23 de Dezembro de 2014
Olá meninas, tudo bem com vocês? Esse é o meu primeiro post aqui no blog Princesas Adoradoras com a coluna “Meninos também amam”. Espero poder traduzir de maneira poética, cômica e inteligente o nosso mundo pra vocês. Aqui vem a primeira crônica, espero que gostem. Fiquem a vontade para comentar, curtir e compartilhar. Na verdade, preciso desse feedback de vocês, ok? Beijo princesas!

Precisar de alguém é
uma das maiores evidências do amor.

Quem ama,
precisa.

Quem diz que
pode amar e ser independente do amor, 
na verdade não ama, e está se enganando.

 
Quem ama se entrega,
sem reservas.
Eu andei pensando por esses dias, eu preciso de alguém.

Preciso de alguém que
me tire da realidade, que apesar de
manifestações e ônibus cheios e de todo o stress dessa cidade, faça a vida
valer a pena.

Preciso de alguém que
me ame de primeira,

e de segunda,

e de terceira…

na verdade, preciso de
alguém que me ame sempre.

Preciso de alguém que
me encante a ponto de quebrar o
encanto dos meus desencantos.

Preciso de alguém que
tatue seu nome em cima das marcas do passado em meu coração.

Não preciso de alguém
que se lembre, preciso de alguém que
nunca me esqueça.
 

Preciso de uma mulher
pra eu investir meu tempo, na verdade,

preciso de uma mulher
que me mostre que todo o tempo do mundo não é suficiente para ama-la.

Preciso de alguém que
fale com os olhos,

porque entendo que só
os olhos tem a linguagem certa para o coração…


Quem ama vive a alegria de nascer todos os dias e a alegria de morrer
também.

Amar é um nascimento.
Amar é a morte. O amor nos subjuga, é a felicidade em estar preso.

Quando amamos não
vivemos mais pra nós mesmos, mas nem por isso deixamos de viver.

E quando o amor é
correspondido, vivemos, e vivemos bem, muito bem!
 

Preciso de alguém que me conheça antes de me conhecer,

alguém que tenha
prazer em investigar meus gostos,

alguém que saiba mais
de mim do que eu mesmo acho que sei ao meu respeito.

Quem ama estuda.

Quem ama faz doutorado
do outro.

Quem ama sabe falar 7
idiomas…

Quem ama é doutor na
linguagem que alcança o coração do outro.
 

Preciso de alguém que
seja como sonho,

mas, surpreendente
como uma doce e incrível realidade.

Não preciso me
completar, já sou inteiro.

Preciso de alguém que
antes de pensar em somar na minha vida, pense em ser um comigo.

Quando dois inteiros
se encontram,

há alegria
transbordante.

Preciso de alguém que
goste de sorrir com os olhos, e beijar também.

Não há nada mais
bonito que olhos que se beijam.

Porque eu sei que o
que da gosto ao beijo não é a língua, é o amor.

 Preciso de
alguém que goste de flores, poesias, harmonias e surpresas.

E também preciso que
esse alguém enjoe de tudo isso por um momento pra que eu seja desafiado a
surpreende-la e acabe reinventando as gentilezas.

Quem ama reinventa.
Encontra saída, da um jeito e faz de tudo. 

Preciso de alguém que
não abra mão de um blush, rímel e um batom,

mas que também entenda
que não é isso que a torna a mulher mais linda do mundo.

Preciso de alguém que
entenda claramente que casamento não é duas pessoas que se juntam, e sim duas
pessoas que se fundem pra ser uma só.

Quem ama não olha pra
trás.

O amor é do presente e
do futuro,

pensa sempre na
eternidade.
 

Preciso de alguém que
ame mais a Deus do que a mim mesmo.

Porque eu sei que a
fonte de todo amor vem dele.

Se ela amar a Deus,
vai me amar também.
 

Preciso de alguém que sem frescuras me dê a mão e diga:

– Vamos envelhecer juntos?


Porque tudo que vem de
Deus, durará eternamente, ou

o tempo necessário
para que seja inesquecível.

Até que a morte nos
separe, amém.

 
Escrito por: Thaís Oliveira

Você também vai gostar

    Essa área sentimental – Só Jesus na causa
    Me impressione Baby

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

6 Comments

receba as novidades


Inscreva-se no formulário ao lado e receba conteúdos exclusivos em seu e-mail.
 
 

Acompanhe os vídeos no youtube


desenvolvido por QRNO