[Dica de Princesa] O que você tem refletido?

domingo, abril 17, 2016



A partir do momento que uma pessoa descobre que sou cristã, deixo de ser uma pessoa qualquer e me torno um espelho que deve estar refletindo  Cristo e a Sua Palavra a todo momento. Não que eu não devesse fazer isso antes, mas é que as pessoas começam a nos olhar diferente, algumas avaliam nosso comportamento motivados pela curiosidade, outras para nos julgar mesmo. 

Isso me faz lembrar do meu primeiro dia de aula n faculdade. Nós estávamos em um círculo, tanto os calouros quanto os veteranos, fazendo uma dinâmica de apresentação. Quando chegou a minha vez de falar nem precisei de dizer que era cristã, uma veterana que já havia me conhecido e visitado o blog, anunciou que eu era evangélica e  falou do meu trabalho virtual. Desde o primeiro dia meus colegas de classe respeitaram minha posição de fé assim como a de outros alunos, mas também fiquei ciente de que deveria ser um testemunho cristão dentro daquele espaço acadêmico: as pessoas veriam Cristo em mim?

Espaços acadêmicos e escolares são verdadeiros testes de fé, principalmente quando ainda não desenvolvemos um relacionamento íntimo com Deus e não temos convicções de fé fundamentadas na Palavra. Tudo o que nos é oferecido parece natural, "é da idade", "todo mundo faz".

Qual é o problema de ir naquela festinha? De experimentar um copo de bebida alcoólica e tragar o primeiro cigarro? Aliada as novas ideologias e liberdades que a faculdade traz a fé começa  ficar de lado "fácim, fácim!". Mas e o nosso testemunho, onde fica? Quando você está lá beijando aquele garoto da escola no escurinho, e toda  sua turma sabe no dia seguinte, você tenta disfarçar postando um versículo no Facebook durante os domingos. Que tipo de cristãos temos sido?

Estava lendo Mateus 23 pela manhã e fui impactada pelas palavras do Mestre Jesus. Durante este capítulo, Jesus chama a atenção dos mestres da lei e dos fariseus de seu tempo, dizendo que embora fossem conhecedores da Palavra e dedicassem suas vidas a exortar e ensinar sobre o Senhor, eles eram homens em quem só poderíamos imitar as palavras e não suas ações, do tipo: "faça o que eu falo, não o que faço". Eles amavam a fama, as honras e a posição "superior" que tinham através dos cargos religiosos, não eram movidos pelo amor ou pela fé. Talvez você esteja se perguntando o que esse sermão de Jesus tem a ver com tudo isso...

Bem, foi exatamente uma fala de Jesus que me inspirou a escrever este post:

"Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas! Vocês fecham o Reino dos céus diante dos homens! Vocês mesmos não entram, nem deixam entrar aqueles que gostariam de fazê-lo." (Mateus 23:13)

As atitudes dos fariseus e dos mestres não condiziam com o que eles pregavam. É a mesma coisa que eu vir aqui e falar para vocês esperarem em Deus pelo príncipe, apontar bases bíblicas pra isso, pregar sobre o assunto, escrever livros sobre, e ao deixar o computador ir ficar com um garoto em algum canto escuro da minha rua. Em algum momento, mesmo pregando maravilhosamente bem, sendo conhecido por todos como a "princesa de Jesus", minha conduta desprezível não apenas me impedirá de ir para  o céu, mas fechará os portões celestiais para outras pessoas também!

A menina que me vê ensinando a esperar em Deus e que também me viu ficando com qualquer um, vai perder o interesse no Senhor e deixará de ouvir  Sua Palavra, seja através de mim ou de outros, ao cogitar a ideia de ir a uma igreja sempre se lembrará daquela crente que estava em cima do muro, "um pé na igreja e outro no mundo". "Afinal, que Deus é esse que não traz mudança?", ela pode se perguntar. Um rapaz na faculdade que está começando a ter o coração quebrantado jamais vai conseguir apoio naquele que se diz cristãos, mas que anda enrolando uns cigarros de maconh.a

Como espelhos o nosso comportamento influência diretamente na visão de Deus que as pessoas a nossa volta estão desenvolvendo. Nós podemos ajudar pessoas a se achegarem ou a se afastarem completamente de Deus. Você pode estar quebrando um plano traçado por Deus: Ele pode ter aberto aquela vaga na faculdade ou na escola com o propósito de alcançar um filho perdido. Além de estar se afastando do Pai e do chamado que Ele tem para você, está sendo um ajudante do lado negro da força, ao manter prisioneira a ovelha perdida. 

Revise seu comportamento, será que você tem sido um imitador de Cristo? Peça ajuda ao Espírito Santo para avaliar seus hábitos, há sempre um pecado de estimação precisando ser abandonado! Que o amor de Deus nos envolva e nos inspire a uma nova vida! Onde há conselhos para esta vida? Na Palavra Sagrada. 
 

You Might Also Like

1 Comments

  1. Que post lindo!

    Realmente, de nada valem nossas palavras sem boas atitudes!

    Devemos testemunhar com a nossa vida e dar um bom exemplo!

    beijoo

    www.umaloucaporjesuscristo.com

    ResponderExcluir

Popular Posts


Compre o nosso livro!