19 de Dezembro de 2014
Poem a Day – 19
Tema: meu(s) ídolo(s)
Meu Ídolo
 
As pessoas passam muito tempo dedicando seu amor por pessoas que não as conhecem de verdade. Você já imaginou amar aquela atriz que passou no filme da sessão da tarde ontem? Em algum lugar do mundo existe alguém que a admira tanto quanto se ela fizesse parte da sua vida, há alguém que ama o seu trabalho e a pessoa que ela demonstra ser. Há alguém que diz que aquela atriz é o seu ídolo! E o ídolo nada mais é do que objeto de adoração, ou neste caso, uma pessoa. Há alguém que a adora, que a ama.
Às vezes as pessoas me perguntam se tenho ídolo, bom é claro que tenho, mas o meu ídolo não é aquela atriz da novela ou aquele cantor famoso, o meu ídolo não me desconhece nem me vê como mais um no seu mar de fãs… O meu ídolo me chama pelo nome e está comigo o tempo todo.
O meu ídolo viveu nesta terra há mais de 2.000 anos, nasceu numa manjedoura e provou ao mundo que não são ouros, riquezas e aparências que faz de alguém um Príncipe, mas o fato de ser Filho de Deus. O meu ídolo caminhou por essa terra com humildade, dignidade e sabedoria. Ele abraçou as crianças, deu atenção aos necessitados, ouviu até aqueles que a sociedade julgava como “desprezados”. O meu ídolo não abriu mão do seu chamado, não preferiu o mundo e os prazeres deste, mas sim continuou no propósito para qual havia
sido enviado. 
Um dia meu Ídolo foi levado até uma cruz e foi colocado seu amor por mim em prova. Ele poderia ter desistido, poderia ter fugido, poderia ter descido daquela cruz, mas por amor a mim Ele permaneceu nela. Por amor a você. Por amar a humanidade. Mesmo sabendo dos erros de todos aqueles que lá estavam, mesmo ciente dos erros que nós, aqui no presente cometemos, Ele preferiu morrer naquela cruz, para mostrar ao mundo que apenas Ele é o Filho de Deus e que Ele é o único caminho até o Pai.
Meu ídolo não desistiu da vida por uma ilusão amorosa, meu ídolo não morreu porque deixou que as aflições da vida o afogassem com a ansiedade e depressão, meu ídolo não se matou porque este mundo não era suficiente para Ele… Meu Ídolo, meu Jesus, morreu porque preferia dar uma nova chance para mim, porque Ele sabia o quanto seria difícil sobreviver nesta terra sem conhecer o Senhor. Meu Ídolo foi crucificado, mas nem a morte pode segurá-Lo, Ele ressuscitou e vivo com o Pai no céu está!   
Escrito por: Thaís Oliveira

Você também vai gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

11 Comments

receba as novidades


Inscreva-se no formulário ao lado e receba conteúdos exclusivos em seu e-mail.
 
 

Acompanhe os vídeos no youtube


desenvolvido por QRNO