17 de Janeiro de 2020

Bom dia, Princesa! Tudo bem?

E eu pedirei ao Pai, e ele dará a vocês outro Conselheiro para estar com vocês para sempre, o Espírito da verdade.  João 14:16-17.  

Dizem que os bons amigos são aqueles que não dizem apenas aquilo que queremos ouvir, todavia aquilo que realmente precisamos/devemos ouvir, não com a intenção de te julgar, mas sim para te ajudar. 

Um amigo de verdade é aquele que te mostra que você exagerou naquela discussão com os seus pais ou com outro amigo. É aquele que tem total liberdade para dizer que você foi mesquinha e egoísta quando poderia ter ajudado aquela colega da faculdade.  

Ao nos dar o Espírito Santo como amigo e conselheiro, Deus deu a ele a mesma liberdade para nos mostrar quando estamos errados. Após cometermos um pecado, o Espírito nos convence de que aquele ato foi desagradável aos olhos de Deus e nos conduz ao caminho do arrependimento.  

Jesus fez o mesmo com aquela mulher adúltera que foi condenada pelos mestres da Lei e os fariseus (Jo 8:1-11). Depois que todas as pessoas se foram — porque todas eram pecaminosas e não podiam atirar a primeira pedra —, Jesus também não a condenou, mostrou que ela havia pecado, mas a perdoou e deu a oportunidade de começar de novo: 

Declarou Jesus: “Eu também não a condeno. Agora vá e abandone sua vida de pecado.” — Jo 8:11. 

A condenação te aponta o quão má e errante você foi/é, enquanto o convencimento do pecado trago pelo Espírito Santo tem a intenção de te afastar do pecado ao mesmo tempo em que te aproxima de Deus. 

Senhor, torne o meu coração sensível à voz do teu Espírito, para que eu possa ouvir a sua instrução quando errar, me arrependendo e sendo purificada pelo teu imenso amor. 

— Thaís Oliveira, livro “Bom dia, Princesa!”.


Podcast

Lembrando Princesa, que em nosso Podcast nós disponibilizamos todos os dias nossos devocionais. Assim, você pode ouvir através das principais plataformas, enquanto realiza seus afazeres diários. Se inscreva e fique por dentro das novidades!

Escrito por: Thaís Oliveira

Você também vai gostar

    Será que vale a pena (mesmo) esperar?
    Querido futuro marido,

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

receba as novidades


Inscreva-se no formulário ao lado e receba conteúdos exclusivos em seu e-mail.
 
 

Acompanhe os vídeos no youtube


desenvolvido por QRNO