Você não está sozinha

segunda-feira, abril 15, 2019





“Por certo ele ama seu povo; todos os seus santos estão em suas mãos.” — Deuteronômio 33:3

Outro dia, li um texto em que a autora, Francine Veríssimo, comparava a ansiedade como andar em uma densa e escura floresta. Durante esta caminhada, o peregrino corria o risco iminente de encontrar o animal que mais teme saindo do meio das árvores e podendo-o atacar a qualquer instante.

Imagine esta cena por um momento. Você sozinha, caminhando, talvez perdida, em meio a uma floresta densa e silenciosa. A cada passo que você dá, tem cada vez mais consciência de que pode ser atacada pelo animal que mais teme. Será uma cobra? Uma aranha? Uma barata? Não importa qual seja o animal. Mesmo que ele não saía entre as árvores e te ataque, você teme mesmo assim, e deixa-se ser paralisada por este medo, não conseguindo pensar em nada positivo, desacreditando que sairá dessa floresta com vida.

A vida, assim como essa caminhada na floresta, pode ser muito assustadora, não é mesmo? Por vezes, nós travamos batalhas em que somos tomadas pelo medo e pela ansiedade. Ao invés de temermos um grande animal, o nosso maior inimigo na floresta é o imenso “E se...”. E se não der certo? E se eu perder o meu emprego? E se eu não conseguir passar no vestibular? E se o meu casamento não der certo? E se eu nunca casar? São tantos “e ses”. Nossa ansiedade e medo, nos faz olhar para tudo que pode dar errado e focar só nas partes negativas.

Quando nos deixamos levar por nossos medos e ansiedades, nós esquecemos da parte mais importante da nossa peregrinação por essa floresta: nós não estamos sozinhas. Nós temos o melhor companheiro ao nosso lado: o Leão da Tribo de Judá.

Lembro de uma cena do livro “O Príncipe Caspian” de C. S. Lewis, em que apenas a pequena Lúcia, entre os quatro irmãos, conseguia ver Aslam. Os irmãos estavam tão desacreditados, que não conseguiam mais ver o Leão, nem acreditavam em Lúcia quando ela dizia que podia vê-lo com eles. Então, Lúcia finalmente toma coragem e caminha sozinha em meio a floresta, à procura de Aslam. Quando o vê, Lúcia corre até o grande Leão, envolve-o em seus braços, enterrando-se no pelo sedoso de sua juba. Ah queridas, nós também temos um Leão que nos acompanha em meio aos nossas florestas escuras e sombrias, e nenhum dos nossos medos — seja uma cobra, um urso ou uma barata — é capaz de vencê-Lo.

Não apenas pense na imagem deste Leão caminhando com você. Creia nisso, porque é uma verdade, é uma promessa! Lembre-se das palavras do salmista e as brade em seu coração: Ainda que eu ande pelo vale da sombra da morte, não temerei mal algum, porque Tú estás comigo! (Salmos 23:4).

Não vale a pena perder o nosso precioso tempo mergulhadas na ansiedade e no medo. Nós precisamos nos lembrar de quem caminha ao nosso redor e permanecer olhando para Ele, mesmo quando a caminhada estiver dura e difícil. Precisamos encontrar nossa paz no Leão da Tribo de Judá!

Deixo com vocês essas sábias palavras de Elisabeth Elliot:

“Inquietação e impaciência nada mudam a não ser nossa paz e alegria. [A] Paz não é encontrada em coisas externas, mas no coração preparado para esperar confiante e quietamente nEle que tem todas as coisas seguras em Suas mãos.” (Passion and Purity)

You Might Also Like

0 Comments

Popular Posts

O blog virou livro!

O blog virou livro!
Compre o nosso livro!

Bom dia, princesa

Bom dia, princesa
Nosso novo livro está em pré-venda, acesse o site da Editora UPbooks e descubra mais sobre esse livro que será benção na sua vida.