Resenha - Herdeiros do Trono, vol. I

sábado, setembro 05, 2015



Aproveitei as férias para ler um romance/fantasia que estava na minha listinha há algum tempo, desde que o vi em uma resenha no blog da Ellem. Aproveitando o tempo livre e a promoção que a autora Elysanna Louzada fez no Amazon adquiri os primeiros dois volumes da obra e não posso deixar de falar dele por aqui, porque além das cenas de aventura e romance, o livro ainda traz personagens cheios de fé no Criador.

"A fé é o que impele homens e anões a feitos grandiosos por acreditarem que a porção do Pai Criador em cada um é capaz de levá-los a mover até mesmo, as montanhas. Contudo, o amor é o mais importante. É no amor que consiste o segredo da vida. Porque Aquele que nos forjou a partir do barro, é a expressão mais intensa e pura do amor."

Em Herdeiros do Trono vol. I conhecemos o Reino Unido de Petra, composto por 12 reinos, obra das mãos do Criador, que o fez para ser um lugar justo, cheio de amor e paz, liderado por um casal de reis. Mas com o tempo, a liderança desse reino se afastou das leis do Criador e Petra começou a ser marcada por dor, violência, preconceito e desigualdade  e liderada por um rei fajuto e por sua mãe, uma mulher sedenta por poder e forças da treva. Na parte pobre deste reino conhecemos Pedro e Eloise Pontes e seus melhores amigos Tommy e Isabel Fernandez. Diferente da maioria dos jovens, Pedro, Eloise e Isabel se preocupam de verdade com o reino, são militantes e desejam dar o seu melhor para mudar o lugar que vivem. 




O único meio encontrado pelos três é se dedicar e serem aprovados no Torneio de Bravura que os garantirá uma vaga como membros da Academia de Cavaleiros. Enquanto isso, Tommy só quer continuar lutando e sonha em ter uma oportunidade para se declarar para a melhor amiga, Eloise. Contudo, após uma briga de rua, Tommy e Pedro vão presos, e temendo que o irmão seja fixado pela polícia e assim perca sua chance de adentrar a Academia, Eloise procura em casa os documentos necessários que ajudarão o irmão a sair da cadeia, o que ela não esperava encontrar era uma caixinha contendo um segredo do passado da sua mãe que mudará a sua vida e a do irmão para sempre.

"A Academia de Cavaleiros, como todos sabem - Ayla Benson encarou os candidatos com um olhar austero. -, é uma instituição interestadual composta por homens e mulheres dos doze Estados do Reino Unido de Petra e foi fundada com o objetivo de promover a paz, a igualdade e a justiça entre os povos. Por isso, desejamos receber jovens que, além da bravura, tenham respeito pela vida e fé no Deus Criador."

"Ela queria ser amazona, ele desprezava a cavalaria. Eloise se preocupava com política e questões raciais, ele nem sequer lia o jornal. Ela era culta, ele um tosco que fora reprovado por dois anos consecutivos na escola. Ela era sensível, ele um bruto. Ela  praticava esgrima, ele pugilismo. Ela seguiria para Academia militar e ele para o Triângulo de Zarthan."


Enquanto as meninas tentam libertos os garotos da prisão descobrem que Laura, a mãe dos Pontes e Beatriz e Diogo, pais dos Fernandez, sumiram. Sozinhos, os quatros jovens deixam sua cidade em busca das respostas para as perguntas que não param de borbulhar em suas mentes.





Uma jornada de aventuras começa, onde descobrirão mais e mais segredos, habilidades e terão o coração voltado cada vez mais para a justiça. Herdeiros do Trono não é apenas uma ficção para entretenimento, Elysanna trabalhou grandes valores humanos e suas cenas são cheias de lições de vida. Nós, adolescentes e jovens, costumámos desenhar o que queremos que nossa vida seja em uma folha de ofício com giz de cera, mas e se o presente nos surpreender e mudar tudo? Será que estamos prontos para lidar com reviravoltas que mudarão nosso futuro planejado? Herdeiros do Trono te ensinará um pouquinho sobre isso! 

"- Você acha que é de lá, das estrelas, que o Criador olha por nós...? 
- Também... Eu acredito que Ele esteja em todos os lugares, mas gosto de pensar que Uryel seja o símbolo do toque de Deus na Criação."

Elysanna construiu uma boa história, as cenas de ação e luta me surpreenderam de verdade (gostaria de perguntar para a autora de onde ela tirou tanto conhecimento! rs) e a descrição dos lugares visitados pelos quatro amigos também dão um toque especial a história assim como a construção de cada personagem! E se não bastasse, ao final do primeiro volume a autora criou uma teia de novas aventuras que farão com que você queria ler o segundo volume ainda mais rápido (definitivamente foi o que aconteceu comigo, já estou quase na metade dele e olha que comecei ontem!).

"Geralmente os sonhos têm uma característica peculiar, às vezes até cruel. Quanto mais perto de se tornarem reais, maiores as emoções conflitantes que evocam. Naquele instante Isabel sentia-se confusa com tantos anseios contraditórios."

  
Ano: 2013 
Páginas: 352
Idioma: Português 
Editora: Independente
Autora: Elysanna Louzada
   

You Might Also Like

0 Comments

Popular Posts


Compre o nosso livro!