20 de Fevereiro de 2020

Bom dia, Princesa! Tudo bem? Espero que sim.

Mas receio que, assim como a serpente enganou a Eva com a sua astúcia, assim também seja corrompida a vossa mente e se aparte da simplicidade e pureza devidas a Cristo. — II Coríntios 11:3

Você já reparou que o pecado começa a ganhar vida por meio dos seus pensamentos? É em nossa mente que um desejo pecaminoso começa como uma ideia inocente, algo simples, “nada demais”. Um pensamento tão simples, mas tão constante, que vira e mexe rouba nossa atenção. Até que a ideia inocente torna-se um desejo prazeroso, assim como o fruto da árvore do bem e do mal começou a parecer suculento e apetitoso para Eva, e assim como ela mordemos o fruto.

Nós precisamos compreender que a nossa mente não é um mundo de ideias coloridas, onde tudo é válido, mas sim um campo minado, um campo de batalha. Constantemente somos atacadas por satanás por meio dos nossos pensamentos e se não estivermos atentas, alertas, nós alimentamos esses pensamentos e começamos a produzir frutos (ações) de acordo com eles.

Mas de qual maneira lutar contra um pensamento? Ou melhor, como compreender que um pensamento é agradável a Deus ou não? O melhor filtro para os nossos pensamentos é e sempre será as Sagradas Escrituras, por isso que estar sempre lendo e estudando o que Deus tem a nos dizer é fundamental. Por meio da Bíblia você compreenderá o que Deus pode trazer ao seu pensamento e o que é do maligno. E o que fazer com esses pensamentos?

Paulo alertou aos coríntios: “Pois, embora vivamos como homens, não lutamos segundo os padrões humanos. As armas com as quais lutamos não são humanas; ao contrário, são poderosas em Deus para destruir fortalezas. Destruímos argumentos e toda pretensão que se levanta contra o conhecimento de Deus e levamos cativo todo pensamento, para torná-lo obediente a Cristo.” (II Co 10:3-5) O segredo para vencer pensamentos desagradáveis e pecaminosos é levando-os a Deus. Você precisa compreender que eles não são “legais” e apresentá-los a Deus em oração, pedindo que Ele te ajude a se libertar desses pensamentos e dos desejos que eles produzem em você.

Outra coisa que ajuda é compreender quais são os gatilhos que te conduzem a pensar certas coisas. É algo que você assiste? Algum livro que lê? Alguma amizade ou relacionamento? Analise se há algo que faz parte da sua rotina que possibilita que esses pensamentos surjam e tente cortar essas coisas. Um exemplo é assistir algum tipo de problema com conteúdo sexual quando se é solteira, com certeza esta será uma porta para que pensamentos impuros cheguem a sua mente.

Pronta para lutar contra pensamentos impuras? Que o Senhor nos fortaleça para encarar essa batalha!


Podcast

Lembrando Princesa, que em nosso Podcast nós disponibilizamos todos os nossos devocionais. Nos seguindo em alguma das plataformas, você tem acesso gratuito. Na nossa aba Podcast você pode conferir em quais plataformas nós estamos além do Spotify (que já deixo aqui pra você começar a dar play ♥).

Escrito por: Thaís Oliveira

Você também vai gostar

    Será que vale a pena (mesmo) esperar?
    ca-rên-cia

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

receba as novidades


Inscreva-se no formulário ao lado e receba conteúdos exclusivos em seu e-mail.
 
 

Acompanhe os vídeos no youtube


desenvolvido por QRNO