4 de Dezembro de 2013



Há algum tempo tive essa ideia e finalmente a trago para o blog, como estou no ano de dar adeus a escola e toda tranquilidade em ser apenas uma adolescente e muitas Princesas estão na mesma fase que eu, chegou o momento de procurarmos cursos que nos agradem e façam parte do nosso futuro profissional. Muita gente nasce sabendo o que quer, e uma outra parte ainda maior não tem a mínima ideia do que fazer. Tentando ajudar você – e eu também – durante algumas semanas estarei trazendo algumas entrevistas com universitárias amigas da Família PA, falando um pouquinho de seus cursos e opinião sobre o mundo dos universitários. E pensando num nome para esse projeto cheguei a este: “Futura Universitária”, que será mudado assim que esse sonho se tornar realidade.


Nossa amiga de hoje é a Stephany Pantano, essa Princesa linda e fofa, é lá do Eu Perfumo – não deixem de fazer uma visita, vocês não vão se arrepender – ela tem 18 anos e é estudante de Psicologia. 

Como Psicologia também é uma das minhas opções, chamei a Stephany para responder umas perguntas sobre esse curso tão procurado.

Stephany Pantano


– Pelo que tenho visto, posso pegar o exemplo
dos meus colegas de sala de aula, que a maioria hoje opta pelo curso de
psicologia, mas poucos realmente sabem o que é a profissão e o porquê de
escolhê-la. A sua escolha por psicologia foi motivada pelo que?
Escolhi
a psicologia aos 12 anos! Minha tia teve câncer e vi o quanto ela melhorava
simplesmente por ter alguém a ouvindo, e dando suporte emocional, isso me levou
a cogitar a psicologia pela 1º vez! Algo que levei em consideração também foi
minha vida ministerial, entendi que a psicologia pode me ajudar a lidar melhor
com as pessoas!
Entre
a decisão e a matrícula houve um longo caminho, onde tive dúvidas, medo, mudei
de opinião, mas venci tudo isso em oração! Me matriculei em psicologia com a
certeza de que além de ser meu sonho, é o sonho de Deus pra mim, o apoio dos
meus pais também me ajudou muito!!
– Quais eram suas perspectivas pelo curso
antes de cursá-lo e como são agora?
Acho
que muitas pessoas começam o curso esperando aprender logo de início sobre as
doenças mais diferentes, e sobre fenômenos que despertam a nossa curiosidade.
Eu não fui diferente haha
Imaginava
que seria tudo muito rápido, mas fui percebendo que primeiramente é preciso ter
uma base teórica, avançando aos poucos…
Hoje
entendo que o processo de formação de um psicólogo leva tempo, espero me
dedicar mais para aproveitar ao máximo cada etapa do curso!
– Infelizmente, uma das doenças que mais tem
ganhado espaço em nossa sociedade é a conhecida Depressão, sendo chamada até de
mal do século. Através do seu crescimento, vemos uma busca maior por
profissionais de psicologia, você como uma futura psicóloga tem visto o mercado
de trabalho crescer?
A
maioria das pessoas que começam o curso de psicologia sonha com a área clínica,
porém esta área está saturada, existem muitos profissionais para pouca demanda
de trabalho. Porém existem novas áreas de atuação a serem exploradas, muitos
ainda não as conhecem, mas trata-se de um mercado promissor que está crescendo
cada vez mais!!
– A maioria das pessoas tem medo do que vai
encontrar na faculdade, distante da tranquilidade da escola, dos prazos maiores
dos trabalhos, da diversão… O que você tem a dizer sobre essa experiência,
Stephany?
A
diferença entre a escola e a universidade é o aluno quem faz. Dependendo da sua
dedicação, você pode encarar o curso sem seriedade, sem compromisso, etc. Ou
você pode se dedicar ao máximo, aproveitando tudo o que o curso te oferece, não
limitando seu aprendizado à sala de aula, pesquisando e ampliando seu
conhecimento! Vale lembrar que aquilo que você plantar durante sua formação,
você colherá futuramente no mercado de trabalho!
– E quanto ao curso, é preciso gostar do que
para se identificar com essa carreira?
Gostar
de pessoas é um requisito primordial, afinal, é com elas que vamos lidar! Algo
importante é gostar de aprender novas coisas, ter senso crítico, ter coragem,
gostar de ler, gostar de conversar, etc…
– Qual o seu recado para os futuros
estudantes de psicologia?
 
Não
desistam de cursar psicologia simplesmente porque alguém preconceituoso disse
que você vai ser pobre, vai ser médico de loucos, ou vai ficar louco enquanto
estuda. Se você sonha em ser psicólogo e sente paz em seu coração, vá atrás do
seu sonho! Não dê importância para a opinião das pessoas, esta decisão deve ser
apenas sua e de Deus!
Não
procure começar o curso com a intenção de se conhecer, de resolver
emocionalmente, de tratar um familiar que sofre com doenças psicológicas, isso
definitivamente não vai acontecer e você só vai se frustrar futuramente!
Dedique-se
ao máximo, não perca seus valores e não deixe de ser quem você é! Muitas
pessoas se desviam quando cursam psicologia, mas isso é questão de saber
separar o profissional do pessoal. Saiba filtrar as informações, leve para sua
vida apenas aquilo que condiz com o que você acredita, respeite a si mesmo!
Que
Deus abençoe e guie cada um de vocês nesta escolha tão importante!
Beijinhooos!!
Stephany Pantano 

Nós sabemos que o mercado de trabalho é muito concorrido, a chave para alcançar os teus sonhos é estudar e amar aquilo que você irá fazer, mas acima de tudo isso é ter Deus na frente da sua vida. 

E se as circunstâncias te disserem não, lembre-se que não é o fim porque é Deus na sua frente, e Ele é o Autor dos sonhos *-* 

Gostaria de agradecer a Stephany por essa linda conversa, conte sempre com a Família PA. E meninas que também são universitárias e gostariam de nos conceder um bate-papo, será um prazer recebê-las! 

E aí? Psicologia é pra você? Deixe sua opinião ♥
Saudações Reais,
Fiquem na Paz!
Cheirinho ;**
Escrito por: Thaís Oliveira

Você também vai gostar

    Uma semente aqui, uma flor ali
    Uma jornada de impossíveis

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

6 Comments

receba as novidades


Inscreva-se no formulário ao lado e receba conteúdos exclusivos em seu e-mail.
 
 

Acompanhe os vídeos no youtube


desenvolvido por QRNO