Afinal, livre para voar


Um sonho vem tumultuando minhas últimas duas semanas! O Concurso "Brasil em Prosa", organizado pela Amazon, Samsung e O Globo, fez com que escritores e aqueles que tentam (como eu rs) escrevessem um conto, ou o quanto quissessem e os publicasse pelo Amazon. 

Então, TCHA, TCHA, TCHAAAH! tenho meu primeiro conto publicado no Amazon, quase um projetinho de livro, que me fez aprender o quanto é difícil escolher capa, revisar texto e escrever algo que tenha sentido rs Quero apresentar a vocês, o "Afinal, livre para voar", um conto bem curtinho que conta um pouco da história da Helena.

 Helena vive em um reino dividido por castas, enquanto seu coração deseja ter a liberdade para sonhar e realizar, seu destino mais provável é fazer parte da casta dos Vassalos, assim como seus pais. Como vassala, Helena terá que deixar seu mundo de aventuras e sonhos de lado. Aos 15 anos, todos os jovens de Alvorada passam por testes que provarão para quais castas nasceram. Chegou a vez de Helena enfrentar os testes e descobrir qual será seu futuro.   



Nesta sexta-feira (31) e sábado (01), o conto estará disponível no site da Amazon para download gratuito. Seria incrível pra mim se você fosse até lá conhecê-lo e se gostar da leitura, me dizer através do site da Amazon o que achou dele.

Para fazer a leitura é necessário fazer download do aplicativo de leitura Amazon Kindle, que também é gratuito. Você pode baixar pelo Play Store do celular ou no próprio site da Amazon.

Desde já deixo meus agradecimentos e carinho por todos aqueles que se cativarem com a história! 

Beijos,

Corte vs Namoro



Começamos semana passada uma série de posts sobre a Corte, se você ainda não viu, basta clicar aqui. Como havia dito escolheria um novo livro sobre o tema e apresentaria as ideias do autor pra vocês hoje. O escolhido da semana foi o Corte vs Namoro - O desafio de um relacionamento radical, escrito pelo pastor Naor Pedroza, membro do ministério Radicais Livres (Videira Igreja em Células).   

Como o próprio título do livro diz Naor faz um comparação em todo momento dos dois padrões de relacionamento, o namoro, segundo o padrão mundano, e a corte, um padrão que visa a santidade. Dentro destes dois assuntos, o autor vai trabalhando diversas ramificações, que não poderei abordar todas neste texto, porque se não ficaria enorme! Vou focar na diferença entre os dois temas e espero trazer outros textos com pontos importantes levantador pelo autor, mas para aprender a fundo os detalhes do livro seria ótimo que você lesse a obra completa, okay?



***

Quantos padrões de namoro nós conhecemos hoje em dia? Ouvimos muito falar do "namoro", que é o termo secular para o relacionamento de duas pessoas, e o "namoro Cristão" que é uma tentativa de viver um namoro santo que agrade a Deus. Segundo Naor, o namoro cristão não busca a santidade em si, mas sim um relacionamento que só se abstenha da relação sexual, ou seja, nós beijamos, abraçamos, temos relacionamentos muito parecidos com o do mundo, mas lutamos contra o sexo, só que nem todos conseguem de fato fugir dele, não sendo assim agradável aos olhos de Deus. Para ele: "Ao escolhermos pela corte, resolvemos romper definitivamente com o padrão mundano de relacionamentos, conhecido por todos como namoro."  

Mas o que é esse tal namoro mundano? Vamos descobrir agora!



Namoro: Aos olhos do pastor, no mundo o namoro é um relacionamento de curto prazo que visa a auto-satisfação das pessoas. Como assim? Por exemplo, uma moça começa a se sentir sozinha, todas as suas amigas tem namorado, loga ela conclui que também precisa de um. Ela acaba conhecendo um rapaz, talvez numa festa fica com ele e descobre que ele é legal, então eles começam a namorar, não porque se gostam e acham que podem dar certo juntos, mas porque não querem mais ficar sozinhos. O namoro visa satisfazer os desejos momentâneos das pessoas, sem elas se preocuparem de verdade com quem estão se envolvendo. O namoro começa sem um compromisso, sem propósitos. 

Naor apresenta alguns hábitos errados do namoro que o autor Joshua Harris apontou em seu livro "Eu disse Adeus ao Namoro" (que nós vamos trabalhar em breve): 

- Uma intimidade sem compromisso:

Com o passar do tempo todo casal adquire intimidade, mas como não há um compromisso, porque as pessoas entram em relacionamentos visando saciar seus próprios desejos, quando o "amado" não mais lhe oferece o que ela quer, a intimidade não importa mais e sair da situação, dar um fim ao namoro, se torna o maior desejo da pessoa. Em algum momento ela diz: "Tô fora!" e os motivos para sair podem ser os mais bobos do mundo. Enquanto aquele que está saindo pode estar feliz com a decisão, o outro pode ser arrebentado com a notícia e sofre com o coração quebrado.

Quando fazemos juras de amor a alguém sem compromisso algum de cumpri-las, estamos defraudando a pessoa, e a Bíblia é clara conta a isso:

"Cada um de vós saiba possuir o próprio corpo, em santificação e honra, não com o desejo de lascívia, como os gentios que não conhecem a Deus, e que ninguém ofenda nem defraude a seu irmão, porque o Senhor, contra todas essas coisas, como antes vos avisamos e testificamos claramente, é o vingador." (I Ts 4:6)     

- Intimidade sem amizade:

Sabe quando uma pessoa começa a namorar alguém só porque eles ficaram umas três vezes, mas nem se conhecem direito? Isso acontecia muito quando eu estava no 9º do ensino fundamental, via muitos dos meus colegas entrarem em namoricos assim, só porque tinham curtido ficar com a pessoa. Muitas pessoas criam intimidade sem a amizade, ou seja, elas se tornam íntimas só conhecendo a pessoa naquelas horas boas, em que a moça está cheirosa e arrumada e o rapaz está com o topete bem feito. Eles não conhecem os defeitos um do outro, não sabem como o outro reage a certas situações, não conhecem suas opiniões e atitudes, porque estão muito ocupados só adquirindo intimidade física.  

Quando você se envolve com uma pessoa que já é sua amiga, você não precisa fingir ser quem você não é. Segundo Naor, o namoro mundano faz com que a pessoa namore alguém mascarado,  porque o casal está tão desesperado para viver a fase do romance, que pula a fase da amizade, de se conhecerem de verdade. O namoro tira a realidade. 

Namoros que começam sem a amizade costumam nos apresentar pessoas "encantadas" que ao perderem seu encanto poder nos levar a viver maus momentos. 

- O prazer substituí o amor?

Tem gente por aí que confunde amor com contato físico. Será que um rapaz só me ama quando eu permito que ele me beije, me abrace e tenha relações íntimas comigo? A Bíblia é clara a apontar que tudo isso é bom, que foi feito para o casal, mas só durante o casamento!

"Se você entende que o amor está ligado ao relacionamento físico, precisará agarrar para se sentir amado." O amor não é feito de carícias e desejo sexual, o amor não é amar o corpo, mas sim a pessoa. O desejo passa, o amor não.

- Bolha da ilusão:

Alguns casais se envolvem tanto em seu próprio mundo que se afastam dos amigos, dos pais, dos irmãos, da vida na igreja e de Deus vivendo em uma bolha. Quem deve ocupar mesmo o centro da nossa vida? Ah, Deus! Ele não se agrada quando colocamos outra pessoa em Seu lugar, principalmente quando não temos garantia alguma de que essa pessoa ocupará esse lugar para sempre. Além de desagradar a Deus, essa bolha nos trará sofrimento quando o relacionamento passar por crises ou até mesmo acabar e não termos ninguém ao nosso lado para nos ajudar.  

- Cadê o futuro que estava aqui?

Sabe a história da bolha? O casal está tão preocupado em se manter juntinho, que esquece das coisas a sua volta também, às vezes vacilam na escola, largam a faculdade (gente, não estou radicalizando, conheço um casal que era tão pirado em ficar colado que a garota largou a vida profissional só pra agradar o rapaz!) e a obra de Deus também, principalmente quando eles já estão em pecado e não se sentem mais dignos de estarem na presença de Deus.

Quebrar ciclos em sua vida por causa de um namoro não é legal. Ambos tem o direito de construir seu futuro, não deixemos para chegar a essa conclusão depois que o relacionamento ter acabado ou estar passando por fases difíceis e o tempo ter passado. Deus tem futuro brilhante para você, não permita que nada te tire dele!

(O autor apresenta algumas outras atitudes que os casais tem que podem levar a dor e ao sofrimento.) 

Quero colocar minha opinião aqui: durante o livro o autor é firme em generalizar que o namoro é ruim, na minha opinião, não gosto de generalizar dessa forma, porque tem pessoas que são sábias que sabem "gerenciar" o relacionamento, e também porque há pessoas que conseguem sim ter um namoro cristão de verdade, mas também entendo o ponto do pastor, porque ele está preocupado em mostrar que seguindo por um relacionamento que não agrada a Deus o mais provável é que você se machuque, e Deus como um Pai não quer isso pra você. 

Resumindo então, o namoro é uma relação egoísta em que as pessoas buscam agradar a si mesmas. Uma falha desse relacionamento é não ter propósito, o que não nos levará a um futuro, não é mesmo? Pelas indecisões incertas que o casal pode tomar se machucar tende a ser uma característica desse tipo de relacionamento.

Deus criou um caminho excelente para cada área das nossas vidas, incluindo o namoro. Só que Deus não te obriga a caminhar por esses caminhos, é uma escolha sua, o que você precisa ter em mente é que cada escolha trará suas próprias consequências. 

E a Corte, o que é?




"A corte não é um conjunto de regras, é o caminho de Deus para quem está cansado de sofrer e se decepcionar com o padrão mundano de relacionamento, o namoro." Escolhendo seguir os princípios bíblicos que Deus nos deixou, você evita sofrimentos como a gravidez indesejada, ter o coração partido, enfrentar momentos delicados com doenças sexualmente transmissíveis... A corte é um desafio para aqueles que desejam ter uma vida radical com Deus, que visam viver uma vida em santidade de acordo com a Palavra Sagrada. E não, a corte não está descrita na Bíblia, não há nenhum versículo que diz: "Faça a corte!" Ela foi criada através de análises da Bíblia, através do que se aprende através das histórias dos relacionamentos na Bíblia.

Enquanto o namoro visa os desejos e não possuí um compromisso, " a corte é a amizade aprofundada com o compromisso de buscar o casamento". Naor ressalta a todo instante essa importância, você só deve se relacionar com alguém se estiver pronto para casar, porque a corte e o namoro deve te conduzir ao casamento, deve ser o objetivo, entendeu?

Então como a Corte funciona?

Na corte os passos são bem tradicionais, o rapaz deve explicar a moça suas intenções e se ela concorda com ele em fazerem a corte juntos, ele deve conversar com os pais dela e pedir permissão, assim como ter a autorização de seus líderes na igreja. 

O rapaz deve conquistar a confiança da moça (sempre deve partir do rapaz a atitude) e eles devem conversar sobre vários assuntos. A corte é o tempo de se conhecerem, entenderem as convicções um do outro e aprenderem sobre a posição de cada um diante de Deus. Começar a orar um pelo outro é muito importante também!

Claro que na corte deve-se cortejar, flores, bombons e cartas são bem vindos, mas durante este tempo ainda não é tempo de criar o ambiente romântico, não é hora de se declarar e dizer o que sente. Diferente do namoro, durante o período de corte o casal não troca carinhos e beijos nem declarações de amor. A corte é uma forma de testar o relacionamento, de ver se aquela pessoa é mesmo o melhor para a sua vida. 

Durante este período é importante conhecer a família da pessoa, observar como a pessoa é nas diversas áreas da sua e passar bastante tempo com ela, para que não existam máscaras e vocês se conheçam de verdade. Resumindo: a corte é um período de comunicação!

A corte é o tempo de conquista, e este deve durar apenas até ambos terem a certeza de que aquela pessoa é com quem eles querem se casar. Ao ter certeza o rapaz pede a mão da moça, e se os pais e os líderes (da igreja) concordam que o casamento será o melhor para os dois, então eles noivam e os preparativos para o casamento podem ser iniciados.

Segundo Naor não há regras quanto a duração do noivado, mas que para ele (pra ele em gente, não é minha opinião rs), o noivado não precisa passar de quatro meses. 

O que não pode ser esquecido, durante o noivado a busca por santidade permanece, então nada de se aproveitar um do outro só porque o casamento está perto! Tem que esperar até o casamento, rum!

E os contatos físicos? 

Segundo o que  pastor Naor apresentou, uma coisa leva a outra, então quando você beija logo você quer as outras coisas também, e por mais que o casal só beije, o desejo de chegar ao "finalmente" só aumenta, portanto por que começar algo que você não pode concluir? Para ele, o ideal é nem começar, deixe a paixão, o romance, o sexo, tudo para depois do casamento. Isso não significa que você está abrindo mão das coisas boas, você as terá no momento certo, num leito que foi abençoado pelas mãos de Deus. 

***

Enquanto no namoro, as pessoas pensam em ser felizes, desejam o parceiro para fazê-las feliz, na corte o casal entende que "o  amor consiste em servir e abençoar a pessoa amada", é você que deseja fazer o melhor e não só receber o melhor. Ama como Jesus amou a Igreja.

Há muitos, muitos, muitos, muitos (...) pontos a serem apresentados ainda, se eu escrever demais vocês não vão conseguir pegar tudo, então o ideal é que vocês leiam o livro e entendam o que o pastor tem a dizer sobre outros assuntos. Espero não ter deixado pontas soltas, mas caso vocês não tenham compreendido algum ponto, deixe nos comentário que tentarei responder. Acho que pra semana que vem vou trazer alguns outros pontos deste mesmo livro, porque é muita coisa mesmo gente! 

Se você quiser fazer download dos livros que estou trabalhando, entre na minha pasta pública do OneDrive, disponibilizarei todos os livros que encontrar! 






[+QP] Um caderno misterioso e uma escritora cheia de sonhos


Há três dias uma página em branco olha intimidadora para Clarice. Seu prazo para entregar o manuscrito do seu livro para a editora finda no fim da semana e ela ainda não tem a menor ideia de como será o final da sua trilogia. Por horas ela se sente em pânico! Sem ideias brotando e sem os seus dedos ganhando vida pelas teclas do notebook a moça sente-se completamente inútil. Volta a se sentir entediada como a adolescente que passava as férias em casa enquanto todos os amigos estavam na praia...

Começa a revirar as caixas com suas coisas antigas que seus pais acabaram de mandar, mesmo com o seu novo apartamento sendo pequeno, ela achou que as coisas velhas poderiam fazê-la se sentir em casa, só não havia tido tempo ainda de abri-lás. Após encontrar fotos, livros surrados e bilhetinhos de antigas amigas, ela encontra um caderninho preto enfeitado com o desenho de uma única margarida. A sua flor preferida e a de sua avó também. Havia ganhado aquele caderno há muito tempo, mas por um motivo desconhecido nunca havia escrito nele uma palavra se quer.

Clarice caminhou até a cozinha, deixou o caderno em cima da mesa de vidro para dois e preparou uma xícara de chá de camomila. Voltando a mesa, abriu o caderno enquanto esperava o chá esfriar. Realmente não havia nada escrito. Se tivesse pelo menos um projeto de conto ali, ela poderia ter encontrado a inspiração que precisava! Com raiva, começou a rabiscar palavras sem dar muita atenção a elas, deixando que desejos secretos, coisas que somente ela conhecia, ganhassem vida na papel.

E se naquele dia na praça, eu tivesse deixado que as mãos dele entrelaçassem nas minhas? E se nós tivéssemos ido assistir aquele filme que ele queria tanto?    

Segundos depois, sua cozinha começou a sumir a sua volta. Paredes voaram, assim como xícaras, panelas e o chá que mal tinha tido tempo de bebericar. Clarice piscou os olhos tentando discernir o que acabara de conhecer. No lugar da sua cozinha estava a praça da sua cidade, as palmeiras imperiais, tão caras e que causaram tanto reboliço quando foram compradas pelo prefeito, balançavam numa brisa noturna de verão. E bem a sua frente estava ele, o cara que fez com que ela falasse “e se” tantas vezes. Seus cabelos lisos ondulados caíam na testa enquanto suas covinhas formavam um sorriso convidativo para ela.

- Você não quer ir ao cinema ou ao menos tomar um milk-shake?

Clarice tentou lembrar dos motivos que a fizeram responder negativamente no passado, todos eles se resumiam a uma única palavra: medo. Medo! Ela não o teria de novo. O medo deveria fazer parte de uma coisa nova, mas não impedir que sua vida seguisse, não quando as coisas pareciam estar acontecendo da melhor forma possível. Aquele moço havia se mostrado doce e gentil, um melhor amigo antes de qualquer outra coisa.

- Tudo bem! Mas a gente pode comprar o milk-shake e levar na bolsa para beber enquanto assiste o filme? – ela fez uma cara de anjinho.

- Você quer cometer esse delito, dona Clarice? – ele olhou para ela forçando um ar de incredulidade.

- É um desejo de vida ou morte! – Clarice levou as mãos ao coração, gargalhando logo em seguida.

- Sua bolsa é grande o suficiente para dois? – o moço sorriu para ela.

- A gente dá um jeito!


Ele levantou os ombros, despreocupado. Antes de começarem a caminhar pela praça, Clarice deixou que ele segurasse sua mão, sorriu ao perceber que a mão grande e morena dele se encaixava com perfeição na sua. Encostou a cabeça no ombro dele durante a sessão e quando ele a deixou em casa no fim daquela noite não o impediu quando ele se aproximou para roubar um beijo com gosto de milk-shake de morango. 

***

Este texto faz parte do Projeto Mais que Palavras, um grupo que se reúne no Facebook e traz propostas mensais para textos, contos, crônicas, etc., com a missão de tirar nós, (jovens que sonham em ser escritores), de sua zona de conforto e por em prática a atividade que tanto amam. Para saber mais sobre o projeto basta clicar na imagem abaixo, você será redirecionado para o grupo do projeto. 


O que você precisa saber antes de escolher a Corte




Em setembro de 2013, fiz um post sobre a Corte, desde então o post tem sido comentado e as pessoas me pedem para mandar por e-mail ou compartilhar mais conteúdos sobre esta decisão. Durante este tempo todo desde o post, acabei não procurando muito conteúdo sobre o assunto e por isso não enviei para o e-mail daqueles que me pediram. Mas decidi que parte das minhas férias serão dedicadas ao estudo deste assunto e quero compartilhar com vocês tudo aquilo que aprender. 

Separei alguns livros que falam sobre o assunto e de acordo com que for lendo, farei textos abordando a opinião de cada autor sobre a Corte e apresentarei minhas próprias conclusões, assim como desejo conhecer a sua!

O primeiro texto que escolhi foi um artigo (na verdade, é uma pregação do pastor Paul David Washer, que foi digitada e disponibilizada como um pequeno livro), "Corte Bíblica,  o que realmente você precisa saber". Washer não foca em explicar o funcionamento da Corte, mas sim nos apresenta o único caminho possível para a compreensão e a aceitação da Corte, ou seja, o que você precisa saber antes, o que você aceita como verdade, para ser levado a aceitar viver um relacionamento guiado pelas Escrituras Sagradas.

Paul nos apresenta a Corte como uma alternativa para vencer uma prática da nossa cultura ocidental: "o namoro recreativo". O que é este tal namoro recreativo?

"Bem, é namorar por diversão. Namorar sem propósito. Namorar para receber certas coisas de uma pessoa do sexo oposto, fora do contexto apropriado do casamento. É entrar em um relacionamento de uma forma frívola, apenas para se entreter. Apenas para se divertir, mas sem pensar muito sobre a vontade de Deus. Sem pensar sobre o bem-estar da pessoa com a qual estamos nos relacionando. Sem pensar sobre o futuro, e sobre os planos de Deus para nossa vida." 

Paul tem uma preocupação muito grande em nos mostrar que precisamos viver de acordo com a Palavra de Deus, em cada etapa da nossa vida. O mundo pode nos ofertar uma porção de coisas, coisas que são atrativas a nossa carne, que parecem divertidas e saborosas, mas que no fim não são nada além de pecado e dor. "O que você precisa entender é que o caminho do pecado não é um caminho de alegria. É o caminho de sofrimento. E, por fim, é um caminho de morte." Não pense que cabe ao cristão viver uma vidinha medíocre e sem graça, que pra gente não sobra diversão, pelo contrário, nós deveríamos entender que o melhor, o mais legal e divertido está ao lado de Deus.

Paul me fez lembrar da passagem da Criação do mundo, após criar cada coisa, os animais, as árvores e as plantas, Deus olhava, admirava Sua obra e dizia: "Isto é bom." Eu sei que tudo o que Deus criou é bom! Deus é um verdadeiro Artista! Ele tem o poder de criar, mas Satanás não, este só tem poder de destruir. O namoro, o sexo, a comunhão de um relacionamento, não são coisas que Satanás tenha o poder de criar, ele só consegue fazer com que nós os modifiquemos e os transformemos em outras coisas. Como Paul disse "o pecado simplesmente destrói", e como ele vem fazendo isso? Na minha opinião, ao longo do tempo o que nós humanos fizemos foi transformar o amor em algo banalizado, o sexo num simples desejo humano que deve ser satisfeito a hora que quisermos e no casamento algo passageiro. Diferente do que Deus havia planejado. 
   
Enquanto Satanás luta para destruir as belezas que Deus criou, nós devemos buscar conhecer a Palavra e o Nosso Deus, para que Ele nos guie e nos ensine como andar de maneira que nossas escolhas nos conduzam ao plano que Ele tem para nós.

Antes de escolher a Corte ou qualquer outra ferramenta que tenha sido criada para conduzir a um casamento de acordo com a vontade de Deus, é preciso que você conheça a Palavra de Deus e a reconheça como verdade, e para isso você precisa aceitar a Autoridade Divina. Explicarei estes três passos abaixo.

- Autoridade Divina



Nós jovens temos um desejo que queima em nosso coração: queremos questionar a autoridade. A opinião de Paul me fez meditar na realidade a minha volta, ao olhar para os meus companheiros de faculdade vejo com clareza esse desejo, alguns querem questionar a política, outros questionam a religião, seja pelas regras quanto ao homossexualismo ou regras de conduta como o consumo de bebidas alcoólicas ou drogas, outros questionam os pais, levantam opiniões diferentes quanto a regras de comportamento que foram construídos ao longo da história da humanidade... E no fim, cada um acaba com sua própria opinião formada e às vezes conclui que sua sabedoria é boa o bastante e que ele não precisa seguir a sabedoria de qualquer outra pessoa.

O que Paul apresenta durante sua pregação é bem parecida com o que você acabou de ler, ele diz que muitos preferem confiar em si mesmos, após ler muitos livros, aprender muito com a prática, com os tombos, com os tapas na cara, nós achamos que somos inteligentes o bastante e que aceitar a autoridade de Deus, dos nossos pais ou dos poderes políticos a nossa volta é a maior besteira. 

Só que a autoridade que Deus quer ter sobre nós, não envolve Ele decidindo tudo e a gente nada, mas sim um sentimento de Pai que sabe que se nós caminharmos sozinhos teremos que cair muito antes de aprender a andar, mas que se seguramos Suas mãos e ouvirmos Suas instruções aprenderemos antes de precisar fazer, entende? É basicamente assim: se você age por conta própria, vai cometer erros primeiro para aprender depois, enquanto com Deus você vai aprender primeiro e tomar suas decisões depois, haverá erro, pode acontecer, mas você tem o amor de Deus para te ajudar e sabe como agir, entendeu?

"Basicamente, o que Deus está ensinando é: 'Aprenda e viva. Faça o que Eu digo a você. Você não precisa experimentar, apenas faça o que Eu digo. Se digo que é bom, é bom. Se digo que é mau, é mau. Confie em Mim'. E, então, Satanás vem e diz: “Não”. Ele diz: “Você tem que experimentar isso para saber se é realmente certo ou errado. Você precisa viver e aprender”.

Quando escolhemos viver por nós mesmos, sem seguirmos conselhos e leis de outros, nós vivemos sem autoridade e corremos o risco de enfrentar os perigos do caminho que escolhemos. Quando esses perigos chegarem nem teremos com quem contar. 

Talvez você pense que se submeter a autoridade do Senhor seja limitar a sua vida: "Foi dito a você que autoridade vai limitar sua vida, que autoridade vai limitar seu modo de viver. Isso não é verdade. Autoridade expande seu modo de viver. Por eu ter me submetido à autoridade, eu fui capaz de fazer coisas e de ir à lugares que eu nunca teria sido capaz de ir. Ou se tivesse ido, não teria sobrevivido. Você vê? Autoridade pode ser uma coisa boa."

Mas se eu aceitar a autoridade de Deus, onde irei buscar discernimento para compreendê-la? Passemos para o próximo tema do livro!

- Palavra de Deus



Nós não nascemos sabendo tudo, e por mais que leiamos todos os livros do mundo e sejamos doutores em várias áreas diferentes, poderemos dominar o conhecimento humano, mas jamais chegaremos sozinhos ao conhecimento que Deus tem a nos oferecer, um que envolve a vida humana e o campo espiritual. Deus também aos nos criar não simplesmente nos encheu de conhecimento, para tê-lo precisamos buscá-lo e o conhecimento que Deus quer nos dar só é possível ser alcançado através da Palavra Sagrada. 

Tem uma canção dos Arrais que encaixa muito bem com o posicionamento de Paul:


Não fale que o conhece se o esquece em cada esquina
Não fale que o encontra nas suas ondas de fé
E não na palavra, não na palavra
Que falta hoje é fé na palavra
Que muda quem eu sou não deixa nada
Amando o que é de Deus deixando o mal que tanto amei
- Não Fale (Os Arrais)

Nós enchemos a boca pra dizer que conhecemos a Deus, que somos Escolhidos dEle e tudo mais, mas quantas horas passamos por dia sentados estudando Sua Palavra? Na verdade, não damos as Escrituras Sagradas o valor que elas realmente tem, como diziam minhas tias da EBD: "A Bíblia é o manual do Cristão", temos que conhecer, entender e a praticar. Paul é firme ao dizer que embora nós jovens modernos tenhamos um mundo de possibilidades para adquirir conhecimento, nós passamos cada vez mais tempo no Facebook e nas outras redes sociais do que lendo o livro mais importante do mundo!

A vida é como um campo minado, há bombas plantadas em todo lugar, mas enquanto caminharmos por nosso próprio conhecimento não saberemos como evitá-las. Já a Bíblia é o mapa que nos guia em segurança por entre essas bombas. A Palavra nos dá o conhecimento para evitar os perigos da vida, "lâmpada para os meus pés é a tua palavra, e luz para o meu caminho." (Salmos 119:105)

O objetivo deste post e do texto do Paul era falar sobre a Corte, mas o que adianta você conhecer a base desta decisão e as visões bíblicas que usam para fundamentá-la, se você não busca o conhecimento que Deus pode de dar? Se a Bíblia toda não é interessante? Mais do que saber alguns versículos ou alguns princípios, precisamos conhecer a Bíblia de capa a capa, porque ela nos apresentará a Deus e ao Seu plano de vida.

A Bíblia pode não ser específica em certas áreas da vida, como por exemplo, na hora de namorar e casar, a Bíblia não nos explica com uma riqueza de detalhes como escolher um bom marido, mas ela nos diz como nos portar, como confiar em Deus de todo coração, que orar e esperar nEle é melhor do que sair por aí atrás de alguém... A Bíblia nos dá exemplo de casamentos bem sucedidos e podemos nos inspirar neles!

- Reconhecendo como Verdade




Não é muito útil conhecer a Bíblia e não crer nela. Se nós cremos que Deus é o nosso Salvador e buscamos o conhecimento da Sua Palavra, o trabalho não para aí, é preciso praticá-la, por mais difícil que seja. Precisamos reconhecer que:

“Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redarguir, para corrigir, para instruir em justiça; para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente instruído para toda a boa obra”. (2 Timóteo 3:16-17)

''O que nós temos aqui, é o que estou dizendo por todo este tempo, ensinando-lhes, é que precisamos crer em duas coisas, e essas duas coisas são encontradas aqui. Que as Escrituras são inspiradas, que elas são a infalível, completa e totalmente confiável Palavra de Deus, mas não apenas isso, elas são suficientes. Ela é suficiente para tudo na vida cristã. Eu não preciso contratar um estrategista em marketing para me dizer como começar uma igreja. Eu não preciso que alguém venha com psicologia secular e diga-me como pensar. Eu não preciso nem mesmo “pegar emprestadas” suas ideias. Eu não preciso que a cultura me diga como devo vestir-me, ou coisas a respeito do que devo aprovar ou rejeitar. Eu preciso da Palavra de Deus para governar a minha vida.''

Mas o que tudo isso tem a ver com a Corte? Então, se você não aceita a Autoridade de Deus, então você não confia nEle, não crê que Ele sabe o que é melhor pra você, desta forma você não crê na Bíblia ou não a conhece ou descorda em muitas partes dela e assim você não a reconhece como verdade... Então basicamente, seguir a Corte não deve ser sua praia, já que você não costuma seguir outros direcionamentos de Deus para demais áreas da sua vida.

Portanto, antes de escolher a Corte ou Escolher Esperar em Deus, você precisa conhecer quem Deus é e o que Ele quer de você. Por que você tem que esperar? Por que você deve confiar em Deus em todas as áreas da sua vida? Por que você não pode se envolver com um jugo desigual? É importante que você obtenha as respostas, não para crer, mas para saber no que você está crendo, entendeu?

“Sua habilidade em entrar em uma corte, um relacionamento, biblicamente, depende de você ser bíblico em um monte de coisas, não apenas em uma.”

Lembre-se desta mensagem de I Coríntios 10:31: “Portanto, quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus”. Se tudo que fizermos for para Deus, o namoro também está incluído certo? Portanto, que esta área da nossa vida também seja compartilhada com o Senhor e feita segunda a Sua Palavra. Que Deus seja o centro dos nossos relacionamentos e que o Pai que nos guia por quais decisões tomar.

***

O texto acima foi trabalho de acordo com o texto do Paul e com as minhas conclusões a respeito do que foi lido. Você pode baixar este mini livro aqui ou se preferir pode ver o vídeo no qual ele faz a pregação (vi que está legendado no YouTube, procura lá!).

Vou trabalhar o tema da Corte de passo a passo, escolhendo bons livros e apresentando pra vocês o conteúdo. Semana que vem trago um novo livro e mais uma reflexão sobre o assunto, okay? Espero vocês!



Onde baixar livros de graça?


Nem sempre sobra um dinheirinho pra comprar aquele livro que você tanto quer não é mesmo? Ou às vezes você gosta do título, mas não tanto para comprar e acaba preferindo ler online... Claro que ter um livro em mãos, com aquelas páginas amarelas, aquele cheirinho novo, ou até mesmo quando ele vai ficando velho de tanto que você relê, é incrível e sem igual, nada comparado a um Tablet, Notebook ou Kindle, mas hoje em dia os E-books estão cada vez mais em alta não é mesmo? Então por que não descobrir sites em que você pode baixar livros de graça e em qualidade maravilhosa?

Para manter meu Kindle em ativa tenho baixado vários PDF's, essa vida de graduanda não me permite comprar muita coisa não! haha E assim acabei descobrindo dois sites maravilhosos que tem alimentado meu vício! 

Le Livros



Este site tem um amplo acervo literário, muito bem dividido em gêneros, o que facilita e muito na hora da pesquisa! Além dos romances, das aventuras e de tantos gêneros aos quais estamos acostumadas, o site ainda fornece livros cristãos, o que é bem bacana e difícil de conseguir com facilidade por aí. 

Você pode fazer o download em ePUB, mobi, PDF ou ler online. Ao clicar na opção de PDF (que é sempre a minha escolha), você é levada para uma página onde o livro já foi publicado online, lá basta você clicar no símbolo de salvar e pronto! O livro é seu.  






Livreira



Este site também possui muitos títulos, só que é um pouquinho diferente na hora de baixar, os livros estão disponibilizados no Google Drive, e embora os livros não sejam organizados no site, na biblioteca onde você fará download os títulos estão separados em pastas pelos nomes dos autores em ordem alfabética. Nesta página você encontra o passo a passo para o download. 


Você encontra todos os livros na Biblioteca.

Há dois pontos positivos em ler PDF's, primeiro - como diz uma amiga -, você poupa várias árvores de serem cortadas por aí, e segundo, você não acumula livros que não vai voltar a ler sabe? Olha que eu amo a ideia de ter uma biblioteca em casa, tenho um desejo enorme de comprar todos os livros possíveis, mas o Kindle tem mudado muito isso em mim, claro que quero comprar livros, mas vou aprender a ser mais seletiva e comprar aqueles que realmente quero sabe? Então por enquanto vamos de PDF! 

E vocês, conhecem outros sites ou já conheciam esses? Não deixe de compartilhar comigo!

Permanecemos os mesmos


Hoje pela manhã cheguei em casa após encerrar mais um período na faculdade, dei adeus para as terras cariocas e boas vindas para quase trinta dias em solo capixaba. No finzinho da tarde, após um dia sem coisas excêntricas, o que é anormal na minha vida, alguém resolveu cortar uma árvore no meu bairro e não calculou que esta ao cair arrebentaria alguns fios, e com eles o de energia. Pronto: não temos mais luz. Mas como assim? Poxa! Passei o dia inteiro vendo os desenhos da minha irmã e tinha tudo planejado para assistir apenas um episodiozinho de um seriado novo no início da noite, mas... Não dá! Então o que a gente faz? Sai de casa e procura os velhos amigos.

Nós crescemos e tomamos caminhos diferentes, enquanto fui estudar no Rio, um outro amigo se mudou pra Vitória, capital do nosso estado, e está estudando por lá, já minha amiga permaneceu na nossa cidade, está fazendo faculdade aqui e um outro amigo está trabalhando aqui na nossa cidade também... E enquanto vamos vivenciando outras situações, conhecendo novos lugares e pessoas, não podemos mais conversar todos os dias, sentar pra tomar um refrigerante e falar sobre nossos seriados favoritos ou psicologar sobre a vida, mas mesmo assim, mesmo depois de meses sem nos ver nos sentamos na mesma escada de antes e conversamos como se a última vez que tivéssemos nos visto fosse ontem.

Sabemos que temos grandes amigos em momentos assim, quando estamos longe e sentimos saudade de ouvir a voz dele ou chamá-lo para uma ida ao cinema; quando fazemos novos amigos e descobrimos que eles não são tão legais ou nos completam como os antigos, e quando voltamos pra casa depois de um tempo longe e descobrimos que nada pode mudar o que sentimos.

Hoje é dia do amigo e agradeço a Deus por ter tido a oportunidade de me sentar ao lado dos meus hoje. Faltou um, ele não pode me abraçar hoje, não pude me sentir segura em seus braços de irmão, mas ainda sim sei que dá próxima vez que nos virmos nada haverá mudado. Outros amigos também não se sentaram comigo, por distância, por terem ficado na memória ou por tantos outros acasos na vida, mas ainda assim agradeço por cada um deles e pelas marcas que eles deixaram em mim.

Quando olho para a minha personalidade atual vejo traços de outras pessoas, sei quem me ensinou a amar Coca-Cola e me ensinou a fazer Brigadeiro, sei quem me inspirou a ler certos livros e me apresentou a lugares incríveis. Posso fazer uma listinha daqueles que me tornaram uma garota mais destemida e corajosa, e sei quem são aqueles que tanto me desejam bem e vejo seus desejos refletidos no meu dia a dia.

Nós não percebemos, mas as pessoas deixam marcas em nós, algumas são boas enquanto outras ruins, o importante são o quanto esses momentos nos fazem crescer e nos tornam melhores. As boas lembranças devem ser transformadas em quadros e postos em exposição em nosso coração, os sorrisos, os abraços, as palavras de carinho e motivação... mais importante do que ocupar o primeiro lugar dos "Depoimentos" lá no velho Orkut, é ter o coração cheio de primavera, cheio do perfume e das pétalas que fizeram parte de nós.

Os velhos amigos, aqueles que duram, não estarão apenas no coração, eles farão novas primaveras, construiremos novas histórias constantemente. Mesmo que só venhamos a nos ver nas férias da vida, sei que nada mudará em nós, porque tive a sorte de encontrar aqueles que Deus separou para serem dois comigo! Iremos comer lanches durante as segundas-feiras enquanto discutimos se a Dark Emma ficou legal ou não, iremos a lanchonete mesmo tendo merrecas nos bolsos e faremos vaquinhas se precisarmos. Vamos torcer pelas vitórias uns dos outros e estar próximos ao altar no casamento de cada um... Podíamos ter escolhido viver sozinhos, eu podia preferir, como acontece às vezes, meus seriados, meus livros e minhas músicas, podia me trancar no quarto e só sair quando estivesse enjoada, mas conheci a dádiva que é ter um amigo para jogar conversa fora, como é incrível poder contar as novidades a alguém que te quer bem e como é hilário relembrar os micos do passado.

Depois que você tem um amigo de verdade, viver sozinho não é uma escolha legal! A emoção está em ter alguém para segurar sua mão.

Somos amigos,
estaremos um para o outro até o fim.



Uma curva no tempo



Férias! Oh palavrinha abençoada! Até que enfim a senhorita chegou para colorir o meu inverno! E por que não começar as férias com uma dica literária? Em meio as minhas últimas duas semanas de provas e trabalhos da faculdade, participei de uma Maratona Literária, onde nós deveríamos passar as 24 horas de um sábado devorando páginas e mais páginas de livros que escolhemos antes. Eu nunca tinha participado de uma maratona dessas antes e nem conhecia, fui convidada pela Débora, minha amiga da faculdade que é blogueira literária e não dava para recusar dava? Acabei amando a experiência e li rapidinho o romance "Uma Curva no Tempo"

Título: Uma curva no tempo
Autor: Dani Atkins
Páginas: 256
Ano: 2015
Editora: Arqueiro
Nota: ♡ ♡  ♡ 





Rachel está se formando no ensino médio, prestes a deixar a cidade pequena em que cresceu, ela e os melhores amigos marcam um jantar num restaurante legal da cidade, em meio a conversas e aquele sentimento nostálgico de "estamos indo embora e não vamos mais nos ver todos os dias", um carro desgovernado adentra a fachada de vidro do restaurante e muda a vida daqueles jovens para sempre. Rachel Wiltshire poderia ter morrido naquela noite se não fosse escolha heroica de seu melhor amigo Jimmy, a moça saiu do restaurante inconsciente e com uma cicatriz no rosto que a lembraria daquele dia para sempre, enquanto Jimmy nunca mais poderia fazê-la rir de novo. 

Cinco anos se passam, mas a dor de ter perdido Jimmy ainda é capaz de determinar a vida Rachel. Ao invés de ter ido para a faculdade e se formado em Jornalismo, ela escolheu se abster das melhores coisas da vida, como as pequenas alegrias, as conquistas e uma história de amor, porque assim acha que está pagando o preço pela morte do amigo... Mas um evento importante a levará para aquela pequena cidade inglesa novamente: sua melhor amiga vai se casar e sua presença no casamento é indispensável! Mesmo relutante Rachel entra no trem e volta para sua cidade natal.

Lutando contra fortes dores de cabeça oriundas do acidente, Rachel deixa o jantar de despedida de solteira da amiga e após não conseguir dormir, caminha até o cemitério onde está a sepultura de Jimmy. Enquanto deixa a dor da perda, que ainda é tão real e recente, as dores de cabeça crescem de tal maneira que deixam Rachel inconsciente.



Na manhã seguinte Rachel acorda no hospital e percebe que alguns detalhes importantes da sua vida estão completamente errados. Primeiro, seu pai que até o dia anterior estava quase sem vida por causa de um câncer, estava melhor do que nunca, e segundo ele, o acidente da noite anterior não tinha nada haver com uma visita ao cemitério, mas sim por um individuo ter roubado seu anel de noivado... Noivado? Sim, Rachel 
acorda noiva de um amigo bonitão que era seu namorado no ensino médio! Ela simplesmente acorda com uma vida perfeita, muito melhor do que ela poderia ter imaginado.

A vida parece ter dado uma segunda chance para Rachel - com fatos surpreendentes que não vou entrar em detalhes aqui, porque vão tirar todo o "Chan!" do livro -, e em grande parte do livro ela lutará para ter a vida de antes de volta, só que de acordo com as novas situações vividas ela acabará concluindo que esta não é uma oportunidade que se pode jogar fora. 

Esse tema de amnésia, de acordar e ter uma vida diferente não é tão diferente no mundo literário, contudo a Dani conseguiu trazer uma narrativa interessante e um romance emocionante. Embora trabalhando um tema que é impossível para vida real, pelo menos até onde eu sei, a ideia de segunda chance, essas oportunidades inusitadas que a vida traz às vezes pra gente, nos faz pensar um pouquinho e a concluir que por mais medo e dificuldade que venhamos a enfrentar não dá pra deixar a mesma oportunidade correr pelos nossos dedos. E o que eu mais gostei no livro foi ter sido enganada pela autora, adoro finais que por mais que sejam simples, ainda assim me pegam de surpresa e me balançam! 




"O problema é que a toda hora me provam que tudo o que tenho como verdade absoluta é falso. É muito perturbador." 

"Então, no panorama geral, só estamos falando de termos inexplicavelmente... perdido... uma pequena parte do seu passado. Acho que o que você precisa se perguntar é quanto tempo e energia quer gastar olhando para trás. - A voz dele mudou, o timbre, ficando mais suave e baixo: - A mim, pessoalmente, o seu passado interessa menos do que o seu futuro."   

"Duas metades completando-se: era como se nada no mundo jamais tivesse sido certo até aquele único instante perfeito. Trêmula, eu sentia o coração acelerado dele ecoando contra o meu. Olhei dentro de seus olhos e encontrei ali tudo o que vinha procurando e uma manifestação de amor tão patente que arrancou o que me restava de ar. Então sua boca encontrou a minha, e me apaixonei ainda mais pelo homem a quem sempre havia sido destinada." 

***

Gostaram? Alguém por aqui já leu? 
Tem dicas de romance pra mim? Manda aí, estou de férias, de féeerias!! 
Beijos meus "bens",


Viajando através dos meus pensamentos!

Pensar faz parte do ser humano .Hoje quando penso em meus pensamentos, eu faço uma longa viagem pra dentro de mim mesma.. É como se dentro do mim existisse uma caixinha , um baú de recordações, onde é possível fazer longas viagens...  Através dos meus pensamentos já estive em vários lugares, já visitei o passado, a infância , o presente em qual vivo, e até o futuro! Aprendi que meus pensamentos podem me levar muitos longe... É necessário tomar cuidado com os pensamentos, pra não se tornar prisioneira deles! Mencionarei um pouco das minhas viagens.

Viagem ao passado!

Irmãos, não penso que eu mesmo já o tenha alcançado, mas uma coisa faço: esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante, prossigo para o alvo, a fim de ganhar o prêmio do chamado celestial de Deus em Cristo Jesus.
Filipenses 3:13-14

Penso que esse versículo foi criado, pra nos alertar  a não fazer a viagem que eu fiz... Sabemos que o passado nem sempre é bom ! O meu mesmo foi bastante doloroso. Quando aceitamos a Cristo , o inimigo, faz de tudo pra lembrar onde estivemos, o  que passamos... O  objetivo é nos deixar prisioneiras do passado. Cuidado! Eu fiz essa viagem e quase não consigo voltar, eu estava presa a um passado, parecia que eu estava vivendo tudo de novo!

 Lamentar uma dor passada, no presente, é criar outra dor e sofrer novamente. Hoje eu penso no meu passado , até porque não tem como ser esquecido, faz parte da minha historia de vida. Mais hoje ele não me afeta, não me condena... Hoje eu não permito que meus pensamentos , me leve de volta pro passado, sabe porque ? Porque eu já sei onde estive, agora preciso saber a onde eu vou!



Viagem a infância 


Essa é uma das viagens mais gostosa de se fazer ! Sempre viajo, e penso na minha infância... Penso como a vida era fácil pra mim, eu não tinha problemas pra resolver, o que eu mais gostava de fazer era brincar, correr, pular, imaginar..  Apesar de alguns problemas na saúde , fui uma criança feliz. E hoje sou uma adulta, mas nunca deixo o meu lado de menina, de vez em quando volto a ser criança.  Fico pensando : Como as crianças de hoje são tão diferente, das crianças da minha época.. Hoje a maioria das crianças, não fazer coisas comuns , que crianças deveriam fazer, por exemplo : Brincar! Hoje a tecnologia tomou conta da vida e mente da criançada..  Experimente fazer uma viajem pela infância, lembre os melhores momentos. Hoje me pego sorrido, ao  lembrar da infância e ao  ver minhas fotos rs  Há quem diga que não mudei muito , continuo tendo meu jeito de menina travessa rs sempre cheia de ideias... Recordar é viver! 


Portanto, todo aquele que se tornar humilde, como esta criança, esse é o maior no Reino dos céus
Mateus 19:14.

Obs: A bíblia diz que se quisermos entrar no reino  dos céus , devemos ser como crianças, pois elas tem inocência, são humildes e não se querem ser melhores que as outras... Elas não julgam, não observam defeitos, não se importam com o dia de amanhã.. entre outras coisas.. Devemos ser assim adultas, jovens humildes e de bom coração, vivendo um dia de cada vez! É assim que penso! Se a dádiva da infância ,   nos fosse concedida novamente... Sera que optaríamos pra outros caminhos ? Faríamos outras escolhas ? Ah saudades... Por isso eu amo viajar pra minha infância, amo crianças , amo o olhar sincero que elas tem.. Quando vejo o gesto de inocência me recordo !

Viagem ao presente



Quando penso no presente, em qual vivo, eu vejo que é uma longa viagem, e que eu soou responsável pra torna-la inesquecível ! O presente é o hoje e o agora..  eu sou responsável pelo meu presente e deve viver da melhor forma..  Meu presente tem sido incrível, estou embarcando em direção aos meus sonhos,vivendo e aprendendo.. Se você não tem se agradado do seu presente, se sente que nada faz sentido, se tudo que faz dar errado.. Falta alguma coisa ! Eu vivo no presente sempre buscando coisas novas... Mais eu não caminho sozinha, porque se eu fizer isso vou me dar mal . Deus caminha comigo e estar presente em minhas decisões , porque ele é a primeira pessoa que me orienta nesse caminho !

Quando se percebe que sua presença não é necessária, talvez seja o momento de elegantemente entender que é hora de se retirar ou deixar ir. Ser excluído, rejeitado, esquecido…dói sim, mas não deixe seu coração azedar! Perdoe e tente tirar algo de bom dessa experiência ruim.”
— Helena Tannure


As vezes não é só o passado que te faz sofrer, e sim o presente que estar vivendo, não permita que as pessoas te desanime , você precisa aprender  com tudo que aconteça, cada situação seja ela boa, ou ruim... Vai te deixar uma lição, um aprendizado! Lembre-se viva o presente da melhor forma,  aproveite as oportunidades, e siga em frente... Pois Deus quer te levar , muito longe!


Viagem ao Futuro !

Essa é uma vigem deliciosa , se você pensa e sonha da melhor forma! Eu viajo pelo futuro, penso como estarei la na frente...Sei que os pensamentos de Deus, são maiores e melhores que os meus! Em minha mente meu futuro será brilhante, mas sei que o que Deus tem planejado pra mim, vai alem de tudo que penso, sonho e planejo! Agente faz planos, mas a resposta final vem do nosso Deus ! Por isso estou tranquila.




Todas viagens fez sentido em minha vida.  O passado me trouxe muitas lições, e me ensinou a ser uma garota forte! A infância me fez ver que crescer não era tão legal, quanto parecia rs, o presente me faz ver que sou capaz, que posso ultrapassar meus limites... E o futuro permite que eu continue sonhando *_* um dia verei todos os planos do Senhor ,se cumprir na minha vida.

O senhor me conhece !



Querido Pai 


o Senhor  conhece a filha que tem, sabe o que tenho passado... Paizinho te peço :Me ajuda a prosseguir ! Eu sei que posso ir muito longe, sei que após a dor vem a alegria, sei que existe solução pra tudo. Mais tem dias que parece que nada faz sentindo, e eu me pergunto :  O porque tenho que suportar tudo isso ? Há dias que me encontro tão tristinha, e me pergunto  O porque que  a que a tristeza tem invadido meu ser... Será que tenho sido uma má filha ? Será que mereço ?  Sabe pai hoje eu não sou aquela garota de antes... Que desistia facilmente, que permitia que as pessoas me pisassem.. Hoje Pai eu sei o quanto sou forte, e sei que cada dia que passa, eu preciso e dependo de ti. Não ta nada fácil pra mim paizinho, acho que o Senhor pode me entender ! Sabe pai , é muito ruim se sentir só, é muito ruim olha ao seu redor e só enxergar as criticas.. Eu tenho orado, e clamado por mais amor.. O mundo precisa de pessoas que saibam amar, que se importa umas com as outras... 

É muito triste ver tudo  que estar acontecendo, é muito triste saber que nada posso fazer, a não ser orar. Pai as vozes tentam me confundir, tenta me desviar... Mais a tua voz, e a tua presença é mais forte.. Eu te agradeço Senhor por nunca desistir de mim, por me ajudar em todos os momentos ... Eu sei que estais comigo, eu sei que não me deixas sozinha em minhas lutas! Eu acredito que tudo que me acontece tem um porém... Ou um porque , ou um pra quê ?  Uma coisa eu sei : Meu Deus nunca me desampara. 

Deus o único que me abraça e segura em minhas mãos dizendo que tudo ficara bem. O único que me entende, e me faz me sentir melhor. O único que me viu quando eu me sentia invisível. O único que segura em minhas mãos quando eu penso em desistir de tudo. O único que não me deixou cair, quando eu tropecei. Se você esta passando por uma situação difícil , pelo qual você se vê perguntando a Deus : porque isso ? porque aquilo ? porque o Senhor permitiu isso ? Nós temos sempre que lembrar que tudo tudo mesmo que acontece em nossa vida , tem um proposito , tem um porque daquilo ter acontecido , que passamos por diversas situações para que cresçamos para que possamos ajudar outras pessoas até mesmo com aquilo que passamos , nada é por acaso ! Tudo que acontece em nossa vida tem um porém , basta não questionar-nos do porque e sim o para que ,e falar com Deus : Deus eu sei que isso que eu to passando tem um porém , e eu sei que isso vai me ajudar para que em situações mais a frente eu possa lhe dar com isso de uma maneira bem mais madura ! E nunca se esqueça de que tudo mesmo que acontece com a gente coopera para o nosso bem , para o bem daqueles que amam a Deus .

Todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus . Romanos 8.28 . 

A caminhada é nada fácil.. É cansativa . Ah momentos que  você para, e parece que não vai mais conseguir caminhar.. Mais ai vem Deus com seu renovo e renova nossas forças.. Sem Deus eu não aguentaria. Quando achar que ninguém... se importa, lembre-se que Deus, o homem mais poderoso desse mundo, se importa contigo e faz o possível e o impossível pra te ver sorrindo.Se Deus te deu essa luta...é porque você pode superá-la. Mesmo quando as lágrimas... estiverem caindo e o medo estiver te consumindo, lembre-se: Deus prometeu que estaria sempre contigo, deixe ele se aproximar...  A vitoria é certa, se Deus for na sua frente, caminhe em sua direção, você vai muito longe!

A extraordinária beleza do simples




Lembro de uma manhã na escola, talvez há dez ou onze anos atrás (cara, estou velha!), a professora falava sobre Santos Dumont, sobre o 14 bis e a casa dele. Na época fiquei encantada por aquele rapaz sonhador que acreditava que iria voar um dia e voou. Lembro vagamente da professora descrever a casa dele, de como ela era feita sob medida para o homem pequenino e as várias invenções que havia na casa que a tornavam única! Passei dias sonhando com a casa do aviador só não sabia que anos depois teria a oportunidade de conhecê-la.

Além de um pouco da história do Dumont e das tais inovações que jamais vou esquecer, a casa "Encantada", em Petrópolis, cidade carioca, me fez lembrar do quanto o simples possuí a mais pura e digna das belezas. 

A casa não se chamaria "Encantada" se realmente não fosse, ao olhar o seu lado exterior você não demora a concluir que ela poderia muito bem pertencer a uma história de contos de fada, e seja enquanto você sobe as escadas, que foram personalizadas por Dumont ou quando você adentra a casa miúda, você continua tirando as mesmas conclusões. Deixa eu tentar te explicar um pouquinho da casa, as escadas, seja no exterior ou interior, são personalizadas, cada degrau é cortado de acordo com o passo que você deve dar, por exemplo, o primeiro degrau deve ser pisado com o pé direito, então há madeira do lado direito e o lado esquerdo foi cortado para você ter espaço para levantar a perna para dar o passo seguinte... Acho que é mais fácil mostrar a foto pra vocês...



Como eu disse a casa é pequena, porque Santos era pequeno, a mesa de centro e as cadeiras são pequenininhas, o espaçamento das escadas também e as prateleiras das estantes. O seu escritório era no próprio quarto, e as coisas que ficavam em sua escrivaninha eram guardadas a noite e em seu lugar era colocado um colchão. Não havia cozinha na casa, porque ele contratou o serviço de um restaurante que havia em frente à Encantada para lhe servir o almoço e o jantar todos os dias, com garçom e tudo mais, da mesma forma que ele vivera na França durante anos... 

Mas não são destas curiosidades que fazem a casa dele um charme, que quero abordar neste texto, mas tenho que contá-las para que vocês entendam meu ponto de vista. A atual exposição não conta com tantos móveis, então nós temos contato mais com objetos pessoais, presentes que ele ganhou, cartas e documentos que narram um pouco da sua vida. Enquanto eu admirava a vista do quarto/escritório de Dumont ouvi uma moça perto de mim dizer o seguinte: "É claro que a exposição é tão barata, a casa está fazia! Ele não tinha nada e blábláblá..." e vários outros comentários que sinceramente aguçaram o meu espírito de historiadora que tem sido construído e feito pensar em quantas baboseiras a garota estava falando. Só que este também não é um texto sobre História e tudo mais, então vou me focar na mensagem que surgiu pra mim instantes depois que ouvi a garota dizer asneiras. 

Naquele exato instante olhei a minha volta e me lembrei da garotinha de anos atrás que desejou conhecer a casa daquele moço, aquela garotinha que agora é uma moça não estava decepcionada pela visita, na verdade estava extremamente encantada e viu a beleza no mais simples. 

É verdade que a casa dos Santos está sem os móveis, também é verdade que seria mais legal entrar ali e ver tudo como realmente era, só que mesmo sem os móveis a casa ainda continua sendo um lugar encantador, sejam pelas invenções particulares, como as escadas ou o chuveiro, que é um balde com vários furos, seja pelos presentes como um lindo vaso de cerâmica (se não me engano) que ele ganhou da princesa Isabel, a beleza daquele lugar está na luz que penetra a janela do quarto, que por sinal já é linda por ser muito semelhante a uma janela de um sótão, ou nas estantes com livros raros do primeiro andar... A beleza está ali, de forma pura e delicada basta ter olhos para ver.

Só que nós nos acostumamos a desejar encontrar coisas extraordinariamente divinas. Queremos ver coisas que "ostentam"? É, acho que sim. Estamos pré-dispostos a sermos encantados pelo luxo e pela riqueza, e não nos apegamos a detalhes pequenos e simples, que muitas vezes nos passam despercebidos. 

Talvez nós devemos voltar a ser crianças, daquelas que tinham os olhos brilhando pelas coisas mais simples da vida. O que me faz lembrar de um pai que durante a exposição ficou contando a história de Santos Dumont para o filhinho, que não deveria ter mais que cinco anos, de forma animada, divertida e educadora. Possivelmente aquele garotinho será um grande homem, determinado, sonhador e cheio de personalidade quanto Dumont foi. 

Tudo o que queria dizer hoje é que sejamos capazes de nos encantar com o simples, de ao ir admirar alguma coisa não levarmos na bagagem os preconceitos, a ignorância e o desejo de ambição (de coisas grandes e extravagantes) que muitos de nós tem... Se nós fossemos mais simples e ingênuos como crianças tivessem a capacidade de sorrir mais e ser mais nessa vida.

***

Como disse a casa de Santos Dumont fica em Petrópolis, bem no centro da cidade.
Está em funcionamento de terça-feira à domingo, das 9:30 às 17 horas. 

Inteira: 5,00
Meia: 2,50


Não tenha medo !

 Medo ! Palavrinha pequena, mais que é capaz de causar um grande estrago, em nossa vida. O medo ele se instala em varias áreas de nossa vida, física, emocional, profissional.. Por ai vai ! A palavra medo tem impedido tantas  pessoas de crescer !

Quem nunca sentiu medo ?

Eu fui uma criança, e uma adolescente muito amedrontada, quando pequena vivia muito só, não gostava muito de brincar com as outras crianças... Era como se elas fossem uma ameaça pra mim! O medo foi surgindo na minha vida, desde pequenina.. Crescer ouvindo:  Você não pode, você não consegue,você vai cair... Tudo isso foi crescendo dentro de mim, e me fazendo retroceder..  Acredito que já passei por diversos tipo de medo, e esses medos me fez parar muitas vezes. O medo de errar, medo de perder, medo de caminhar, medo de não ser aceita, medo de falar...  Se eu for falar todos os medos, que já senti , renderá muito!




Ao longo da vida, pude ver e aprender que o medo é um obstáculo, que nos impede de avançar, crescer e vencer!  Como uma palavra pequena é capaz de destruir tantas coisas..  O medo ele nos paralisa, falo por experiência própria! Eu era uma garota que ressumindo: Tinha medo de viver... Eu deixava de tentar por medo de não conseguir, diante de injustiças tinha medo de falar, de me defender, eu sempre me calava! E tudo isso acabava comigo, me destruía por dentro.  Vocês não fazem ideia, mas eu era tão negativa, tão injusta comigo mesma... 

Mas que bom, que na vida tudo muda.. Mas sera que tem uma receita, pra enfrentar o medo ? Eu te digo : Tem sim ! E a receita é o amor, Sim o amor , ele é capaz de lançar fora todo medo. E onde encontrar esse amor ? Um amor que te ajude a cancelar ,todos os medos  ? Só em Deus você encontrará ! Fui crescendo e vi que não podia continuar daquele jeito, amedrontada, e paralisada! 




Eu era bastante distante, de tudo e todos.. Como todo ser humano, tive muitas decepções as quais contribuirão para os avanços do medo ! Mas sabe , chega uma hora que agente cansa de tanta coisa, tanta cargas.. Eu não suportava me ver daquele jeito.. Sempre de cabeça baixa. Eu precisava , me segurar em algo, eu precisava de uma saída, eu não aguentava mais me sentir derrotada... Foi ai que eu pedi ajuda, não sabia mais o que fazer! Ouvia as pessoas falar de um Deus, que tudo muda ! E eu passei a querer conhecê-lo , eu precisava confiar em alguém... Eu tinha Deus , mas eu não permitia que ele agisse na minha vida ! O medo tava tão grande que eu pensava : Porque Deus se importaria comigo ? se ninguém se importa !  Mais ai eu me entreguei , comecei a me aproximar dele, falar tudo pra ele , como filha desesperada, corri pros seus braços..




Ainda muito amedrontada tive um encontro com Deus,  eu falei de todos meus medos, pedi pra ele tirar toda insegurança do meu coração, me senti tão pequena diante do meu Deus, mais pela primeira vez eu pude ter a certeza do quanto  ele me amava,  me ouviu, me acalmou, me deu paz.. A paz que a muito tempo não sentia.  Em Deus podemos lançar todos nossos medos, ele nos ajuda a enfrentar.. E eu pude perceber que todas as cargas, que tive que carregar na minha vida, é porque  eu era forte, pois mais que eu não sentisse, Deus enxergava em mim a sua força... Eu era o tipo de pessoa que aguentava tudo e ainda sorria, mesmo com os  medos! Mais eu estava disposta a mudar, a agir em meu favor.. E comecei me apegando a palavra.

O Senhor é a minha luz e a minha salvação de quem terei temor?
O Senhor é o meu forte refúgio; 

de quem terei medo?

Salmos 27:1

Pude ter a certeza de que eu não deveria temer a nada, pois eu tinha Deus em minha vida, quando temos o Senhor, todos nossos medos se transforma em esperanças.. Hoje  eu sou bastante ousada, e quando o medo quer bater, na portinha do meu coração, eu lembro do meu Deus, lembro que não estou só, ai enfrento!

Não tenha medo!

Essa foi a palavra que o meu paizinho me falou , com amor ele me disse: Filha não tenha medo, você consegue, você é capaz! Filha sou eu que te capacito, não ligue pro que as pessoas falam.. Elas sabem que você pode ir longe, por isso elas querem te parar! Mais eu não deixarei você parar, você vai avançar...  E eu confio em ti , isso já é o suficiente. Continue brilhando pra mim  , pois vou te levar muito longe! Não tenha medo da caminhada, nem tenha medo de cair! Lembre-se : Eu sou o teu Deus , e te seguro pelas mãos. Se você cansar, não desista! Eu te carrego no colo filha, e te faço descansar. Grandes  sonhos, e grandes planos na tua vida tenho pra realizar... Com amor seu pai



Aprendi a ouvir e me comunicar com Deus através de sua palavra.. Sabe como fui eliminando os medos ?  Me fortificando através da sua palavra, o meu e o seu manual de vida. Me tornei uma garota mais forte,  quando passei a conhecer os planos e as promessas que Deus tinha pra minha vida.  Comecei aa mudar minhas palavras e meus pensamentos.. A boca fala, do que o coração ta cheio... Comecei a me encher de Deus. E quando os medos vem a tona, eu começo a usar as palavras ao meu favor, eu oro , eu repreendo e sigo! Eu já sei onde estive, agora preciso saber a onde eu vou! Portanto princesa, tome uma decisão na sua vida, assim como eu tomei!

Lembre-se você  nasceu pra vencer ! O Diabo que é um perdedor, você é uma vencedora. Lance fora seus medos, com a ajuda de Deus. Convide ele pra comandar a sua vida, fecha a porta do seu coração pro medo, não deixa essa palavra  te destruir... Como quase me destruiu! Tenha fé e esperança. Grandes coisas o Senhor tem pra realizar, portante deixe o medo de lado, segure nas mãos  de Deus e siga! Ele é contigo,então não temas.


Beijos 

Popular Posts

O blog virou livro!

O blog virou livro!
Compre o nosso livro!

Bom dia, princesa

Bom dia, princesa
Nosso novo livro está em pré-venda, acesse o site da Editora UPbooks e descubra mais sobre esse livro que será benção na sua vida.