25 de Fevereiro de 2014

Olá, meninas! Quanto tempo! Fiquei sem internet desde de quarta-feira passada, dia do nosso último post, mas graças à Deus estou de volta. Vocês recordam do projeto Lendo As Crônicas de Nárnia? Se você não viu ainda, veja aqui, como eu disse ao longo do ano estarei lendo a linda coleção de C. S. Lewis e fazendo as resenhas por aqui. Já estou lendo o 4° livro O Príncipe Caspian e até agora o meu preferido é O Sobrinho do Mago o primeiro livro da série segundo Lewis.

O Sobrinho do Mago é considerado o primeiro livro da série, apesar de ter sido o 6° livro escrito pelo autor, publicado em 1955. Sua história antecede os acontecimentos de O  Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa, respostas que podem ter surgido em você quando você viu Nárnia pela primeira vez, como por exemplo “de onde Nárnia veio?” ou “ou de onde saiu essa tal Feiticeira Branca?”, são respondidas neste primeiro livro.
A história gira em torno de duas crianças que vivem na Inglaterra Vitoriana, Digory, um garoto de 10 anos que vive com os tios e a mãe que está muito doente e Polly uma amiga que ele faz logo no início da história. Através da amizade desses dois e suas aventuras por túneis que ligam as casas inglesas, as duas crianças vão parar no quarto do tio do Digory, tio André – um cara doido que acredita ser um feiticeiro e que fica o tempo todo neste tal quarto fazendo magia.
O sonho do tio André é encontrar um meio de ir para outros mundos e descobrir como as coisas são por lá, como por sorte ou destino, as crianças são encontradas por ele e persuadidas a serem cobaias de uma das suas invenções. Tio André sempre foi um medroso encontrando nas crianças coragem suficiente para avançar seus testes que antes eram restritos a animais que nunca voltavam para contar histórias.     
Nessa viagem entre mundos, Polly e Digory encontrarão a Feiticeira Branca – Jadis, com quem compartilharão altas confusões, participarão da criação de Nárnia e aventuras que provarão a coragem desses dois.
A leitura de O Sobrinho do Mago é leve e divertida, você é remetida a infância e não deseja sair dela. Embora seja um livro mais infantil, não há quem não se identifique com Nárnia ou não absorva nada dele. Neste livro podemos encontrar muitos pontos cristãos que Lewis fez questão de compartilhar desde a criação de Nárnia até as aventuras de Digory e Polly. 
Não se faz necessário começar a leitura por O Sobrinho do Mago, mas é uma boa pedida pra quem deseja conhecer o início do universo de Nárnia. Eu super recomendo a história! 
Espero que vocês estejam gostando dessa viagem para Nárnia comigo *-*
Milhões de abraços de panda,
e mil beijinhos ;*
Paz!
Escrito por: Thaís Oliveira

Você também vai gostar

    Devocional gratuito para baixar
    Livros cristãos para comprar na Black Friday

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

4 Comments

receba as novidades


Inscreva-se no formulário ao lado e receba conteúdos exclusivos em seu e-mail.
 
 

Acompanhe os vídeos no youtube


desenvolvido por QRNO