Deixe Jesus consertar

Se alguém está em Cristo, é nova criação. As coisas antigas já passaram; eis que surgiram coisas novas! — II Coríntios 5:17

Com cola de madeira, varetas e jornal, eu e meu pai fizemos uma pipa que era uma obra-prima da dança no céu. Lançamos nossa criação no embalo do vento de março. Depois de alguns minutos, porém, minha pipa pegou uma corrente de ar descendente e mergulhou rumo ao chão.

Imagine um menino de doze anos ruivo e deprimido, olhando para sua pipa destruída. Esse era eu. Imagine um homem atarracado, com pele  vermelha e macacão, colocando a mão sobre o ombro do menino. Esse era meu pai fazedor de pipar. Ele analisou o monte de varetas e papel e garantiu: “Tudo bem. Podemos consertar isso”. Acreditei nele. Por que não? Ele falou com autoridade?

Assim é Cristo. Para todas aquelas vidas que se sentem como uma pipa destruída, ele diz: “Podemos consertar isso. Deixe-me ensiná-lo. Deixe-me ensinar você a lidar com seu dinheiro, com as longas segundas-feiras e com parentes esquisitos. Deixe-me mostrar a você por que as pessoas brigam, por que a morte chega e por que o perdão é importante”.

A era da informação é a era da confusão: sabemos muito sobre o como, mas pouco sobre o por quê. Precisamos de respostas. Jesus as oferece.

Senhor gracioso, quando a vida desmoronar ao meu redor, que eu possa me voltar para ti e deixar que me consertes. Tu és uma resposta comprovada aos problemas da vida e uma fonte de força para as lutas da vida.

— Max Lucado em “Bom Dia! Leituras diárias com Max Lucado”. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

code