O sonho de uma filha, Francine Rivers.


Oi meninas! Tudo bem? O post de hoje deveria ser a segunda parte do "Vencendo a Ansiedade", mas não combina com o dia de hoje né? Semana que vem posto sem falta! Estou devendo essa resenha há semanas, terminei essa leitura há mais de mês, mas estava esperando o momento certo para fazê-la... Como Natal é tempo de amor, que tal uma dica de livro que pode tocar profundamente o seu coração? A única palavra que tenho para descrever esse livro da Francine é AMOR!


Comprei o livro numa feirinha literária de Campo Grande - RJ, em outubro e foi sem dúvidas uma leitura maravilhosa! Trago a resenha para vocês em vídeo e texto, se quiserem conferir apenas um deles fique à vontade, se quiser os dois, ah vocês estão em casa!


Coloque o vídeo em HD, para ver em melhor qualidade *-*

Você já parou para pensar em quais situações podem levar uma mãe e uma filha se tornarem pessoas completamente estranhas uma para a outra?

Hildemara Rose tem tuberculose desde a infância, por isso sua mãe sempre a tratou com seriedade e rigor, desejando que a filha se tornasse uma mulher forte e decidida, mas a vontade de Marta não foi compreendida por Hildemara. O tratamento rígido acabou afastando mãe e filha.


Depois de casada e com dois filhos, Carolyn e Charlie, a tuberculose ataca Hilde mais uma vez, quase a levando a morte. Após dias no hospital Hilde volta para casa, e mesmo contra sua vontade tem que aceitar o fato de que sua mãe terá que morar com sua família para manter tudo em ordem.

Em casa, Hilde tem que se manter em um quarto vazio e solitário, e ver seus filhos pequenos de longe. Charlie, como a maioria dos garotos com menos de 10 anos, estava mais preocupado em sair correndo e brincar, enquanto Carolyn só queria um pouco de atenção.

Carolyn vai encontrar a mãe que precisa em Marte e essa escolha determinará grande parte da vida desta família.


Quando Hilde consegue se reerguer, Marta tem que ir embora e permitir que sua filha cuida da própria casa outra vez. O que todos não esperavam era que Carolyn fosse se apegar tanto a avó e acabar rejeitando a mãe depois que a avó se vai. Assim Carolyn cresce em um mundo particular distante e confuso, enquanto os pais trabalham demais.

Carolyn encontra na faculdade uma oportunidade para se encontrar e descobrir o que realmente a faz feliz, mas uma tragédia na família somada ao fato de estar convivendo com má companhia abalarão a recém-conquistada independência da garota. Em vez de voltar para casa, Carolyn corta todos os laços e se perde na intoxicante contra cultura de San Francisco. Surgindo 2 anos depois grávida e mais desorientada do que nunca, Carolyn precisará de coragem e fé para construir uma vida para si e para o seu bebê.

Assim como Carolyn, sua filha May Flower Dawn, desenvolve um relacionamento muito mais forte com a avó do que com a mãe, provocando mais uma rixa entre gerações. Mas Carolyn será a única com coragem suficiente para reconhecer que há um problema em sua família e ela lutará para evitar os erros dos seus antepassados, prometendo ser uma ponte entre as mulheres da família e não um muro que as separe para sempre.

O sonho de uma filha abrange desde a década de 1950 até os dias de hoje, é uma história intensa e extensa sobre o relacionamento mãe e filha de 3 gerações de uma mesma família.

Dawn nos mostra que nunca é tarde para uma reconstrução familiar, e que para Deus existe um plano familiar sim! A história de Francine Rivers é lebe, impactante e emocionante, foi uma das minhas melhores leituras de 2014 e a história é tão real que não consigo esquecer cada um dos personagens!


Quotes:

"Eu ouço o mar e escuto o Senhor, Carolyn. Jesus disse que veio nos salvar, não para nos condenar. Ele carregou os nossos pecados com Ele. Pagou o preço para libertar você. Deus é como essas ondas, querida. Ele lava os nossos pecados, nos oferece a graça, o bônus do Espírito Santo viver dentro de você, e a vida eterna também. Você tem decisões a tomar, mas a maior de todas é o que vai acreditar a respeito de Deus. Convide-o para entrar e ele cuidará do resto." (Pg. 167-168)

"Deus não dá a seus filhos um coração tímido, mas cheio de força, amor e disciplina. Ia arranjar mapas, traçar sua rota e fazer a viagem um dia de cada vez. Qual o sentido de se preocupar com o amanhã?" (Pg. 423)

"Tentamos agir um pouco melhor que a geração anterior, e descobrimos, no fim, que cometemos os mesmos erros sem querer. Em vez de nos esforçarmos para amar como Deus nos amou, deixamos que as mágoas e as queixas do passado governem. Ignorância não é desculpa." (Pg. 520)

Espero que tenham gostado! Alguém já leu o livro? Conhece outros livros da autora? Me indique!
Que o seu Natal seja inesquecível e cheio, muito cheio da presença de Jesus!

Feliz Natal!
Beijos,

4 comentários:

  1. Parece ser um bom livro, ótima resenha. http://www.jovenspreciosas.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É sim, princesa *-*
      Obrigada! E sou grata pela visita também ><
      Deus te abençoe, beijos!

      Excluir
  2. Ain Thaiss!! é tão bom ver você! que voz grave!! te imaginava com uma voz toda meiguinha kk' e o livro já ta na minha listinha! *--*

    www.byanak.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tem nada de voz meiga aqui kkk Mas espero ainda ser meiga *-* haha
      Que bom que está na sua listinha ♥
      Espero que leia e goste!
      Obrigada pela visita, beijos!

      Excluir

 
Princesas adoradoras © Todos os direitos reservados :: voltar ao topo