primeiros anos do ginásio, 6º e 7º ano, as meninas mais legais eram aquelas que tinham namorados, elas de repente haviam parado de usar "maria chiquinha" e passaram a dobrar os shorts até que eles ficassem curtos, começaram a se preocupar em ir bem arrumadas para a escola e a usar maquiagem. Agora não eram mais conhecidas por seus nomes, eram "a Maria, a namorada do Guilherme, conhece?", suas identidades deixaram de ser pessoais e se tornaram uma só com seus namorados.

Situações assim acabam nos ensinando que para sermos garotas legais precisamos estar namorando, afinal todo mundo está! E isso faz com que milhares de meninas ao redor do mundo entrem e saiam de relacionamentos constantemente, pelo simples fato de detestarem estar sozinhas. No fundo toda garota só quer ser amada e cuidada, mas passar de mão em mão só a fará sofrer. Acontece que ela não vai entender logo de cara, ela vai continuar entrando e saindo de relacionamentos, até dar a sorte de encontrar alguém que goste dela de verdade.

O desejo de não estar sozinha fará com que ela rasteje pelo amor. Pergunte a qualquer garota, ela com certeza terá uma história de amor platônico para contar. Em algum momento da vida, toda mulher se apaixonou por um cara e não foi correspondida. O que isso acarreta? Ela com certeza começará a procurar os problemas em si mesma. "Será que é a minha aparência?", "será que foi alguma coisa que eu fiz?", "é o jeito que eu me visto que não faz com que ele não se apaixone por mim?"... E isso pode acabar diminuindo o amor dela por si mesma tanto, que ela colocará o seu conceito próprio lá embaixo e estará afim de receber qualquer "amor".

Se um rapaz pisar nela, a humilhar, talvez até bater, não fará muito diferença pra ela, sabe por que? Porque ela sabe que no fundo, "ele a ama...", afinal é isso que ele diz para ela depois de todas as brigas que eles tem.

Sabe moça, não é esse amor que Deus quer pra você viva nem que os seus pais desejam que você tenha. Você não nasceu para mendigar o amor de ninguém, nem nasceu para ficar ao lado de um garoto/homem que só te maltrate. O escritor cristão Max Lucado escreveu uma vez: "Quando sabemos que Deus nos ama, não ficamos desesperados pelo amor dos outros." Só quando você entender que o amor de Deus é tudo o que você precisa, é que entenderá que os outros amores para a sua vida serão acrescentados por Deus e que eles serão muito valiosos.

Você precisa entender que é preciosa demais, é cuidada pelo Rei 24 horas por dia, um Rei que mandou o Príncipe dEle nesta para terra para morrer em seu lugar. Esse Rei quer te ensinar o que amar signica, primeiramente Ele deseja que você O ame e que Ele possa te amar acima de tudo, segundo Ele quer que você se ame e se dê valor, só assim você saberá qual amor deve receber das outras pessoas.

Se ame, princesa. Aceite os seus cabelos, sejam eles lisos, cacheados, sem forma, ruivos, amarelos, castanhos, pretos... Ame seu corpo, a curva do seu sorriso, a cor dos seus olhos. Sinta-se como à menininha do Senhor, você é amada e querida, e Deus quer te levar a encontrar um rapaz que te enxergará como uma mulher virtuosa, um diamente lapidado pelo próprio Rei.

Não aceite qualquer amor, moça. Tenha amor próprio e reconheça que és preciosa demais para ficar mendigando esse sentimento tão especial, não implore o amor da pessoa que não merece 1/3 do que você faz por ela.

Deixa eu te contar um segredo: o amor próprio faz um bem danado! É maravilhoso olhar-se no espelho e sentir-se bem consigo mesma. É demais fazer caras e bocas e se sentir leve no próprio corpo. Ame-se e se dê o devido valor.

Como diz Marcela Taís o amor está perto, mas só chegará no tempo certo!


Quando seu pai sentava no ônibus, ele te dava a sombra e o banco mais confortável. Quando seu pai cortova o pastel no meio e te dava a parte que mais tinha queijo. E quantas vezes seu pai deixou de comprar uma roupa ou sapato que ele precisava pra poder te oferecer mais conforto?
Então minha amiga, não aceite menos de um homem. Se teu pai te criou para o melhor, não entregue a menininha dele para suplicar atenção e descaso de um homem que não te merece. Tire o que não presta da sua vida, que Deus lhe trará um homem que cuide de ti com o mesmo amor que foi preparada para receber!

— (via abreosolhosmulher)



Flores no quintal + domínio novo


Minhas flores, como vocês estão? Espero que bem! Cansadas de tanto apertar F5 para atualizar os sites com suas comprinhas da Black Friday? Espero que elas tenham dado certo. Embora tivesse que entregar um trabalho hoje e meu grupo e eu estivéssemos mega atrasados, o meu dia começou super bem, está vendo essa árvore da foto? Ela resolveu amanhecer assim, toda florida e claro conquistou meu coração! Não dá para olhar pra ela e não imaginar a grandiosidade do nosso Deus, afinal foi Ele quem a planejou e até o seu florescer pertence a Seu tempo.

Cada uma dessas florzinhas me tocaram de alguma forma, pare pra pensar comigo, o mesmo Deus que a planejou, a centenas de anos atrás, é o Deus que está de olho em você. É o Deus que ouviu suas orações esta manhã, o mesmo que colheu suas lágrimas ontem e que anda planejando formas de te fazer sorrir amanha. O mesmo Deus que programa o florescer desta árvore é o Pai que cuida atentamente da sua vida. Tem como não levar um dia bem desta forma?

Infelizmente, durante os dias difíceis nós nos esquecemos da presença constante do Senhor, nós nos esquecemos que nossa vida está nas mãos dEle, ou acontece ao contrário, quando estamos bem afastamos o Senhor e só voltamos a nos lembrar dEle durante a tribulação. A verdade é que seja nos dias bons ou ruins, precisamos continuar confiando no Senhor, afinal Ele só tem o melhor para nós.

Em Mateus 6:28-29, a bíblia diz: "Por que vocês se preocupam com roupas? Vejam como crescem os lírios do campo. Eles não trabalham nem tecem. Contudo, eu digo que nem Salomão, em todo o seu esplendor, vestiu-se como um deles." Quando depositamos nossa confiança no Senhor, podemos caminhar tranquilas, porque as Suas mãos estão na frente de tudo. Sabe o Enem que você fez esses dias? Deus estava contigo e continua intercedendo por sua prova, não se preocupe. O vestibular? Ele cuida disso também. Você está preocupada com emprego? Entregue nas mãos dEle. Para o nosso Pai nada, absolutamente nada é impossível e tudo o que Ele deseja é que você compartilhe suas ansiedades e vontades com Ele, para que juntos possam prosseguir.

Tem uma passagem de Cântico dos Cânticos que sempre fala muito comigo, em um dos seus trechos diz o seguinte: "Veja! O inverno já passou; acabaram-se as chuvas e já se foram. Aparecem flores na terra, e chegou o tempo de cantar." (11-12) Esse versículo me faz lembrar de tudo que Deus já fez pra mim, ver cada uma dessas florzinhas hoje me fez reviver cada vitória. Que o mesmo aconteça com você e que a esperança para o futuro se renove em seu coração, lembre-se das promessas do seu Pai e da certeza de que Ele não falha!

Outra flor nasceu para mim esta semana, a oportunidade de comprar um domínio para o blog surgiu e não perdi tempo! Agora nosso endereço é: www.princesasadoradoras.com.br Ficou mais bonitinho, né? Estou arrumando nossa casa, e em breve teremos layout novo, novidades no nosso canal e muito, muito mais coisa boa. Aguardem!

Que este fim de semana seja incrível!
Que os sonhos do Senhor floresçam em seu coração,
que aja paz e amor, e muita fé!
Beijinhos :*



Steady my heart + história de José



"Por que a vida é tão difícil?", esta foi a primeira frase que escrevi em meu diário está amanha, um vento frio entrava pela minha janela e podia ouvir o gotejar da chuva, 
talvez meu coração estivesse tão frio quanto lá fora e os meus olhos produzindo mais lágrimas do que o céu produzia chuva...

O mundo não é um conto de fadas, estamos cansadas de saber disso. Alguns dias são muito mais difíceis do que outros, alguns levam toda a nossa tristeza e nos presenteiam com alegria, outros só nos fazem lembrar do quanto a vida pode ser confusa. Hoje, enquanto ouvia a canção Steady my Heart, de Kari Jobe, me senti inspirada o suficiente para fazer este post e espero que de alguma forma ele toque o seu coração.

Gostaria que fosse mais fácil. Por que a vida é tão confusa? 
Por que a dor é uma parte de nós?
Há dias eu sinto como nada nunca dá certo. Às vezes, só dói muito...

O que tem feito seu coração doer hoje? É a dor de ter um pai ou uma mãe ainda descrente? Talvez a briga com um irmão querido, com um amigo ou com o namorado. Talvez seja um sonho que estava em suas mãos, mas simplesmente escapoliu... Muitas coisas podem nos ferir, seja uma palavra mal dita, a ação de alguém ou nossas próprias atitudes, e tudo isso faz da vida muito mais confusa do que ela realmente é.

Conhecemos a história de um rapaz de apenas 17 anos, que viu o quanto a vida pode ser confusa. Você se lembra de José? Se você é leitora assídua do blog, com certeza, afinal vivo falando nele haha Mas enfim, eu nunca tinha parado para pensar na história de José por esse anglo até começar a ler o livro Juventude que Prevalece 2, que em breve resenharei para vocês. A vida de José não se complicou apenas quando ele foi vendido para o Egito, pelo contrário, ela já era difícil e cansativa quando ele estava em casa com os pais e os irmãos.

José era o filho mais jovem de Jacó (Israel) e diferente dos padrões da época, o rapaz era o filho mais querido e mais amado, por ser filho da velhice de Jacó, mas o amor que o pai tinha pelo filho despertou inveja nos demais irmãos de José: 


"Ora, Israel gostava mais de José do que de qualquer outro filho, porque lhe havia nascido em sua velhice; por isso mandou fazer para ele uma túnica longa.
Quando os seus irmãos viram que o pai gostava mais dele do que de qualquer outro filho, odiaram-no e não conseguiam falar com ele amigavelmente."
Gênesis 37:3-4

Imagine você conviver dentro da sua própria casa com irmãos que não te respeitam e te odeiam? Irmãos que vão te maltratar todos os dias e só vão esperar a hora certa para pisar em você... Se brigas bobas com irmãos já são chatas, imagine um ódio de verdade...

Mas José sabia que ele não estava só.

Mas você está aqui, você é real. Eu sei que posso confiar em você. 
Mesmo quando dó, mesmo quando é difíciel, mesmo quando tudo isso só se desfaz...


O mundo de José se desfez quando ele foi vendido pelos irmãos para os ismaelistas e foi parar no Egito. Fico aqui imaginando, como José se sentiu quando foi vendido? Como o mundo dele desabou quando ele se tocou que não voltaria mais para casa, não veria mais o pai, talvez nem tivesse mais vida... José só teve força para vencer essa "confusão" da vida, porque estava firme no Senhor, porque ele era um jovem temente a Deus, assim como nós devemos ser.

Vou correr para você, porque eu sei que você está lá, 
amante da minha alma, curador das minhas cicatrizes. Você firma o meu coração.

Nós precisamos aprender a ser fiéis como José, que mesmo depois de ser traido pelos irmãos, mesmo depois de achar que o fim se aproximaria para ele, continuou crendo que o Senhor poderia e iria salvá-lo! Seus dias poderiam ser difíceis, mas Deus estava com ele, Deus curaria suas feridas e firmaria seu coração. José não conhece as mesmas promessas que nós conhecemos, ele aprofundou seu relacionamento com o Senhor sem conhecer toda a história Dele, como nós conhecemos. Abre a bíblia e você encontrará versículos e mais versículos sobre a fidelidade de Deus para com você. Olhe para o que Deus já fez por você. Sim, Deus é fiel!

"Agora estou prestes a ir pelo caminho de toda a terra. Vocês sabem, lá no fundo do coração e da alma, que nenhuma das boas pro­messas que o Senhor, o seu Deus, fez dei­xou de cumprir-se. Todas se cumpriram; nenhu­ma delas falhou." 
Josué 23:14

Eu não vou me preocupar, eu sei que você me tem bem dentro da palma de suas mãos. 
Cada momento, o que é bom e o que é quebrado, acontece da maneira como você planeja.

A prova é um momento de crescimento e não de destruição, Deus permitiu que José fosse vendido, porque aquela era a única forma do rapaz alcançar o futuro grandioso que Deus tinha para ele. Não sei qual a sua prova, não sei o que faz a sua vida difícil hoje, mas posso garantir que Deus não te deu um fardo maior do que você pode suportar, e para Ele a sua vitória já foi decretada. Ele está com você para te ajudar a suportar o fardo, Ele está aí para segurar a sua mão, para te pegar no colo quando suas pernas não tiverem mais forças. 

Acredite, aqueles que confiam no Senhor voam como águias! Seu futuro está nas mãos dEle, ninguém poderá te impedir de alcançar.

O meu Deus suprirá todas as necessidades de vocês, de acordo com as suas gloriosas riquezas em Cristo Jesus. 

Filipenses 4:19

Você firma meu coração! E eu vou correr para você, porque você é o meu refúgio,
 é em seus braços. E eu cantarei para você, por tudo o que você é...


10 coisas sobre a vida em universidades federais


Há semanas não faço nenhum post relacionado a coluna Princesa Universitária e uma parte imensa de mim me culpa por isso, porque disse a vocês que comaprtilharia tudo deste momento tão especial com vocês e preciso fazer isso! Já estivesse no lugar da maioria de vocês, fiquei louca com o enem, queria saber informações sobre como era a vida universitária e coisas do tipo, então acho bem válido o post de hoje, sempre tem uma coisinha ou outra que você não sabe, vai que você descobre hoje?

Crie métodos para estudar:
Não estou mais na escola e o meu passado me condena no quesito organização, sou o tipo exagerada e esquecida, sabe? Revisar matéria sempre foi uma coisa louca pra mim. Mas pela primeira vez na minha vida estou conseguindo lidar com isso, ainda continuo escrevendo demais e as minhas anotações que deveriam ser breves resumos - são enormes! -, mas aprendi a estudar para as provas antes e não deixar tudo para a última hora.

Uma coisa importante que aprendi foi prestar atenção nas palavras chaves de cada autor, como lemos muitos textos essa é a única solução para lembrar a essência do que cada um deles diz. Gravo aulas das matérias que tenho mais dificuldade e as ouço em casa, ajuda muito para fixar a matéria.

Hora de bandeijar:
As universidades federais possuem imensos restaurantes, que são conhecidos pelos alunos como bandeijão, a comida é gostosa e baratinha, o que se encaixa perfeitamente na vida de um universitário, que quase nunca tem dinheiro haha

Separe uma grana para xerox:
O nosso material de estudo na maior parte do tempo são textos, e não há apostilas como na escola ou nas faculdades particules, aqui é na base da xerox mesmo. Meus professores amam passar textos, e ainda não posso dizer que li muitos, talvez uns 25 nesse período, mas descobri ontem que em alguns períodos à frente, lerei aproximadamente esse número em uma única matéria... Imagina isso! Quantas moedas vou ter que poupar, poxa, poxinha ;s!

Se prepare para conhecer pessoas de todos os lugares:
Sou uma capixaba perdida no Rio, mas tem paulistas também, tem gente do sul, tem mineiros, baianos, tem gente do nordeste todo e do norte também, tem até gente do exterior! Semana retrasada mesmo encontramos com um grupo de mexicanos no bandeijão! É uma oportunidade incrível para aprender culturais novas e conhecer pessoas muito diferentes de você.

Tem festa quase todo  dia:
Acho que toda federal é assim, como as pessoas estão distantes de casa e não tem mais limite de horário e papai e mamãe mandando no nariz, adoram festejar. Como disse uma amiga minha: "Se o pessoal estudasse como faz festa na rural, nossa universidade seria Harvard!", ela falando na hora juro que foi engraçado. Mas é assim mesmo, os professores até brincam nas aulas, porque sempre tem um aluno com a cara amassada que entrega que está de rassaca. Então pra quem curte festas, as federais são um paraíso.

Os professores não são monstros, eles ligam pra você sim!
Vivia ouvindo na escola aquela chantagem linda que os professores fazem quando os alunos não querem nada com nada: "Quando você for pra faculdade vai ter que se virar sozinho, o professor não vai ligar pra você!", realmente os professores não te tratam como criança, afinal você não é mais uma, mas eles olham pra você como um amigo de profissão e vão te ajudar à sua maneira. Alguns professores são mais sérios e mais fechados, mas a maioria das meus pelo menos, nos ajudam sempre, indicam livros, materiais extras de estudo e dão dicas para a vida universitária. Eles não estão ali pra perder tempo, mas eles não mordem nem dão susto, são legais na verdade!

"Cuidado com o CR!"
Todo mundo fala isso quando passou um feriado a toa enquanto poderia estar lendo os textos da aula de medieval! O CR é nada mais nada menos que a soma das notas de todas as suas matérias dividas pela quantidade das matérias, é um númerozinho muito importante que definirá muito da sua vida dentro e fora da universidade, geralmente ele é utilizado para a sua aprovação em bolsas de pesquisas ou até mesmo depois da universidade em concursos públicos.

Tudo é mais difícil antes de ser feito:
Quando você olharpara a pilha de textos que tem para ler e achar que não vai lembrar de nenhum conteúdo para você, vai descobrir que depois de estudar você realmente conseguiu aprender e que não era tão difícil assim. O mesmo acontece com os seminários e com os trabalhos, basta um pouquinho de dedicação, não é bicho de sete cabeças!

Você acabará sendo tachada como "conservadora":
Sim, você estará num ambiente novo com um muitão de gente nova, e uma coisa terá que ser colocada em prática: o respeito extremo pelo próximo. Porque você vai ser muito diferente dos seus colegas e isso inclui sem vista como conservadora. Se você não bebe, não fuma, não gosta muito da ideia de ficar com as pessoas em festinhas e nem gosta de ir as festas, vai ser a "estranha", mas tudo bem, todo mundo sobrevive.

Você vai se apaixonar pela a sua universidade:
Ela pode não ter nada demais, mas será a sua casa por muitos anos! Você vai amar seus prédios antigos, vai amar as árvores, as cadeiras, o bandeijão e tudo mais o que caber nela. Será uma época importantíssima da sua vida, não há como sair ileso desse sentimento.

Meus 3 meses na Rural me ensinaram essas e mais algumas coisinhas, vou contando em mais posts, mas e aí, vocês tem alguma dúvida? Responderei com prazer! E alguém aí tem alguma dica de federal para dar? Vou amar saber *-*

Fiquem na paz!
Abraços de panda. 

Família = projeto de Deus



Por que se tornou tão comum aceitar que casamento não é importante? Por que a sociedade anda tão invertida? Se tornou simples se relacionar com outras pessoas, você pode namorar, ter um relacionamento sexual, terminar com um hoje e começar com outro amanha, mas casar? Essa palavra anda dando susto em tanta gente! Por que será que esse projeto de Deus anda tão destruído e estamos dando cada vez menos atenção para ele?

Constantemente a ideia de família tem sido destruída, seja na televisão, nos filmes, nos livros, nas músicas... E até mesmo pelas pessoas a nossa volta. Não preciso ir longe para ouvir alguém me aconselhando a não casar. E os motivos são em sua maioria que os homens não prestam e que amor não existe. O assunto do post de hoje parece não ter nada a ver com você né? Mas eu não poderia deixar de falar sobre isso aqui, porque acredito no amor e mais ainda, que Deus tem um plano para nós, e se nós, a futura geração desse mundo, não acreditarmos nessa verdade e a buscarmos nós seremos as frustradas de amanha. Eu não quero ser, e você?

"A família começa com o casamento. Quando Deus criou Adão e Eva, ele revelou seu plano básico para o casamento: "Por isso, deixa o homem pai e mãe e se une à sua mulher, tornando-se os dois uma só carne" (Gênesis 2:24). Este plano é claro. Um homem ligado a uma mulher. Milhares de anos mais tarde, Jesus afirmou que este ainda é o plano de Deus. Ele citou este versículo e acrescentou: "Portanto, o que Deus ajuntou não o separe o homem" (Mateus 19:6). Este casamento é uma relação para toda a vida. Somente a morte deve cortar este laço (Romanos 7:1-3)."

Através da família que é seguidora de Cristo, os filhos também seriam, e assim a fé seria levada a todo mundo. O papel da família é continuar semeando a fé. E o amor? Onde entra nisso tudo? Em Efésios 5:25: "Maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a Igreja e a si mesmo se entregou por ela", e o mesmo a mulher, o casamento é uma via dupla, ambos tem que trabalhar juntos para que o mesmo dê certo. O marido deve amar a sua esposa e a sua esposa ao seu marido. Uma balança buscando se igualar. 

O conceito de família que Deus nos ensina é muito diferente do presente no mundo hoje, quando nos casamos com alguém que não tem os mesmos príncipios que os nossos fica ainda mais difícil alcançar esse projeto que Deus tem para os Seus filhos, esse é um dos movitos que acredito que levam à Deus a nos ensinar que é ruim casar com julgo desigual. Por isso, para viver esse sonho de Deus precisamos nos relacionar com alguém que também o deseje. 

Não precisamos desacreditar no casamento, nem ficar gritando aos quatro cantos da terra que homem não presta, o que tem falido os casamentos hoje é a mão de satanás que não para nunca. E claro, a diferença entre as pessoas. Deus não nos quer ver sofrer, por isso menina, acredite Ele tem sim um plano para a sua vida. Deus tem uma pessoa pra você sim, e se você souber esperar e for se preparando durante esta espera, alcançará a promessa do Senhor. Não deixe que o mundo roube a sua fé no amor, essa é a intenção de satanás. 

A família é um projeto de Deus sim e nós iremos alcançá-la!  


Que a paz e o amor do Senhor sejam sobre nós!
Boa semana *-*

Base do estudo, aqui.




Praia Preta e Lazareto - Ilha Grande, parte II



Oi meninas! Como vocês estão? Espero que bem! Estou há dias sem postar, porque fiquei sem internet mais uma vez, sim tenho carteirinha vip nessa modalidade. No último post falei um pouquinho sobre o meu passeio pela Ilha Grande - Angra dos Reis | RJ, como disse conheci apenas duas praias, a primeira que é logo na chegada da ilha e a Praia Preta que fica bem próximo do cais de chegada. 


Do cais até esta praia é uma caminhada de aproximadamente uns 10 minutos, por uma trilha convidativa que mescla a Floresta Amazônica com a visão do mar. Você pode fazer a trilhar caminhando ou de bicicleta, e ah não tem como não se apaixonar pela paisagem.  







Pra quem não curte muito a água salgada, pode dar um mergulho nas águas do córrego do Abraão que fica bem próximo das areias pretas e amarelas da praia.  






 Além da parte paradisíaca da praia, este pequeno trecho da ilha é marcado por uma história triste e angustiante. Sabe estas pedras na areia vistas na foto acima? Elas formavam o cais de uma grande fazenda, a fazenda do Holandes, que em 1884 foi adquirida pela Fazenda Imperial para abrigar o Lazareto do Rio de Janeiro.



O Lazareto serviu de 1886 à 1913, como um centro de triagem e quarentena para passageiros enfermos que chegavam ao Brasil vindos de outros países, atendeu mais de 4 mil embarcações e foi desativado em 1913 após mudanças na política de controle sanitário dos portos e aos avanços médicos. Em 1940, Getúlio Vargas transformou o Lazareto em uma prisão federal, que abrigou presos até 1954, quando foi desativada. Em 1963, por ordem do Governador Carlos Lacerda, os prédios foram demolidos, mas parte do Lazareto ainda está de pé e são mantidos como parte histórica da Ilha.




Antes de ir a ilha vi uma matéria especial de um dos jornais da Rede Record falando sobre os presídios, o Lazareto e outro presídio que fica em Dois Rios, outra parte da ilha que só é permitida à visita se você for acompanhada de guia - minha próxima missão *-*. Enfim, a reportagem abordou à parte covarde destes presídios, que sinceramente é de partir o coração.

Além de não possuir estrutura para suportar os prisioneiros, o Lazareto é tão próximo da praia que quando a maré subia alcançava as celas e os presos eram reféns da água. Por mais errados que tivessem, o tratamento era desumano e a cadeia deveria restabelecer a conduta dos errantes e não os levarem a praticar ações ainda piores.



É impossível olhar para um lugar como este e não viajar no tempo, há um peso no ar que permite que você imagine como deveria ser aquele lugar há uns 50 anos atrás... E em contraste com ele, há dezenas de pessoas nas praias próximas e até mesmo ao lado do Lazareto curtindo a vida e a paisagem da ilha, é uma coisa e tanta para se pensar...

Além do Lazareto, há também as ruínas do Aqueduto que não tive a oportunidade de conhecer, mas assim que possível vou conferir e conto para vocês. A praia possuí o circuito histórico, uma cachoeira e banquinhos ao longo da trilha onde você pode fazer um encantador pique-nique. 

É sem dúvida uma parte da ilha que merece a nossa atenção. 

Os passeios com circuitos históricos serão comuns no blog a partir de agora, a necessidade de pagar as horas complementares na faculdade é enorme, e melhor ainda é juntar o útil ao agradável. Conhecer a história do Brasil é fundamental e estou me apaixonando a cada instante. Alguma princesa apaixonada por história quer embarcar nessa aventura?

O que acharam da ilha? Espero que tenham gostado e que tenham a oportunidade de conferi-la pessoalmente. Beijinhos, tenham um fim de semana incrível!
   

Vila do Abraão - Ilha Grande Parte I



No último fim de semana conheci a Ilha Grande, a maior ilha do litoral de Angra dos Reis. Além da faculdade, Deus me presenteou com a oportunidade de viver em um estado lindo e cheio de lugares encantadores para conhecer! E claro, não posso deixar de compartilhar coisas boas com as minhas queridas amigas, certo? Que tal viajar comigo por essa ilha linda?

A única forma de chegar à ilha é através de barcos, minhas amigas e eu optamos pela barca que sai do centro de Magaratiba, cidade litorânea que fica há uns 50 minutos de Campo Grande - RJ. Nós pegamos a barca às 8:00 da manhã, mas a dica é chegar no cais bem cedinho, porque durante o fim de semana muita gente vai pra ilha e a barca fica muito cheia. O valor da passagem é de 14,00 reais e a viagem dura aproximadamente 2:00 horas. Pra quem enjoa ou não suporta 2 horas no mar, há em outras cidades barcos pequenos que fazem o trajeto em menor tempo, mas tem que ter coragem pra encarar o alto mar em uma embarcação pequena rs  


Essa "Lagoa" é a barca em que nós fomos e este já é o cais da Vila do Abraão - Ilha Grande. Há outros pontos de chegada também, mas é nesta vila que se concentra a maior parte das pousadas, dos campings, restaurantes, atividades turísticas e a própria população da ilha.




A ilha tem um charme peculiar, mescla cidade com floresta, vida urbana com um vida litorânea bem simples. Não há asfaltos nem arranha céus, os carros ficaram no continente, na verdade durante meu fim de semana lá vi apenas dois automóveis, um carro pertencente ao Corpo de Bombeiro e um que passava recolhendo o lixo. A rua principal é calçada com paralelepidos, enquanto as demais ruazinhas da ilha são estradas de chão mesmo.



Não há como não se encantar com a natureza do lugar!


Há muitos atrativos na ilha, e é aqui na Vila do Abraão que a maior parte deles começa. Pra quem gosta de Stand up, remar ou andar de bicicleta, há vários lugares de aluguel, então não dá pra ficar parado. Nesta parte da ilha você também encontra todas as instruções para fazer trilhas, encontra empresas de turismo que fazem passeios de barco em torno da ilha e conhece um pouquinho da história desse paraíso.



A ilha é recheada de barraquinhas ou lojinhas que vendem souvernirs, pedrinhas místicas, filtro de sonhos, camisetas, pulseiras... E os vendedores são super simpáticos!



Não tem como não encontrar paz nesse lugar, tudo é tranquilo e além do som do mar, a única coisa diferente que você ouve são as vozes dos gringos que também estão visitando o local.

Há uma grande variedade de bares, restaurantes, pousadas e passeios turísticos, e preços variados também.


Em dois dias não consegui conhecer muita coisa da ilha, conheci apenas mais uma praia e um ponto histórico da ilha, que vou falar nos próximos posts. Vou tentar contar um pouquinho da história desse paraíso também que nem sempre viu sorriso e alegria. Espero vocês amanha!

A Ilha Grande, faz parte de um arquipélago de 187 ilha e ilhotas, localizada na Baia da Ilha Grande, costa oeste do Estado do Rio de Janeiro, região também conhecida como Costa Verde. A região é um dos locais mais bonitos do Oceano Atlântico.  Embora, juridicamente pertença ao município de Angra dos Reis como 3º Distrito municipal, com sede na Vila do Abraão, a Ilha Grande fica  de frente também para os municípios  de Mangaratiba e Paraty. O mar predominante verde, abriga valiosa e biodiversidade e belos cenários.

Não esqueçam de me contar o que acharam das fotos e da ilha! Alguém aí já foi ou ficou com vontade de ir?

Pôr do sol dos sonhos | 7 on 7




Oi meninas! Como vocês estão? Espero que bem! Sexta-feira passada, dia 7, era dia do 7 on 7, mas tanto as meninas quanto eu acabamos ficando enroladas e não conseguimos postar no dia. Para abandonar esse atraso que tem me perseguido constantemente resolvi postar logo.

O tema deste mês é "sonhos" e como já contei a maioria pra vocês, decidi falar de um sonho simples, que carrego comigo há anos e que tive o prazer de realizá-lo há poucos dias. Há uns dois fins de semana, fui à Arraial do Cabo, cidade litorânea da região dos lagos, Rio de Janeiro. Como já tinha ouvido que as praias eram um verdadeiro paraíso, fiz uma pesquisa antes de ir pra ver como eram mesmo e dentre as imagens que vi acabei descobrindo o pôr do sol incrível que se pode ver da Praia Grande. Assim que cheguei já deixei avisado que não perderia essa espetáculo por n-a-d-a!

E desde muito pequena sonhei em um dia poder ver o pôr do sol em uma praia, o único desenho que sei fazer é exatamente dessa cena rsrs Não podia deixar de fotografar este espetáculo e hoje vou compartilhá-lo com as senhoritas :D 


Nós passamos a tarde toda nessa praia, saímos da areia e fomos para o deck por volta de 17:30, o sol ainda estava assim como chegamos lá em cima.



O sol fez o seu show de forma bem lentinha, ele só se pôs mesmo quase às 19:00 horas.



"Tente. Sei lá, tem sempre um pôr-do-sol esperando para ser visto, uma árvore, um pássaro, um rio, uma nuvem. Pelo menos sorria, procure sentir amor. Imagine. Invente. Sonhe. Voe."
- Caio Fernando Abreu.



"Cada pôr-do-sol que vejo me inspira o desejo de partir para um oeste tão distante e belo quanto aquele onde o sol sumiu."
- Henry D. Thoreau.




"A felicidade está onde menos se espera. É a razão pela qual vivemos. É o pôr do sol por qual esperamos."
- Jakson Trindade.


"Eu só quero ser feliz e viver tranquila. Eu só quero fazer minhas coisas da melhor maneira possível e ter um moço bonzinho que me leve pra ver o pôr-do-sol no fim de tarde." ><
- Tati Bernardi.


Confesso que foi um dos meus momentos preferidos de 2014, jamais vou esquecer essa cena. Espero que tenham gostado e que tenham oportunidade de conferir também! Conhecem outro lugar que tenha um pôr do sol incrível? Compartilhem comigo! E gostaram das fotos? Espero que sim.

Ah, não deixem de conferir as fotos das demais participantes!



O Doador de Memórias


Oi gente! Que saudade louca de vocês. Já vou explicar o meu sumiço, semana passada fiquei batendo a cabeça na parede para fazer e apresentar o meu primeiro seminário de Medieval, graças à Deus deu tudo certinho, mas pra completar a semana fiquei sem internet, por isso o blog ficou bem parado. Mas em um dos meus momentos de folga, me joguei na poltrona da sala e assisti O Doador de Memórias, e garanto que valeu super a pena!

Tenho a incrível habilidade de não conhecer as séries literárias que estão fazendo sucesso, e acabo mergulhando na história apenas quando vejo o filme - assim bem sem querer mesmo - foi isso que aconteceu com Jogos Vorazes e agora com O Doador de Memórias.



A história se passa em um Planeta Terra diferente do que conhecemos, o mundo deixou de ser um caos, doenças, guerras, mortes, ódio, diferenças, foram excluídas da sociedade. Agora o mundo é dividido em comunidades, onde todos são iguais e levam uma vida perfeita. Para esse novo mundo funcionar bem tudo o que levava ao passado da raça humana deveria ser excluído, como as lembranças, a história da humanidade, e consequentemente o lado bom da vida, nada de presenciar as cores e ou ter direitos ao universo dos sentimentos. 

Neste mundo perfeito,  nós conhecemos o Jonas, um jovem que está saindo da infância e logo receberá sua qualificação de trabalho, apreensivo e com medo do novo, o garoto se descobre numa missão completamente diferente daquilo que se esperava, ele foi escolhido para ser o próximo Doador, será o único em sua comunidade a conhecer toda a história da humanidade. 




Jonas nunca se encaixou no sistema, ele sempre quis algo mais da vida, agora com o direito de saber tudo o que já aconteceu, sentindo todas as alegrias e as dores que a vida pode trazer, Jonas e seu mestre, o "ex-doador", podem se tornar um imenso problema para a comunidade.

O filme nos leva a diversas reflexões incríveis, como seria viver sem sentimentos? O quão negativo seria não poder brincar num domingo à tarde com os seus amigos ou poder abraçar os seus pais? Como seria viver sem sentir o amor ou as emoções que nos levam a cometer uma loucura divertida por impulso? Como seria viver em um mundo perfeito? E será que valeria a pena? Será que lutaríamos contra o sistema ou faríamos parte dele?



Além do enredo do filme ser super interessante, o elenco é de peso e a qualidade cinematográfica também. O filme começa em preto e branco, e de acordo com que Jonas vai descobrindo o mundo real sua visão de mundo muda e as cores logo vão ganhando espaço na telinha. O filme é recheado de cenas paralelas que retratam a vida humana, confesso que foi uma das minhas partes favoritas, deu impulso ao filme e a mim mesma.

Apesar de ser uma distopia, não vá assistir esperando as cenas quentes de ação de Jogos Vorazes ou Divergente, o filme é bem tranquilo e filosófico, uma ótima companhia para o fim do dia. Além de ter uma pitada de romance.

O filme conta com Brenton Thwaites no papel de Jonas, Jeff Bridges como O Doador, Meryl Streep é uma vilã irresistível, Katie Holmes, Taylor Swift e grande elenco.

Confira o trailer:


Quem já assistiu o filme? Ou leu o livro?
Inverti a ordem das coisas, mas com certeza vou ler o livro!
Alguém ficou com vontade de assistir? *-*
Que a semana de vocês seja uma benção ♥

Gentileza gera Gentileza




 Este texto faz parte de um novo projeto que estou criando para o blog. Vou tentar postar todo domingo um texto inspirado em situações diárias sobre os frutos do espírito. Situações que me inspiraram e talvez as inspirem também. 

Um dia desses entrei no ônibus, à caminho da faculdade e só havia um lugar vazio, passei a roleta e me sentei numa cadeira preferencial, como não havia mais ninguém para sentar, fiquei ali, coloquei meus fones de ouvido e abri um livro. Tudo tranquilo, uns 2 minutos depois o ônibus parou e uma senhora entrou. Antes mesmo que ela passasse a roleta me levantei e fiquei em pé próxima à porta. Sabe aquele espaço que tem para cadeirantes no meio do ônibus? Um senhor estava sentado naquela cadeirinha que tem ali e assim que me aproximei dele, ele sorriu pra mim e perguntou se eu gostaria que ele segurasse a minha mochila.

Feliz deixei que ele a segurasse pra mim e me senti feliz - completamente feliz - por ainda existir gentileza no mundo. Nesse dia a famosa frase do Profeta Gentileza fez completo sentido pra mim: "gentileza gera gentileza". Eu poderia simplesmente ter fingido que não tinha visto a senhora e continuado sentada naquela cadeira, mesmo que fosse dela por direito. Poderia ter esperado o cobrador chamar a minha atenção e pagar um mico horrível na frente de um ônibus cheio, mas simplesmente escolhi me levantar e ao fazer isso ganhei da vida mais um gesto de gentileza.

O que eu quero dizer com esse texto? Não, não quero me engrandecer, dizendo que sou gentil, ou melhor do que as outras pessoas, pelo contrário, só quero me alertar e alertar a você que se nós deixássemos apenas um pouquinho o nosso mundo particular de lado o mundo seria um lugar muito melhor para se viver. Sentir que de alguma forma você ajudou alguém, seja segurando sua mochila ou cedendo seu lugar para alguém mais velho se sentar, não há nada mais legal de se ouvir do que:"moça, você tem um coração tão bom! Há se outras pessoas fizessem o mesmo..." Se sentir prestativa é uma das melhores coisas do mundo, pelo menos pra mim.

E como uma seguidora de Cristo não posso deixar de demonstrar o amor nos pequenos detalhes, mais do que ajudar alguém dando-lhe uma bolada de dinheiro ou uma casa, acredito que as grandes obras são os atos simples do dia a dia, é você se libertar do seu eu e pensar naqueles que estão a sua volta, pelo menos um pouquinho. Sem holofotes, sem glamour, o simples é muito mais charmoso. Afinal, bondade é fruto do Espírito.



Popular Posts

O blog virou livro!

O blog virou livro!
Compre o nosso livro!

Bom dia, princesa

Bom dia, princesa
Nosso novo livro está em pré-venda, acesse o site da Editora UPbooks e descubra mais sobre esse livro que será benção na sua vida.