Fragilidade

segunda-feira, dezembro 29, 2014

Google

Day 29
Tema: a morte

Fragilidade 

A vida é tão frágil quanto bolhas de sabão! Veja bem alguém pode ter acordado hoje, ter tomado um delicioso café, ter se programado para o dia difícil no trabalho e marcado um jantar com o amor da sua vida, mas quando ele estava cruzando a rua logo após sair de casa, pode ter sido atropelado, e puff! Se foi. É dramático, eu sei, meio mórbido também. Ninguém quer ler sobre isso. Morte só é interessante em livros de suspense e em séries como Law & Order, na vida real ela é um drama que nos tira do eixo. Ninguém está preparado para ela, aquele que vai em aqueles que ficam.


Mas na minha humilde opinião, nós não deveríamos nos preocupar com a morte, a vida deveria ser muito mais importante. Deveríamos viver bem, dar valor as coisas pequenas e surpreendentes da vida. Que tal admirar mais o pôr do sol? Dançar na chuva e tomar um sorvete mesmo em um dia frio. Comer um brigadeiro com a pessoa que se ama e assistir aquele filme que você detesta só porque a sua melhor amiga ama. Passar mais tardes com os filhos sem se preocupar tanto com o trabalha, andar de mãos dadas com a esposa numa tarde de verão...

É fato, um dia a morte vai bater à porta e o que poderemos fazer? Impedi-lá é impossível, a única coisa de podemos fazer é viver a nossa vida da melhor maneira possível. Que tal fazer o melhor por aqui? Podemos escrever uma linda história, dar risada, dividir as lágrimas, amar e ser amado, podemos simplesmente viver. E para aqueles que entregaram sua vida nas mãos do Criador, ah esses sabem que a morte é apenas o começo!

You Might Also Like

1 Comments

  1. Eu nunca parei pra pensar na morte, e em momentos muito dificeis e loucos pensava que ela seria a solução.
    Não penso mais assim, só não tenho medo dela e vivo cada dia como se fosse o último.

    beijo

    ResponderExcluir

Popular Posts


Compre o nosso livro!