O cavalo e seu menino {Resenha}

Oi gente! Que a paz e o amor do Senhor sejam com todas vocês. Há meses não posto nenhuma resenha do Projeto Lendo As Crônicas de Nárnia, né? E embora já tivesse lido o terceiro livro desde dezembro do ano passado, deixei para fazer a resenha só depois que relesse a história e assim fiz, acabei mais uma vez a leitura de O cavalo e seu menino, e mais uma vez estou apaixonada por ele *-*

Título: O cavalo e seu menino

Título Original: The horse and his boy

Autor: C. S. Lewis 
Páginas: 101

Ao saber que não era filho de Arsheesh, o pescador, o jovem Shasta decide fugir da cruel Calormânia. Na companhia do cavalo falante Bri, ele parte em direção ao Norte ruma à Nárnia, onde o ar é fresco e reina a liberdade. em sua jornada pelo deserto árido, Shasta tenta imaginar o que estará esperando por ele adiante. Tudo parece tão vasto, desconhecido, solitário… e livre. (via Skoob)

Shasta é um menino simples e doce que foi criado por um pescador numa cabana próxima a praia nas terras da Calormânia, criado de maneira bipolar Shasta nunca sabia se podia chamar o homem de pai ou não, e embora o respeitasse não tinha certeza se gostava dele mesmo como um filho deveria gostar, e acabava vivendo a maior parte do tempo sonhando com o que havia nas terras do norte.

Até um dia surge em sua casa um tarcaã, cavaleiro nobre da Calormânia, que durante a visita em sua casa deseja comprá-lo do pescador. Durante à venda Shasta descobre que ele não é filho do pescador, mas que foi encontrado dentro de um barco à beira da praia, pensando se seria uma boa ideia ir com o tarcaã ou não, o menino começa a conversar com o cavalo do mesmo e o inusitado acontece: o cavalo sabe falar.

Para a surpresa do menino, Bri, é um cavalo que foi sequestrado ainda potro das terras de Nárnia, e ao contar seu desejo de voltar as frescas e maravilhosas terras de Nárnia acaba despertando no menino o desejo de ir junto. Ambos se unem para a maior missão de suas vidas: se tornarem livres. E é durante uma viajem longa até Tashbaan que eles encontram Aravis, uma tarcaína que também deseja se tornar livre e sua égua falante Huin, juntos vivem grandes aventuras até as terras encantadas de Nárnia.

  Durante o decorrer dos dias, os nossos protagonistas acabam conhecendo os nossos queridos protagonistas de O leão, a feiticeira e o guarda-roupa, Susana, Lúcia, Edmundo e até mesmo o fauno Tumnus dá as caras por aqui, embora não tenham tanta participação e aqui façam apenas uma “participação especial”. Também há grandes passagens com Aslam e grandes lições para serem gravadas no coração.

Assim como os outros dois primeiros volumes, O cavalo e seu menino, é uma leitura gostosa e que não existe grande esforço. É até agora um dos meus favoritos, até já li duas vezes ><, e me encanto com a simplicidade de Shasta, assim como me apaixono como duas pessoas que não tinham nada para serem amigas se tornem amigos para sempre!

Quotes

Espero que tenham gostado da resenha *-*
Quem aí já leu? Alguém ficou com vontade?
Beijinhos ;*

4 comentários sobre “O cavalo e seu menino {Resenha}”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code