Resenha - Uma longa viagem



Nesse fim de semana assisti ao filme "Uma Longa Viagem", estrelado por Colin Firth e Nicole Kidman. Além de ser encantada pelo trabalho da Nic, o filme é um romance histórico que faz grandes viagens ao passado, visitando precisamente a Segunda Guerra Mundial, um dos meus temas preferidos, então não poderia deixar esse queridinho passar! 

Sinopse: Desde a sua juventude, Eric Lomax foi obcecado por trens. Ironicamente, ele foi capturado pelos japoneses durante a Segunda Guerra Mundial e enviado à Tailândia para trabalhar no famoso trem Burma-Sião, o projeto tirânico que acabou com a vida de 250 mil homens. Neste local ele construiu um rádio para trazer notícias da guerra e secretamente desenhou um mapa dos trilhos. Por esta razão, Lomax foi brutalmente e incessantemente torturado e interrogado. Quem presenciou estas ações foi Nagase Takashi, um jovem soldado japonês que traduzia as questões do sequestrador e as respostas de Lomax. Cinquenta anos mais tarde, atormentado, Lomax busca este homem e o encontra próximo à Ponte do Rio Kwai.

Nos primeiros minutos do filme conhecemos Eric Lomax, personagem de Colin, um quarentão fissurado por trens e linhas ferroviárias que vive preso as lembranças dos momentos terríveis que viveu durante a Segunda Guerra Mundial. Ao conhecer a ex-enfermeira Patty, Eric se entrega a paixão e deixa de lado as memórias dolorosas, até que após o casamento seus pesadelos se tornam tão reais ao ponto dele não conseguir manter a relação com a mulher que tanto ama.


Patty, entretanto, conheceu o homem que há em Eric além das dores do seu passado e fará de tudo para trazê-lo de volta. A esposa conhece um amigo antigo do marido, Finlay, que esteve com ele na guerra e após muito insistir ele decide lhe contar sobre o aconteceu com Lomax quando ele e parte do exército britânico foi capturado por japoneses e levados para à Tailândia para trabalhar no trem Burma-Sião.

Enquanto homens entregavam seu sangue para construir as linhas ferroviárias, Lomax, um excelente engenheiro desenhava um mapa do percusso que o futuro trem faria e decidiu construir um rádio para ouvir as notícias sobre a guerra. Ao saber que as forças Aliadas estavam conseguindo enfim aniquilar Hitler e seus exércitos, Lomax e os companheiros aprisionados se enchem de esperança, até que Lomax é descoberto e é levado para interrogatórios. 

Lomax é brutalmente torturado, tudo porque os japoneses queriam saber os "verdadeiros motivos" da construção do rádio e do desenho dos trilhos do trem, e mesmo sendo sincero o jovem sofreu de tal forma que nem o passar dos dias foi capaz de fazer com que ele superasse aqueles momentos e vivesse de verdade.


Patty e Finlay farão com que o Lomax encare o passado e com isso grandes perguntas são levantadas: É possível seguir em frente? É possível curar uma ferida tão aberta e dolorosa? É possível perdoar?

"Uma Longa Jornada" é interessante para os apaixonados por História, é recomendado para romancistas de plantão, porque o amor de Patty pelo marido é realmente lindo e encorajador e é uma grande história que retrata o quão bela a natureza humana pode ser!

Além de todos os pontos positivos, as imagens do filme são incríveis e as locações... ♥ E o filme é baseado em fatos reais, embora a cronologia contenha alguns erros, o senhor e a senhora Lomax realmente existiram (!), o que torna o filme ainda mais emocionante!

Gostei tanto que estou pronta para assistir de novo!



2 comentários:

  1. aiii fiquei com vontade de ver :D anotar!

    www.byanak.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acho que você vai gostar, Aninha *-*
      Beijos :*

      Excluir

 
Princesas adoradoras © Todos os direitos reservados :: voltar ao topo