8 de Dezembro de 2015


Oh moça bonita da pele rosada,
com gotas de chocolate nas maçãs
e feita em pingos de açúcar…

Dá-me uma dica,
qualquer uma, ainda que de colher,
receita a maneira certa do teu sorrir

Oh moça bonita que carregas o mar no olhar
com os passos de dente de leão,
olhares aplaudem o teu passear,
passarela do teu amor é o meu coração

Oh pequena que me faz esquecer do tempo,
qual é jogo minha estrela-moça,
já perdi se este for o caso
me lembra que todo tempo não é suficiente

Tão única que escrevo na tentativa de impressioná-la,
como descreveria minha moça-flor?
das tuas cores a melhor é a simplicidade
beleza perfeita sem nada precisar

Oh moça bonita,
que se o sol deixar de ser
sorriso de sol é toda em você

Oh moça bonita,
que se a lua não clarear
ainda assim, contigo toda noite não há de apagar

Oh moça bonita…

Se das palavras que digo o mel escoa,
meu favo é você.
se das vaidades que tenho,
escrever me desvenda,
ler você me reescreve

O que fazer para chamar sua atenção?
Oh moça bonita, 
que olhar é esse que me algema?
que doçura é essa que me vicia?


Escrito por: Thaís Oliveira

Você também vai gostar

    Essa área sentimental – Só Jesus na causa
    Me impressione Baby

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

6 Comments

receba as novidades


Inscreva-se no formulário ao lado e receba conteúdos exclusivos em seu e-mail.
 
 

Acompanhe os vídeos no youtube


desenvolvido por QRNO