Um violão e uma viagem no tempo

Day 27
Tema: o violão guardado
Um violão e uma viagem no tempo
Papai costumava fingir que tocava violão quando eu era
criança. Tem até uma foto nossa, nós estamos sentados no sofá, meu pai tão
magrelo quanto uma vassoura e eu tão pequena que minhas perninhas mal
alcançavam o meio do sofá. Ele estava com uma blusa de frio marrom e eu com um
pimpão rosa. Ele estava fingindo que estava tocando e eu olhava bem nos olhos
dele. Alguma coisa muito interessante estava rolando, porque conseguiu chamar
muito a minha atenção!
Se fechar os olhos posso imaginar como aquele momento deve
ter sido. Meu pai devia estar cansado do trabalho, minha mãe devia estar na
cozinha fazendo alguma coisa e eu devia estar chorando como sempre, para me
acalmar meu pai deve ter pego o velho violão e começado a tocar alguma coisa.
Deu certo, porque na foto não estou mais chorando. Minha mãe percebeu o que o
meu pai havia conseguido e correu no quarto para pegar a velha câmera
fotográfica. Chegou de mansinho na sala e achou aquele momento digno de
ser guardado.
Depois ela deve ter corrido no sofá e me amassado bastante,
eu tinha muitas bochechas e pernas grossas, o tipo exato de criança que as
pessoas acreditam que devam amassar. Aquela sala deve ter se enchido de amor e
esperança, um casal jovem com sua primeira filhinha, uma família que estava
aprendendo a dar os primeiros passos.

O violão foi guardado em algum lugar e as lembranças desse
dia só nos são possíveis por causa da velha fotografia, que também está
guardada numa caixa de papelão. Muita coisa mudou de lá pra cá, muita coisa
mesmo. Pra bom e pra ruim. Mas ainda espero que aquele violão seja encontrado e
que meu pai volte a fingir que está tocando pra mim. Nunca é tarde para ter uma
amizade daquelas e pra ser feliz com algo tão simples…

4 comentários sobre “Um violão e uma viagem no tempo”

  1. Thaís que texto lindo querida… Família é algo tão precioso, é uma pena que muitos não valorizam o amor de um pai e de uma mãe. Amei. amei, amei♥! Ah tu estás tão fofa! Meu Deus que coisinha linda. Vontade de apertar (=~_~=)
    A foto ficou perfeita. Essa é uma lembrança que jamais deve ser apagada…
    Beijos e fica com Deus.

    http://uma-palavradefe.blogspot.com.br/

    1. Obrigada, Sandreanny *–*
      Sim, família é preciosa demais, infelizmente muitos não a valorizam e satanás tem adorado isso ;/
      Viu como eu era linda? haha Sou boazinha, deixaria você me apertar, juro juradinho kkk
      Obrigada pela visita, princesa!
      Deus te abençoe,
      beijos.

    1. Oi Evelyn, fico feliz por ter gostado!
      Na verdade, meu pai não toca mais o violão ;/ e isso falta de uma amizade que deveríamos ter, mas sou grato por simplesmente tê-lo aqui. Espero que Deus restaure todos esses laços perdidos, não sei qual o seu caso, mas sei que Deus pode fazer!
      Obrigada pela visita,
      beijos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code