Sobre

Já que você chegou até aqui, que tal pegar uma xícara de chá ou de café? Prometo não ser muito longa, mas é que adoro me sentar para conversar com um xícara bem quentinha entre as mãos. Foi minha mãe que me ensinou a ser assim, a gostar de ouvir histórias dos outros, não para fofocar ou interferir, mas para aprender e quem sabe até ajudar?

Talvez seja clichê, né? Mas quanta gente você já viu descobrir o seu talento ou dom durante um momento difícil? Talvez após a perda de um grande amor, de uma pessoa muito importante como pai ou mãe, ou após viver alguns desastres financeiros… Sei lá. Para não deixar de ser clichê descobri que podia escrever após ter que abrir mão de uma grande amizade. Aconteceu aquela coisa toda, eu fiquei triste e sozinha, chorava porque sentia falta da minha melhor amiga, mas sabia que tinha feito à escolha certa, porque no dia que abri mão daquela amizade acenei pra mim de volta e o meu eu me deu uma 2ª chance para ser a velha Thaís de sempre.

Os que eram restritos as míseras aulas de redação começaram a ganhar vida nos meus diários, em folhas de fichário durante a aula de matemática e depois chegaram a internet! Para a minha surpresa.

No dia 19 de abril de 2012, criei o Princesas Adoradoras no facebook, se olhar para aquele dia, não sei te explicar por que fiz isso. Naquela semana estava muito triste por estar distante da minha melhor amiga e tinha acabado de perder meu celular. Qualquer adolescente surtaria, né? Mas eu não surtei, apenas criei uma página no facebook e mal sabia que minha vida estava prestes a mudar.

O Princesas não foi atoa, a partir daquele dia Deus me ensinou que sou uma princesa sim, e o que defini isso não são as minhas roupas, sapatos ou posição social, fui dada por princesa porque Deus escolheu me amar e eu aceitei ser amada! Adoradoras porque não há nada melhor do que adorar ao Rei, desde de 2012 descobri meu jeitinho preferido de adorá-lo: através das palavras.

Em 2013, dia 13 de fevereiro, o blog ganhou vida, primeiro porque o negócio de escrever estava ficando sério, as palavras começaram a ficar vivas dentro de mim e tinha que arrumar formas maiores de as liberarem. Foi quando comecei a escrever contos e de repente o blog ganhou vida, vieram estudos bíblicos, dicas literárias, musicais, devocionais…

O blog tem quase 2 anos e já não vivo mais sem ele. Na verdade não consigo viver sem esse Deus maravilhoso que me faz enxergar a vida de um jeito tão bonito!

Sim, sou a garota estranha que para tudo para admirar a lua. Componho texto olhando para uma velha árvore. Minhas orações são mais conversas entre melhores amigos. Sou teimosa e acredito nos meus sonhos com todas as minhas forças, e sim Deus abre as portas pra mim! Tenho 18, sou estudante de História da UFRRJ, quero ser Jornalista, mas abro mão de qualquer profissão, status e dinheiro para seguir o chamado que deus tem pra mim.

Sou uma garota clichê, gosto de livros – de romance, ficção, suspense e religiosos -, gosto de acompanhar séries (e estou aprendendo a controlar para deixar virar vício rs), ouço música em dias de chuva (são os meus dias preferidos!), prefiro tênis à salto, brigadeiro à magreza e ainda corro pro colo da minha mãe quando necessário. Sou outra sonhadora, como você! Ah, aprendi a ver em Deus um Pai e um Melhor Amigo, não se estresse se eu falar dEle muito por aqui, tudo na minha vida é por e para Ele, Ele ser o centro é natural!

Estou à disposição para qualquer coisa!

E-mail: thaiisoliveira_@outlook.com    

Meu nome é Edilene, tenho 23 anos, sou de Recife/Pernambuco. Sou jovem adulta, mas dentro de mim existe uma garota com grandes projetos e sonhos, uma garota que posso admitir, o quanto ela é forte! Tenho uma fé dentro de mim, que cresce dia após dia. Amo escrever, costumo dizer que as palavras sã uma ótima companhia para mim. Me sinto completa ao escrever cada texto e grata só a Deus, pelas oportunidades que tem me dado. Nada vem de mim, tudo vem dele. Esse espaço pra mim é novo, mas já me sinto de casa, afinal faço parte da família Princesas Adoradoras.

Cristão, publicitário de profissão, teólogo e poeta nas horas vagas. Músico e ministro de louvor, amante de sorrisos, do amor, dos livros e de bacon, é claro. Desde pequeno, sempre escrevi poesias, sempre apaixonado pela escrita decidi colocar alguns desses retalhos num blog.

FacebookFã pageBlog