22 de Abril de 2019
Quase sempre a jornada até um
sonho tornar-se realidade é muito dura. É como escalar uma montanha íngreme.
Ora a trilha é limpa e a terra é firme. Ora a trilha se estreita, o chão é
pedregoso e a queda é certeira. Por mais que você comece a subir a montanha com
a mochila abastecida, pode ser que durante a jornada as coisas comecem a faltar
e imprevistos te assustem.
Para algumas pessoas, o caminho
até a realização de um sonho ou a concretização de uma promessa feita por Deus,
é tão difícil quanto escalar uma montanha. Pode ser que em alguns momentos
faltem recursos, sejam eles financeiros, materiais ou até mesmo em relação a
pessoas para ajudar. Às vezes falta incentivo, uma palavra de força, alguém que
diga: “Vai lá, eu acredito em você!”.
Para alguns, a escalada às vezes
não demora tanto, contudo, há algumas trilhas que nos tomam meses ou anos, até
mesmo décadas. E em meio a demora, a trilha deixa de ser limpa e passa a ser
coberta para uma densa floresta. Sem sermos capazes de ver o topo da montanha,
nos sentimos cansados e passamos a duvidar da nossa capacidade de alcançar o
topo. Será que conseguiremos dar mais um passo? A sombra é tão tentadora! Por
que não se sentar um pouco? E então nos sentamos, e logo um velho amigo bate a
porta do nosso coração.
— Por que não ficar por aqui
mesmo? — sua voz é suave e tentadora. — A vida não estava melhor antes de você
começar essa ideia maluca? — diz o senhor Conformismo.
E por um momento nós cogitamos o
quanto a vida era mais fácil antes. Sem ter que correr tanto risco em trilhas
pedregosas e estreitas. Não era melhor quando você vivia um dia de cada vez e
não ficava perdendo tempo com ideias impossíveis e mirabolantes? Como seria
mais fácil descer a montanha ao invés de continuar subindo…
Mas do fundo do nosso coração vem
uma voz poderosa. Ela é firme e incentivadora, é forte e ao mesmo tempo amorosa.
Ela diz:
— Filho, não desista! Eu estou
com você. Fui eu quem preparou essa trilha. Fiz cada desafio pensando no seu
crescimento. A questão principal não é você chegar lá em cima e alcançar o que
tanto deseja. O importante é o quanto você aprenderá e crescerá durante o
caminho! Cada desafio vencido na sua escalada te preparará para viver o que Eu
tenho pra você lá em cima.
Nós não temos uma torcida do
Flamengo torcendo pela gente. Talvez você tenha uma mãe ou um pai que torça por
você. Talvez tenha um conjunge que vibra com as suas conquistas e lhe dá a mão
nos dias difíceis. Talvez um punhado pequeno de amigos íntimos que gritam “Vai
lá!”. E tem gente que caminha totalmente sozinho, como o peregrino John Bunyan,
desacreditado por sua esposa e filhos, e por toda a sua cidade, que o viam como
maluco por largar toda a sua vida para peregrinar em direção cidade a Cidade
Celestial.
Mas não se preocupe se uma ou dez
pessoas torcem por você, ou até mesmo se não há nenhuma, porque há um Deus que
acompanha os seus passos e torce pela sua escalada o tempo todo!
A caminhada é difícil, eu sei. Às
vezes dá até vontade de desistir.  
Quando as árvores cobrem a sua
visão e você perde a perspectiva do alvo, perder a esperança é tão tentador! Mas
não deixe que ela ganhe espaço em seu coração. O grande segredo para não perder
a esperança é saber onde depositá-la. Se você depositar a sua esperança no topo
da montanha, no que está esperando encontrar lá em cima, será fácil perdê-la, porque
o verdadeiro lugar para a sua esperança e razão estar é no dono da voz que
bradou no seu coração durante a subida. Quando nós depositamos a nossa
esperança nAquele que não podemos ver, mas que cremos existir, então entendemos
que há um propósito maior para cada subida íngreme, para cada pedra que fere os
nossos pés e para cada dia em que a comida e os recursos são poucos, mas ainda
assim são o suficiente.
A caminhada tem sido difícil, eu
sei. A minha também não está nada fácil. Às vezes nem parece fazer muito
sentido, na verdade. Mas essa é só a voz do medo tentando me enganar. Já me
disseram uma vez que quanto maior é a dificuldade, maior será a vitória, então
eu permaneço dando um passo de cada vez.
Posso ouvir agora uma voz mais
forte e poderosa do que a torcida do Flamengo na final do Brasileirão. Essa voz
me diz:
— Continue, filha. Continue!
Sua voz me dá esperança, então
saio das sombras e subo mais um pouco da minha estreita trilha. E aí, vai subir a sua também? 
Escrito por: Thaís

Você também vai gostar

    Não foi bem assim que eu planejei…
    Uma fonte inesgotável de esperança

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

receba as novidades


Inscreva-se no formulário ao lado e receba conteúdos exclusivos em seu e-mail.
 
 

Acompanhe os vídeos no youtube


desenvolvido por QRNO