Sentimentalismo Exagerado

terça-feira, agosto 11, 2015





E peço isto: que o vosso amor cresça mais e mais em ciência e em todo o conhecimento,
Para que aproveis as coisas excelentes, para que sejais sinceros, e sem escândalo algum até ao dia de Cristo;


Em outras palavras, aprenda a amar apropriadamente. Muitos por aí quando ouvem a palavra amor, já pensam em algo totalmente emocional, mas não é bem assim. Você precisa usar a cabeça e testar os seus sentimentos para que o seu amor seja sincero e inteligente e não um sentimentalismo exagerado.

Certamente em algum momento você deixou que seus sentimentos te governassem, e ao invés de agir pelo que era certo você acabou extrapolando nas emoções. Eu mesmo já cometi esse erro. Enquanto estava namorando, fiz várias decisões baseadas na superficialidade e ignorância. Eu podia dizer para uma garota “eu te amo” com muita facilidade, fingindo uma afeição abnegada, mas na verdade, o egoísmo e a falta de sinceridade eram as minhas motivações. Eu estava primordialmente interessado naquilo que poderia ganhar, como a popularidade que uma namorada poderia me dar ou o conforto e prazer que eu teria fisicamente ou emocionalmente em um relacionamento, meu amor era estúpido. Normalmente pessoas assim procuram o que de fato faz bem e não o que agrada a Deus e o que é bom para o parceiro. O nome disso hoje em dia é Hedonismo, a busca do prazer pelo prazer apenas, e isso é bem corriqueiro nas relações hoje em dia.

Quando um relacionamento é guiado pelos sentimentos temos situações de ciúmes exagerado, normalmente o casal se afasta dos amigos, há uma tendencia a pessoa achar que é dona(o) da outra, a pessoa até acha que está servindo a Deus, mas o seu coração está totalmente envolvido no parceiro. Uma forma de medir o sentimentalismo exagerado é com uma pergunta. Onde os seus pensamentos estão durante todo o dia? Já vivi uma experiencia de estar apaixonado a tal ponto que mesmo cantando na igreja, orando, ou fazendo qualquer atividade, o meu pensamento estava na pessoa. Lembre-se que ninguém pode servir a dois senhores. Tem gente que perde a benção de Deus porque o namorado(a) virou um ídolo. 

Para verdadeiramente amar alguém com o amor apropriado, nós precisamos usar a nossa mente assim como o coração. Como Paulo o descreve, o amor é abundante em conhecimento e discernimento. “Conhecer” algo é compreender ou conseguir entender com nitidez e certeza. “Discernimento” é um entendimento da verdadeira natureza de algo, a habilidade de enxergar a motivação por trás dos pensamentos e ações.

Com esta definição em mente, deixe-me fazer-lhe algumas perguntas. Será que o amor é a motivação de um rapaz quando dorme com uma garota quando ele sabe que isso irá marcá-la emocionalmente e estragar o relacionamento dela com Deus? Será que é a sinceridade que leva uma garota a estar com um rapaz e depois termina com ele quando acha alguém melhor? Não! Ambos os casos demonstram motivações egoístas. Essa questão das emoções é bem perigosa, é necessário ter sabedoria para não machucar as pessoas que estão conosco.

Eu compreendi que eu não tenho o direito de pedir o coração e a afeição de uma garota se eu não estiver pronto para um compromisso por toda a vida. Até que possa fazê-lo, eu apenas estaria usando aquela mulher para atender às minhas necessidades imediatas e não procurando abençoá-la a longo prazo. Será que eu gostaria de ter uma namorada neste momento? É óbvio! Mas com o que tenho aprendido ao buscar a vontade de Deus para a minha vida, eu sei que um namoro agora não seria o melhor para mim nem para a garota com quem eu iria namorar. Desta forma, ao evitar um romance antes que Deus me diga que estou pronto para tal, eu posso ser mais útil para as garotas como um amigo, e permaneço livre para manter o foco no Senhor. 

Esperar até que esteja pronto para um compromisso antes de correr atrás de romance é apenas um exemplo do amor inteligente em ação. "Coloque Deus no inicio, e ele cuidará do caminho e do fim..." Quando o nosso amor cresce em conhecimento podemos com maior facilidade discernir o que é o melhor para a nossa vida. Todos nós precisamos desesperadamente deste discernimento, não é mesmo? 


Deus te abençoe, 
um grande abraço...
Andy.






You Might Also Like

2 Comments

  1. Oii Andy.. Olha eu aqui de novo, adoro essa coluna! Vc voltou com a corda toda msm ne?! rsrs Bom, certa vez estava conversando com um colega de classe e ele me disse algo que me tocou .. Ele disse que tinha namorada, mas não a amava! Estava com ela apenas por prazer e divertimento! Aquilo me deixou tão triste, como pode Namorar com alguem e não amar essa pessoa ? Vemos até que ponto as pessoas chegaram! Não existe mais Amor, as pessoas estão substituindo por um sentimento chamado prazer, por um desejo momentâneo, por uma louca paixão.
    Devemos conhecer o verdadeiro significado do Amor e nada melhor do que aprender com o autor ~ Não quero ser guiada apenas por sentimentos, quero guardar meu coração em Deus e ser guiada pelos Maravilhosos planos que ele tem para mim!

    Que Papai do Céu te abençoe grandemente~ bjos
    -Cassia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Cássia!
      Fico feliz que você gosta da coluna, procuro colocar o melhor aqui pra abençoar pessoas e receber esse feedback seu, realmente me deixa estasiado.

      Bom, isso é tão comum hoje. Antigamente, os casamentos eram arranjados, hoje em dia, isso só mudou de nome. As pessoas se relacionam por interesse e se esqueceram do real sentido do amor. Mas eu creio! Deus tem levantado uma geração pra fazer diferente, e sei que você faz parte disso.

      Postei um texto que reflete uma história que você vai gostar, dê uma passadinha lá se der.

      http://andyverissimo.blogspot.com.br/2015/08/pensei-que-o-seu-coracao-fosse-meu.html



      Que Deus continue te iluminando,
      grande abraço,

      Andy

      Excluir

Popular Posts


Compre o nosso livro!