3 dicas para derrotar as preocupações

quinta-feira, outubro 29, 2015



Você se lembra de um comercial da Danone em que uma moça é constantemente perturbada pelo "Chatonildo"? Ele é um monstrinho que está sempre a lembrando que ele tem fome, que está na hora de comer algo de novo. As preocupações para mim se parecem muito com o chatonildo! Parece que tem um monstrinho que fita meus olhos e diz: "Ei, Thaís! Lembra das três provas que você tem na semana que vem? E você também tem que se virar pra pagar aquela conta, tem um trabalho daquele professor insuportável para apresentar, tem que resolver um negócio que a sua mãe pediu..." e pronto, o monstrinho consegue acabar com o dia de qualquer um! Pois é, só que os dias desse monstrinho estão contados! Descobri três segredinhos que podem mandar suas preocupações embora já, já!   

Aprendi com Max Lucado (já deu pra ver que amo, né? :D) três eliminadores de preocupação, e que funcionam de verdade viu?!

1. Ore mais

Quando estamos preocupados não temos muita cabeça para orar, porque não paramos de pensar em como resolver aquele problema, ou dedicamos todo nosso tempo tentando resolvê-lo. Tenho uma mania estranha que talvez você também tenha, fico imaginando mil cenas em que o meu problema está resolvido, depois mais mil em que não consigo solucionar nada (choro livre)! A verdade é que enquanto você se preocupa orar se torna algo quase impossível, porque você não consegue, simplesmente, parar de pensar por um instante e orar. Segundo Lucado, orar e se preocupar não são duas coisas que combinam, ou você se preocupa ou ora. Então escolha orar mais! Por mais preocupada que você esteja, feche os olhos e clame pelo Senhor, mesmo que seja para orar sobre o problema, você pode contar com Deus, Ele é o nosso melhor amigo, lembra?

Outra coisa, Jesus foi tão carne quanto você! Nós quase sempre nos esquecemos que Ele viveu nesta terra, que Ele conhece os sentimentos que passam em nosso coração. Ele sabe o que é ser tentado, como é se sentir desanimado, como nossa mente é confusa e nos faz desejar mil coisas ao mesmo tempo. Jesus foi menino, rapaz e homem. Talvez tenha tido sonhos, provavelmente teve desejos, teve vontades. Cresceu em um lar humilde, talvez em alguns dias desejou coisas que seus pais terrenos não podiam lhe dar, viu o sofrimento das pessoas a sua volta, soube por experiência própria como era viver nesse mundo. Você acha que quando você O chama em sua oração e conta para Ele tudo o que está acontecendo na sua vida, Ele não entende? Ele entende melhor do que ninguém e Ele é tocado pelo o que vivemos. Lembre que Ele venceu e ao lado dEle, você também vencerá!  

"Tu, Senhor, guardarás em perfeita paz aquele cujo propósito está firme, porque em ti confia." (Is 26:3)

2. Queira menos 

"Deixa eu vê... Quero um tablet, preciso de um celular novo e de novos sapatos! Meu atual emprego não paga todas essas despesas... Preciso de um emprego novo! É isso! Deus, me dá um emprego novo!"
Então, nem sempre nossas preocupações são movidas por coisas que realmente precisamos, muitas vezes ficamos ansiosas por aquilo que queremos, e que nem sempre são essenciais. Analise bem as suas atuais preocupações, o que realmente é importante ai? Será que você não está perdendo noites de sono, só por que quer fazer mais dívidas do que você tem condições de pagar? Coloque Deus em primeiro lugar e as demais coisas serão acrescentadas. "Se Deus for suficiente para você, então você sempre terá o suficiente, porque você sempre terá Deus." (Max Lucado)

"Alegrem-se sempre no Senhor. Novamente direi: Alegrem-se!" (Fp; 4:4) 

3. Viva o hoje

Nós perdemos muito tempo de nossa vida nos sacrificando no altar da ansiedade. Nos preocupamos demais com o amanha. Lembro do meu último ano na escola, há pouco menos de dois meses do ano letivo acabar, eu estava escrita para fazer um vestibular em uma faculdade particular do meu estado. Só que a faculdade ficava há mais de duas horas da minha casa, e eu teria que convencer o meu pai a me levar até lá ou me dar o dinheiro para a passagem. Só que eu não conhecia a cidade onde seria a prova, então zero chances de ir sozinha! E justamente no fim de semana da minha prova, meu pai teve que fazer uma cirurgia, assim nem ele nem a minha mãe puderam me levar pra fazer o vestibular. 

No domingo em que seria a prova, fui dormir chorando. Meu pai não precisava saber que eu estava triste, afinal ele não tinha culpa de nada, então chorei baixinho, mas minha mãe ouviu. Ela ficou conversando comigo por um bom tempo. Ali no meu quarto escuro minha mãe me acalmou, disse que tudo ficaria bem, que nós daríamos outro jeito, haviam outros vestibulares para serem feitos e ela acreditava que eu passaria em qualquer um (coisa de mãe, não sei porque elas sempre acreditam tanto na gente). Embora eu tenha compreendido, ainda levei um tempo para entender que não tinha que surtar tanto com o meu futuro, Deus estaria no controle. Desde bem pequenininha minha mãe tinha me ensinado a orar da seguinte forma: "Que não seja feita a minha vontade, mas sim a Tua, Senhor." E não é que no tempo certo Ele fez o que Ele sabia que era melhor pra mim? 

Lá em Mateus 6, no versículo 34, Jesus diz: "Portanto, não se preocupem com o amanhã, pois o amanhã trará as suas próprias preocupações. Basta a cada dia o seu próprio mal." Temos que parar de ficar com os olhos presos no futuro, e olhar para agora, para hoje, claro que não é pra você surtar com o presente (rs), mas estar aqui te ajudará a encontrar as respostas para os seus atuais problemas. E tenha a certeza de que você não está sozinha para resolvê-los. Nesse mesmo capítulo de Mateus, Jesus nos lembra que Deus veste as flores do campo e dá de comer aos pássaros, o mesmo Deus que provê para a natureza, é quem provê para a sua vida, você é a mais importante das obras que Ele criou. 

Não se esqueça disso: "Você não tem sabedoria para os problemas de amanhã. Mas terá amanha. Você não tem recursos para as necessidades de amanhã. Mas terá amanhã. Você não tem coragem suficiente para os desafios de amanhã. Mas você terá quando o amanhã chegar." (Max Lucado)

"Quando você se preocupa, está dizendo: 'Eu não confio em ti, Deus.' Então, ore em vez de se preocupar." 
Thelma Wells.

You Might Also Like

3 Comments

  1. E como sempre seus posts conversam muito com o que estou vivendo. Eu sou uma pessoa muito ansiosa, essa semana foi extremamente difícil porque nem consegui dormir direito... era deitar na cama que eu pensava: Como será o seminário da semana que vem? O que eu vou falar? E a festa de aniversário do dia 14? E o trabalho do início de Dezembro? E o semestre que vem? Já devo ter planejado 10 anos da minha vida em uma semana e isso é desgastante. Mateus 6:34 é algo que vou escrever e colocar no espelho, na porta do quarto, no teto... Quero muito deixar de pensar no amanhã enquanto o hoje está aqui. E olha que coincidência... enquanto a página carregava pra comentar nesse post, estava lendo uma história onde a música do capítulo é Meu Amanhã do Eli Soares e diz: Eu vou descansar / Pois já entreguei meu amanhã nas mãos de Deus / A última palavra vem de Deus / A última resposta vem de Deus!
    Super relacionado com esse momento!
    Obrigada por esse post maravilhoso, Thaís! Deus te abençoe!

    ResponderExcluir
  2. Olá! Obrigada por esse post maravilhoso, estava precisando mesmo ler, sou muito ansiosa e me preocupo demais com tudo, faço tempestade em copo d'agua sabe?!
    Descobri seu blog por acaso e estou amando, estava sedenta de blogs cristãos! Continue assim!
    Beijos!
    http://cheiade-alegria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Putzz ! Essa foi bem forte viu... E importante também, eu me preocupo muito, as vezes por ansiedade de que chegue logo ou porque me sinto incapaz de conseguir tal coisa... E isso é péssimo, mas vou fazer dessa forma e sei que Deus irá me ajudar. Com essa frase de encerramento sua me veio à mente : Como Deus deve ficar triste né ? Com essa declaração inconsciente... Toda vez que me preocupar pensarei nisto agora kkkkk....
    Bjoooos Thaís ♥

    ResponderExcluir

Popular Posts


Compre o nosso livro!