23 de Janeiro de 2016
Créditos: We Heart It
 Meu bem, me dê a sua mão. Quero te dizer que sei muito bem que a jornada que iniciamos não será a das mais fáceis. Lembra daquela vez que estávamos voltando de um feriado na praia no meio da madrugada e avistamos um daqueles pequenos barcos de pesca bem em alto mar? Ele parecia tão pequeno e frágil em comparação com as trevas que o cercava… Bem, nós estamos entrando em um barquinho parecido agora, a diferença é que ainda estamos durante o dia e o vento está a nossa favor.
O barco está enfeitado com flores e pequenos pisca-piscas amarelos, é como se comprovasse o qaunto o nosso amor ainda está fresco, sem ter sido testado pelo tempo. Mas sei que tempestades virão. O céu ficará escuro, as ondas desejarão cobrir nosso barquinho, os ventos vão nos afastar da nossa rota e não haverá estrela alguma para nos guiar…
Mas bem bem, se nos mantermos de mãos dadas e dobrarmos nossos joelhos com o mesmo propósito então algumas nuvens se abrirão e poderemos ver a estrela que nos levará para casa. A Palavra Sagrada será a bússola que nos afastará das tempestades e a fé, produzida enquanto manejamos as velas, cuidamos da madeira e zelamos por toda a estrutura do barco, nos permitirá não apenas alcançar a calmaria quanto o Autor dela. 
A calmaria virá, sem dúvida. Por isso, não esqueça caneta e papel, escreveremos sobre a nossa rota, sobre as fortes tempestades, sobre os joelhos dobrados e os corações quebrantados. Narraremos as rotas para a calmaria, as paisagens que visitamos e inspiraremos outros a alcançarem também.
Ah, meu bem! Quando as nuvens ficarem carregadas, mesmo que elas estejam entre nós, não será preciso desespero, porque a Luz do Mundo, o Farol, irá nos guiar para casa, para os Seus propósitos.
Me dê a mão, para entramos juntos na embarcação. 
***
Desde que ouvi a canção “Caneta e Papel”, dos irmãos Arrais (você pode ver o post sobre o novo CD deles, aqui), fiquei louca para escrever um textinho que fosse sobre a canção. Na verdade, na minha mente já criei livros, filmes, e votos de casamento em cima da música, mas decidi ser menos ousada no mundo real e só postar esse texto aqui rs A música é uma das minhas favoritas deles, sem dúvida! E a vejo de duas formas, tanto cantada entre um casal, quanto entre uma pessoa e Deus, um relacionamento nunca é fácil de manter, e é o trabalho em equipe e o amor que o faz valer a pena! Vou deixar a música para vocês conferirem.
Escrito por: Thaís

Você também vai gostar

    O que fazer enquanto você espera?
    Menos competição, mais incentivo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

2 Comments

receba as novidades


Inscreva-se no formulário ao lado e receba conteúdos exclusivos em seu e-mail.
 
 

Acompanhe os vídeos no youtube


desenvolvido por QRNO