Carta a uma moça que perdeu a esperança

sábado, março 05, 2016


Carta a uma moça que perdeu a esperança

Querida moça,

Tenho visto o seu cansaço. Seus olhos não brilham mais como antes nem sorrisos são formados em seus lábios com tanta frequência. Você trocou as blusas floridas e coloridas, por camisas cinzas, e tem passado a maior parte do dia em sapatos de salto desconfortáveis, enquanto tudo o que deseja é estar descalço, correndo por uma grama macia ou pela areia da praia. A vida adulta chegou muito cedo pra você, eu sei. Você teve que cuidar de uma casa, manter a vida escolar, arrumar um emprego. Sofreu com amores que não deram certo e foi decepcionada por aqueles que mais deveriam zelar pela a sua vida. Você encarou a morte, perdeu pessoas que amava.

Enquanto assistia seus antigos colegas de escola indo para faculdades e cursos técnicos, postando fotos em meio a tintas e cortes de cabelo – os velhos trotes das faculdades – você teve que espalhar currículos pela cidade à procura de emprego. Lá estava você, sem mudar status no Facebook, sem fotos de novas amizades ou aventuras. Você continuava a mesma e no mesmo lugar. Os velhos conselhos e elogios dos professores foram guardados em um baú aos pés da cama. Não era bom ficar lembrando do quanto você era boa com números, do quanto era estrategista e boa em trabalhar em equipe. Para quê lembrar de tudo aquilo se você não poderia usar essas qualidades tão cedo?

Você tem ouvido tantos nãos e tem se decepcionado tanto que desistiu da velha esperança. Também vi o dia que você tomou esta decisão. Por que criar expectativas? Para se decepcionar mais? Para chorar de novo? Se olhando no espelho você jurou que não teria mais esperanças no futuro, que iria ser mais realista e que iria esperar menos das pessoas. Você não queria ser machucada de novo, seja por um cara, por chefes no trabalho, por amigos, pelo mundo.

O que esqueceram de te contar é que esta decisão te levará num futuro próximo ou distante a se ver decepcionada consigo mesma, e talvez seja tarde demais quando chegar lá. Por quê? Porque ao tomar a decisão de abrir mão da sua esperança para não ser machucada de novo, você escolheu viver com uma mente negativa, uma mente que pensa pequeno, que não espera por grandes ou pequenas coisas maravilhosas, e que te leva a tomar atitudes negativas. Aquilo que você pensa influencia suas ações e te faz quem você é.

A menina do sorriso fácil e do coração esperançoso deu lugar a uma mulher séria, mal humorada e desesperançada. Ao acreditar ferrenhamente que coisas boas jamais vão acontecer com você, seu hobby se tornou se contentar com o pouco e com aquilo que não te faz plenamente feliz, mas sim superficialmente e periodicamente. Há mais momentos de angustia do que de alegria, não é verdade? Sei que a sua filosofia de vida tem sido esta: “Se você não esperar que nada de bom aconteça, então você não ficará desapontado quando não acontecer.”

Escrevo esta carta para te apresentar a um amigo que é especialista em casos como o seu. Gosto de falar deste amigo, porque ele é desses que não vão embora, sabe? Ele leva essa parada de fidelidade muito a sério, e mesmo que você seja infiel com Ele, Ele não desiste logo de cara, na verdade Ele não desiste, nós só perdemos sua amizade se nós mesmas desistirmos dele... Mas enfim, este meu amigo não é desses que falha e mente, ele lida com a verdade todos os dias e tudo o que ele promete a nós costuma cumprir. Esse meu amigo é Deus moça, e ele deseja muito te mostrar uma nova forma de viver, uma vida que não seja baseada no pessimismo nem no medo.

Sei que é difícil sair deste casulo que você construiu durante tanto tempo e com tanto esforço para si. Você se sente protegida aí dentro, distante das inúmeras coisas que podem te decepcionar e machucar, mas mesmo assim te convido para que saía, na verdade deixo o convite para o meu amigo Deus, sei que Ele quer que você saía, mas Ele espera pacientemente pela sua própria decisão de sair daí...

E assim como seu filho Jesus ensinou a um centurião que assim como cremos as coisas acontecerão, Deus te ensinará que pelo tamanho da sua fé as coisas serão feitas na sua vida. Isso não quer dizer que tudo que você quer acontecerá, que você poderá manipular Deus a seu favor, mas sim que pela fé você poderá vencer muralhas e esta mesma fé te inspirará a não ansiar pelos seus próprios sonhos e desejos, mas pela vontade de Deus, que é maior e mais agradável do que a sua.

Para viver pela fé você precisará deixar o negativismo. Sim, você tem que sair deste casulo, moça. Vai doer, não vou mentir. Você terá vontade de voltar atrás, de se prender nas teias do seu mundo sem esperança e expectativa, mas é justamente na saída apertada do seu casulo que você terá o corpo forjado, o corpo preparado para aguentar qualquer tranco, porque não vou te enganar viver pela fé, crendo naquilo que seus olhos não podem ver e esperando por coisas que muitas vezes são invisíveis, você será tentada a perder as esperanças de novo, terá momentos de choro e de angústia, mas desta vez não estará só, aquele nosso amigo estará ao seu lado em todo processo e você poderá lançar sobre ele toda a sua dor e em troca ele derramará sobre ti mais uma onda de esperança, porque a nossa esperança vem diretamente do céu.

Minha querida menina, escrevo hoje para te dizer que Deus tem um plano para a sua vida, Ele deseja te transformar em uma linda borboleta e tem todos os seus voos traçados no mapa da vida. Para vivê-los você terá que ter coragem para sair do casulo, para deixar os velhos hábitos para trás. Comece deixando o pessimismo, você fica muito mais linda quando está sorrindo, quando a esperança te invade. Mesmo que você não tenha a mínima ideia do que acontecerá amanha ou não possa imaginar em quem Deus quer te transformar e no que quer te usar, desconhecendo qual a vontade dEle para a sua vida, confie, seja positiva, dê uma chance para Aquele que vive nos dando segundas chances. Deus trará aquilo que você precisa, e muito além disso, basta você aprender a ter um equilíbrio entre o negativismo e o positivismo.

Sei que é muito ismo para uma carta só (risos), mas você Deus te mostrará como sair do casulo e te preparará para os voos adiante. Só confie nEle, moça.


You Might Also Like

0 Comments

Popular Posts


Compre o nosso livro!