Namorar é…

Namorar é colorir a vida,
é abrir a alma para a primavera.
É enxergar com plenitude o coração a viajar.
É um nascer todos os dias, é se sentir criança em qualquer idade.

Namorar é decorar o cheiro dos cabelos,
é alindar o gosto do beijo,
é ladear os olhares e os trejeitos,
é se encantar sonhando, é sonhar vivendo.

Namorar é cuidar.
É antecipar incômodos, é proteger de possíveis ameaças,
é um zelo por profecia.

Namorar é orar misturado,
é a prece de dois corações em um,
é a unidade que vira unicidade na convivência diante do Divino.

Namorar é sonho conjunto, é andar emendado.
Mesmo longe pelos quilômetros,
ser fiel a despeito da distância,
Namorar é fidelizar, e fidelizar é honrar na ausência. 

Namorar é convidar pra jantar,
é fazer a ceia ainda que dê errado,
e pedir pizza depois já se saciando de sorrisos.

Namorar é abraçar sem ter a pressa de largar.
É acarar os olhos com o fogo de vulcão
É sentir as mãos transpirando ainda que álgidas.
É uma timbalada nos joelhos, um nervoso uma epifania arrebatadora.

Namorar é telefonar mesmo sem ter nada pra dizer,
é a expectativa de ouvir, ainda que um “Oi, tudo bem?”,
é emoção para um furacão, um arrebatamento tempestuoso.

Namorar é se despedir ao telefone,
“- tchau amor, pode desligar”.
“- não, você desliga primeiro”.
“- ah, você desliga.”
“- só desligo se você desligar.”
e quando vemos se passou mais uma hora, ou duas, ou três…
Namorar é não ver a hora passar.

Namorar não é levar pra cama,
é levar pra varanda,
é olhar as estrelas,
é dizer juras ao pé do ouvido,
é eternizar os momentos.

Namorar é amar sem hora marcada,
é surpreender com chocolates,
é presentear com bilhetes,
é escrever “eu te amo” no espelho com a pasta de dente,
e enfeitar com batom.

Namorar é perder o último ônibus,
e ter que voltar de táxi, ou a pé.
É não conseguir desviar os olhos 
Ou na distração da amada,
devorar sem nem piscar.

Namorar é beijo roubado. 
É tirar pra dançar sem nem saber como se faz,
é fazer serenata ainda que desafinando.
Namorar é surpresa de presente.
É ternura.  
É sonho.
É romance. 
É aventura.

O namoro, problema quando no tempo errado,
pode ser a resolução para outros em tempo certo.
Casados que voltam a namorar,
ficam casados por muito mais tempo.
Um casamento sem namoro é como um dia de sol sem praia, é como um céu sem estrelas.

Namorar é viver.

4 comentários sobre “Namorar é…”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code