10 de Março de 2020

Bom dia, Princesa! Tudo bem?

Ó Senhor Todo-Poderoso, olha para mim, tua serva! Vê a minha aflição e lembra de mim! Não esqueças a tua serva! Se tu me deres um filho, prometo que o dedicarei a ti por toda a vida e que nunca ele cortará o cabelo. — I Samuel 1:11.

O sonho de Ana era ser mãe, contudo, convivia com uma esterilidade que havia sido permitida pelo próprio Senhor. Não haviam soluções humanas para o sonho de Ana. Diferente de hoje, ela não poderia fazer exames, testar alguns procedimentos ou usar algumas medicações para buscar uma solução. Humanamente, o sonho de Ana era impossível, assim como o de algumas mulheres ainda é.

Além disso, Ana convivia com a segunda esposa de Elcana, que pôde dar filhos ao marido e não perdia uma oportunidade de perturbar Ana, implicando e zombando dela. A situação de Ana a entristecia, mas ela não perdeu a fé. Todos os anos ia a Siló com Elcana, Penina e as crianças desta, e certa vez Ana decidiu abrir seu coração a Deus, colocando em Suas mãos seu sonho de ser mãe.

Ana fez exatamente o que Jesus ensinou séculos depois, durante seu tempo nesta terra: ela bateu a porta! Disse Jesus: “Peçam, e lhes será dado; busquem, e encontrarão; batam, e a porta lhes será aberta. Pois todo o que pede, recebe; o que busca, encontra; e àquele que bate, a porta será aberta” (Lc 11:9-10).

A oração, é acima de tudo, o principal meio de estabelecermos um relacionamento com Deus, através da qual é possível conversar com Ele, compartilhando nosso dia a dia, nossas dores, alegrias e aflições. A oração também é o meio pelo qual podemos pedir ao Senhor aquilo que desejamos e acreditamos precisar. Um dos segredos da oração está neste ensinamento de Jesus: “E tudo o que pedirem em oração, se crerem, vocês receberão” (Mt 21:22).  Aquele que bate à porta com fé alcança! Foi isso que aconteceu com Ana.

Stormie Omartian explica que,

“Orar é abrir seu coração diante de Deus e contar todas as coisas a ele. Não que ele já não conheça essas coisas. O Senhor sabe de tudo. Mas deseja ouvi-las de você. É por isso que Deus quer sua dependência. Em sua sabedoria, o Senhor designou que primeiro você deve orar, e depois ele se moverá em resposta à sua oração.”

Ao orar ao Senhor e entregar a Ele seu maior sonho, Ana estava demonstrando que confiava no Senhor e compreendia que apenas Ele podia respondê-la. Ana escolheu ser dependente de Deus e até mesmo sacrificar seu maior sonho, caso ele tornar-se realidade, uma vez que prometeu entregar o menino a casa do Senhor. Além disso, após orar e confiar Seu maior desejo a Deus, Ana descansou o seu coração, voltando a se alegrar e a comer (I Sm 1:18).

Assim como Ana, nós podemos (e devemos) nos achegar ao Senhor e entregar a Ele aquelas batalhas que não somos capazes de lutar sozinhas. Devemos bater a porta, com fé, dependência e consistência. Mas também precisamos compreender que mais importante do que Deus fazer a nossa vontade, é que Ele faça o que for melhor para nós.

A sua oração é poderosa, Princesa. Abra seu coração e ore fervorosamente.


Podcast

Lembrando Princesa, que em nosso Podcast nós disponibilizamos todos os nossos devocionais. Nos seguindo em alguma das plataformas, você tem acesso gratuito. Na nossa aba Podcast você pode conferir em quais plataformas nós estamos além do Spotify (que já deixo aqui pra você começar a dar play ♥).

Escrito por: Thaís Oliveira

Você também vai gostar

    Será que vale a pena (mesmo) esperar?
    ca-rên-cia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

receba as novidades


Inscreva-se no formulário ao lado e receba conteúdos exclusivos em seu e-mail.
 
 

Acompanhe os vídeos no youtube


desenvolvido por QRNO