[+QP] Um caderno misterioso e uma escritora cheia de sonhos

segunda-feira, julho 27, 2015


Há três dias uma página em branco olha intimidadora para Clarice. Seu prazo para entregar o manuscrito do seu livro para a editora finda no fim da semana e ela ainda não tem a menor ideia de como será o final da sua trilogia. Por horas ela se sente em pânico! Sem ideias brotando e sem os seus dedos ganhando vida pelas teclas do notebook a moça sente-se completamente inútil. Volta a se sentir entediada como a adolescente que passava as férias em casa enquanto todos os amigos estavam na praia...

Começa a revirar as caixas com suas coisas antigas que seus pais acabaram de mandar, mesmo com o seu novo apartamento sendo pequeno, ela achou que as coisas velhas poderiam fazê-la se sentir em casa, só não havia tido tempo ainda de abri-lás. Após encontrar fotos, livros surrados e bilhetinhos de antigas amigas, ela encontra um caderninho preto enfeitado com o desenho de uma única margarida. A sua flor preferida e a de sua avó também. Havia ganhado aquele caderno há muito tempo, mas por um motivo desconhecido nunca havia escrito nele uma palavra se quer.

Clarice caminhou até a cozinha, deixou o caderno em cima da mesa de vidro para dois e preparou uma xícara de chá de camomila. Voltando a mesa, abriu o caderno enquanto esperava o chá esfriar. Realmente não havia nada escrito. Se tivesse pelo menos um projeto de conto ali, ela poderia ter encontrado a inspiração que precisava! Com raiva, começou a rabiscar palavras sem dar muita atenção a elas, deixando que desejos secretos, coisas que somente ela conhecia, ganhassem vida na papel.

E se naquele dia na praça, eu tivesse deixado que as mãos dele entrelaçassem nas minhas? E se nós tivéssemos ido assistir aquele filme que ele queria tanto?    

Segundos depois, sua cozinha começou a sumir a sua volta. Paredes voaram, assim como xícaras, panelas e o chá que mal tinha tido tempo de bebericar. Clarice piscou os olhos tentando discernir o que acabara de conhecer. No lugar da sua cozinha estava a praça da sua cidade, as palmeiras imperiais, tão caras e que causaram tanto reboliço quando foram compradas pelo prefeito, balançavam numa brisa noturna de verão. E bem a sua frente estava ele, o cara que fez com que ela falasse “e se” tantas vezes. Seus cabelos lisos ondulados caíam na testa enquanto suas covinhas formavam um sorriso convidativo para ela.

- Você não quer ir ao cinema ou ao menos tomar um milk-shake?

Clarice tentou lembrar dos motivos que a fizeram responder negativamente no passado, todos eles se resumiam a uma única palavra: medo. Medo! Ela não o teria de novo. O medo deveria fazer parte de uma coisa nova, mas não impedir que sua vida seguisse, não quando as coisas pareciam estar acontecendo da melhor forma possível. Aquele moço havia se mostrado doce e gentil, um melhor amigo antes de qualquer outra coisa.

- Tudo bem! Mas a gente pode comprar o milk-shake e levar na bolsa para beber enquanto assiste o filme? – ela fez uma cara de anjinho.

- Você quer cometer esse delito, dona Clarice? – ele olhou para ela forçando um ar de incredulidade.

- É um desejo de vida ou morte! – Clarice levou as mãos ao coração, gargalhando logo em seguida.

- Sua bolsa é grande o suficiente para dois? – o moço sorriu para ela.

- A gente dá um jeito!


Ele levantou os ombros, despreocupado. Antes de começarem a caminhar pela praça, Clarice deixou que ele segurasse sua mão, sorriu ao perceber que a mão grande e morena dele se encaixava com perfeição na sua. Encostou a cabeça no ombro dele durante a sessão e quando ele a deixou em casa no fim daquela noite não o impediu quando ele se aproximou para roubar um beijo com gosto de milk-shake de morango. 

***

Este texto faz parte do Projeto Mais que Palavras, um grupo que se reúne no Facebook e traz propostas mensais para textos, contos, crônicas, etc., com a missão de tirar nós, (jovens que sonham em ser escritores), de sua zona de conforto e por em prática a atividade que tanto amam. Para saber mais sobre o projeto basta clicar na imagem abaixo, você será redirecionado para o grupo do projeto. 


You Might Also Like

10 Comments

  1. Que texto lindo, Thaís <3
    Adoro essa tua forma tão fofa de escrever *-*

    Beijo
    Colecionando Primaveras

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você que é uma linda, Ellem! *-*
      Obrigada pelo carinho!
      Beijão!

      Excluir
  2. Que texto mais A M O R!!! ♥.♥

    Adorei o projeto! posso brincar também?

    beijo meu,
    Mafê | www.fernandaprobst.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que pode, Mafê! Os seus textos ficarão divinos ♥
      Obrigada pelo carinho!
      Beijinhos :*

      Excluir
  3. Nem li ainda mas sei que tá lindo <3 Thais,eu to lendo Uma Aventura a Dois e queria saber se no final a Ariel vai namorar cm alguém :D
    Hoje tava.assistindo seus vídeos,até comentei lá,e queria te pedir pra vc gravar mais,tipo get ready with me,tours,livros...Te amkooooo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não posso te contar o final, princesa, se não perde a graça rsrs Espero que você goste ♥
      Sua linda, quanto carinho :D Ganhei o dia! Também amo cada uma de vocês em Cristo!
      Vou tentar gravar princesa nem que seja nas férias de final de ano rs

      Excluir
  4. Que lindo! Você tem aquela forma de escrever que mergulha a gente nas palavras e mal percebemos que (infelizmente) acabou o texto. Estou encantada pelo blog e pelas suas palavras! Um beijo <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, Rebeca *-* Obrigada pelos elogios rsrs Fico feliz!
      Que bom que está gostando! Beijos :*

      Excluir
  5. Que texto mais lindo Tatá! Muito criativo eim?! Vc sempre arrasando no modo de escrever! AMEI
    Bjs

    www.modernaamodaantiga.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério Evy? Receber um elogio seu é uma honra :D
      Muito obrigada pelo carinho e pela visita!
      Deus te abençoe *-*

      Excluir

Popular Posts


Compre o nosso livro!